A última semana do ano de 2021 reforça os questionamentos sobre o futuro do mercado financeiro e, consequentemente, dos seus investimentos para o próximo ano.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Se você busca atingir a independência financeira por meio de investimentos, não pode se dar ao luxo de ter uma péssima carteira de ativos nem por um mês sequer.

Considerando as incertezas do cenário econômico e político em 2022, a Toro Investimentos divulgou suas recomendações para os próximos meses.

Então, você está pronto para conhecer os melhores ativos para investir no ano de 2022?

Leia até o final e descubra como montar uma boa carteira de investimentos para o próximo ano, de acordo como deve ser 2022 na economia e no mercado financeiro.

Ações para 2022

Entre as principais modalidades para quem busca os melhores investimentos do ano estão as ações mais interessantes para compor uma carteira de longo prazo.

Investir desta forma significa encontrar empresas com bom potencial de crescimento nos próximos anos ou investir em companhias já consolidadas e com alta distribuição de dividendos

Dentro dessa perspectiva, os analistas de investimentos selecionaram segmentos e empresas que podem ter bons resultados em 2022 e, possivelmente, nos anos seguintes.

Ainda assim, é importante lembrar que prever com certeza qual será a melhor ação de 2022 é impossível, especialmente quando o assunto é Renda Variável em período de um ano.

Veja a seguir setores que podem se destacar no próximo ano e quais são as melhores ações para comprar em 2022:

Fundos Imobiliários para 2022

Uma das melhores formas de ganhar dinheiro investindo em imóveis está na Bolsa de Valores: ser cotista dos Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs).

Após um 2021 bastante intenso no mercado de Fundos Imobiliários, muitos deles estão com preços bastante interessantes após uma sequência de quedas de suas cotações.

Além de serem ótimos ativos em termos de patrimônio, ocupação e dividend yield, os analistas avaliam que boa parte do FIIs estão sendo negociados com desconto na bolsa.

Para 2022, a valorização dos FIIs ainda depende de uma retomada da economia de maneira mais completa, o que deve acontecer especialmente com o avanço da vacinação.

Os fundos imobiliários de papel devem se beneficiar do aumento das taxas de juros, pois têm produtos atrelados ao CDI nas suas carteiras.

Já os FIIs de tijolo apresentam boas oportunidades no médio e longo prazo, como, por exemplo, os fundos que atuam nos ramos de logística, shopping centers e industrial.

Então, entre os melhores Fundos Imobiliários para 2022, os analistas destacam:

  • Bresco Logística (BRCO11): o segmento logístico tem crescido muito nos últimos anos e, impulsionado pelo crescimento do e-commerce, deve continuar evoluindo.
  • FII VBI CRI (CVBI11): fundo tem potencial para continuar distribuindo bons rendimentos ao longo de 2022, com grande parte dos seus títulos atrelados ao IPCA.
  • CSHG Real Estate (HGRE11): o setor de lajes corporativas sofreu bastante em 2020 e 2021, mas deve melhorar ao longo de 2022.
  • Malls Brasil Plural (MALL11): com a remoção das restrições de circulação, o fundo de shoppings possui boas perspectivas para o ano de 2022.
  • RBR Alpha Fundo de Fundos (RBRF11): o FII deve entregar um bom retorno nos próximos meses, além de ser uma maneira simples de diversificar seus FIIs.

Para saber mais sobre investimentos no mercado imobiliário, confira o artigo completo sobre melhores Fundos Imobiliários para 2022.

Quais os Melhores FIIs para 2022? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

Investimentos no Exterior para 2022

Os investimentos no exterior são essenciais para investidores que buscam proteger e diversificar parte do seu patrimônio em relação ao risco-Brasil, além de conseguir maior rentabilidade.

No cenário que se apresenta para 2022, investir em ativos no exterior é uma ótima escolha para quem quer aproveitar os melhores investimentos do mundo.

Isso se evidencia especialmente com as bolsas norte-americanas renovando as máximas históricas no pós-pandemia.

Por isso, a primeira alternativa de investimento visando o exterior são os ETFs internacionais, que focam em índices de ações americanas ou globais.

Os fundos do exterior que os analistas da Toro consideram oportunidades interessantes para 2022 são:

  • IVVB11: replica o Índice S&P 500;
  • USTK11: replica o MSCI US Investable Market Information Technology 25/50 Index;
  • REVE11: replica o Russell® 1000 Green Revenues 50.

Para saber mais sobre essas alocações internacionais, confira o artigo completo sobre investimentos no exterior para 2022.

Porém, outra possibilidade de diversificar a carteira no exterior e escolher as melhores empresas é o investimento por meio dos Brazilian Depositary Receipt (BDRs).

Entre os melhores BDRs para investir em 2022, destaca as seguintes empresas:

Para saber mais sobre essas opções, confira o artigo completo sobre melhores BDRs para 2022.

Como Escolher Boas Ações? Baixe o Checklist de 5 Critérios para Analisar Ações.

Ativos de Renda Fixa para 2022

Uma carteira diversificada de investimentos necessariamente possui também uma alocação em Renda Fixa, mas com as altas dos juros, os investidores passam a considerar aumentar esses aportes.

O ano de 2021 termina com a Taxa Selic em 9,25%, maior patamar desde 2017, e o mercado já enxerga a taxa nos dois dígitos em 2022.

Sabendo que este é o principal mecanismo do Banco Central para controlar a alta dos preços, os analistas recomendam buscar uma carteira de títulos de Renda Fixa bem diversificada em 2022.

Então, veja os títulos que devem ser os melhores para 2022:

Para saber mais sobre esses títulos, confira o artigo completo sobre investimentos de renda fixa para 2022.

Como Multiplicar R$ 1 Milhão? Baixe Grátis o Livro Digital "Onde Investir R$ 1 milhão".

Vale ressaltar que, para não correr riscos desnecessários, você deve conhecer o seu perfil de investidor.

Realize o Teste do Perfil de Investidor e receba uma carteira recomendada para investir com mais segurança na bolsa de valores.

Fonte: Toro Investimentos.