O que é BDR - Brazilian Depositary Receipt

BDR - Brazilian Depositary Receipt é um certificado de depósito emitido no Brasil que representa ações de empresas estrangeiras.

Comprar uma BDR é diferente de comprar o papel de uma empresa estrangeira em sua respectiva bolsa de valores, pois o BDR é uma representação de uma ação.

No Brasil existe atualmente, disponível para negociação na bolsa de valores, quase 700 BDR de empresas diferentes.

Banner will be placed here

História da BDR

A história da BDR se origina com o ADR - American Depositary Receipt, que foi criada nos EUA na década de 20 para facilitar investidores americanos a comprarem ações do exterior. 

Outros países com suas respectivas bolsas de valores começaram a criar alternativas semelhantes e o Brasil não foi exceção.

Um detalhe interessante é que até Setembro de 2020 apenas instituições financeiras e indivíduos com mais de 1 milhão de reais em investimentos podiam negociar BDR.

Isso mudou com as novas regras estipuladas pela CVM, portanto agora qualquer investidor da bolsa de valores pode adquirir BDRs.

Tipos de BDR

Os BDRs são divididos em dois tipos distintos e subdivididos em níveis diferentes. São o BDR patrocinado e o BDR não patrocinado.

Os BDR patrocinados são aqueles que possuem anuência da empresa original das ações. Muitas vezes é a própria empresa quem manifesta interesse em comercializar suas ações no país estrangeiro.

Esse tipo de BDR, por sua vez, é subdividido em três níveis.

  • BDR patrocinada de nível 1: BDR de nível 1 não precisa de registro da empresa na CVM; só pode ser negociada em ambientes específicos e tem limite de 50 investidores.
  • BDR patrocinada de nível 2: BDR de nível 2 precisa de registro na CVM; pode ser negociada no pregão da B3 e só pode receber ofertas públicas com “esforços restritos”.
  • BDR patrocinada de nível 3: BDR de nível 3 também precisa de registro na CVM; é negociada no pregão da B3 e pode receber ofertas públicas amplas com registro na CVM.

Em relação aos BDR não patrocinados, a principal diferença é que estes não recebem apoio oficial da empresa cujas ações estão sendo comercializadas.

A responsabilidade pela oferta, informações de balanços e relatórios do BDR não-patrocinado é da empresa depositária, que pode ser um banco ou uma corretora de valores.

Vantagens da BDR

A principal vantagem de se investir em BDR é a exposição ao mercado exterior que o investidor irá conseguir sem precisar passar por toda a burocracia envolvida.

Outro ponto interessante é que a negociação de BDR se dá diretamente por meio da moeda local. Essa facilidade ajuda o investidor a economizar com algumas taxas.

Por fim, a diversificação da carteira é sempre um movimento muito positivo, pois isso resguarda o investidor de eventuais imprevistos.

Ter uma carteira diversificada com produtos de renda fixa, de renda variável, nacionais e internacionais com as BDR, é o que todo investidor consciente deveria fazer.

Desvantagens da BDR 

Evidentemente que investir em BDR não é algo 100% garantido e seguro. BDR nada mais são do que papéis de empresas estrangeiras expostos na bolsa de valores.

Nenhuma empresa é imune às oscilações do mercado ou das decisões econômicas do país no qual ela se encontra

Investir em BDR é tão arriscado quanto investir nas ações de qualquer empresa exposta na bolsa de valores do Brasil.

No entanto, as BDR ainda possuem um agravante, que é a taxa de câmbio. Se o dólar se desvalorizar, os ganhos também se reduzem. 

Por causa dessas questões é muito importante que o investidor analise bem as empresas estrangeiras as quais ele está considerando adquirir uma BDR.

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre o que é BDR - Brazilian Depositary Receipt, consulte o artigo completo sobre BDR - Brazilian Depositary Receipt.