O que é Banco

O banco é um agente financeiro responsável por prestar variados serviços financeiros à sociedade. E isso inclui tanto pessoas físicas como também pessoas jurídicas.

Os serviços do banco servem para todas as áreas econômicas da sociedade, do setor privado ao público, do microempreendedor individual à multinacional. Todos usufruem dos serviços de um banco.  

A instituição Banco é tão impactante para a economia que a maioria dos países tem o seu próprio banco, denominado de Banco Central.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Função do Banco

A principal função de um Banco é fazer a intermediação dos recursos de um agente superavitário entre um agente deficitário por meio de uma prestação de serviços direcionados a ambos.

Ou seja, o Banco pega o dinheiro de quem tem sobrando e oferece a quem necessita. Para isso ele usa diversas soluções para captar e oferecer esse dinheiro. Algumas delas:

  • Empréstimos diretos;
  • Financiamento de casas ou veículos;
  • Consórcios;
  • Poupança;
  • Efetuação de pagamentos;
  • Câmbio de moedas;
  • Cartão de crédito;
  • Entre outros.

A principal fonte de remuneração do banco é a cobrança de juros que este faz aos seus clientes como contrapartida pelos serviços financeiros que ele presta.

A taxa de juros, por sua vez, é determinada pelo próprio banco, porém não podendo superar a taxa de juros oficial, a SELIC, definida pelo Banco Central.

Tipos de Banco

Um banco pode ser uma instituição privada, ou seja, com fins estritamente lucrativos e gerida por indivíduos e outras instituições privadas, como também pode ser uma empresa administrada pelo governo. 

Há também aqueles bancos de economia mista, tendo sua responsabilidade compartilhada tanto pelo governo quanto pelos acionistas individuais que comprarem os papéis da empresa na bolsa de valores.

Mas de modo geral, os bancos são subdivididos em três categorias: 

  • Banco comercial;
  • Banco múltiplo;
  • Banco de investimento;
  • Banco digital.

Banco Comercial

O banco comercial é certamente a definição mais padrão de um banco. A maior parte dos bancos faz parte desta categoria, visto que estes oferecem produtos financeiros e visam lucro.

O que o banco comercial faz é captar recursos financeiros de quem tem em abundância e oferecer com esses recursos uma pletora de serviços, sendo o empréstimo o mais conhecido.

Os clientes deste tipo de banco podem ser pessoas físicas e jurídicas. No entanto, ele possui algumas limitações, principalmente quanto à oferta de crédito.

Um banco comercial também precisa ser uma sociedade anônima (S/A) e ter a palavra “banco” oficialmente em seu nome.

Banco Múltiplo

O banco múltiplo funciona a princípio como um banco comercial, porém a principal diferença é que este consegue abarcar uma quantidade muito maior de serviços.

Para exercer a função de banco múltiplo a instituição precisa oferecer no mínimo duas carteiras de serviços diferentes. As carteiras possíveis são:

  • Carteira de serviços comerciais;
  • Carteira de investimentos;
  • Carteira de desenvolvimento;
  • Carteira de arrendamento mercantil e leasing;
  • Carteira de crédito imobiliários;
  • Carteira de financiamento.

Também é necessário que cada carteira possua o seu CNPJ próprio.

Banco de investimento

Um banco comercial tem como objetivo fomentar projetos que visam o desenvolvimento da economia de uma região ou setor da economia específico.

A maioria destes bancos são públicos, oferecendo dinheiro principalmente para obras estatais. O mais conhecido destes bancos é o Banco Mundial. No Brasil, por sua vez, temos o BNDES.

Banco digital

O banco digital oferece todos os seus serviços apenas de forma online, portanto descartando a necessidade de uma agência física para atender seus clientes. 

Em relação aos serviços, o banco digital não se diferencia muito de um banco tradicional. Na realidade, são poucos os serviços que um banco digital não é capaz de oferecer.

Vale destacar que banco digital não é a mesma coisa que internet banking, que por sua vez é uma solução dos bancos tradicionais para atender seus clientes de forma online.