Se você navegar por um portal de notícias econômicas hoje, vai se deparar com muitas notícias ruins.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Essa quantidade de notícias negativas geram impacto no mercado e isso afeta negativamente a carteira da maioria dos investidores

Quando o investidor se depara com tantos problemas e desafios econômicos, o medo de perder dinheiro se torna latente e, às vezes, é o que acaba ditando as decisões futuras. 

Essa é a raiz do problema, o medo tira a clareza. 

Na maioria das vezes o investidor simplesmente esquece os motivos que o levaram a comprar determinado ativo. O bom senso vai para o espaço. 

O resultado dessa atitude é a transformação do que seria uma oscilação de capital temporária em uma perda permanente.

As análises que fazemos para o canal Joias da Bolsa são pautadas nas condições da empresa em primeiro lugar.

Só depois olhamos para o mercado financeiro para ver o que está barato.

O mercado de ações que serve a nós e não o contrário.

Compramos quando o mercado está em pânico e vendemos quando está eufórico. 

Se o investidor focar na análise das empresas, identificando pontos positivos, diferenciais, capacidade de gestão, consistência e contexto atual, estará blindado quanto aos ruídos do mercado.

Barulho e ruídos sempre irão existir. 

Você precisa aprender a conviver com eles, caso contrário terá grandes problemas.

Basta observar o gráfico histórico da nossa bolsa de valores, em janelas de curto prazo é um sobe e desce descontrolado. 

Evolução Ibovespa desde 2010
Evolução Ibovespa desde 2010.

Quantas notícias ruins foram dadas nesses últimos 10 anos. 

Perceba o quanto o mercado oscilou, contudo, no longo prazo a tendência é de crescimento.

Você precisa centralizar suas tomadas de decisões com base no desempenho das empresas que você escolhe.

É compreensível que você considere uma missão complicada analisar uma empresa, afinal, já deve ter notado que há uma vasta gama de indicadores fundamentalistas possíveis de serem usados.
Outro problema muito comum é que diversos investidores utilizam diferentes indicadores para avaliar a mesma coisa.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Concorda comigo que se você medir a temperatura de uma pessoa febril usando diferentes escalas como Celsius, Fahrenheit ou Kelvin, a resposta será a mesma?

Independente do tipo de medida, você saberá se a pessoa está ou não febril.

Por isso, antes de iniciar a análise, é importante ter clareza do que você quer avaliar.

Essa tabela de análise fundamentalista poderá te ajudar: 

Variável ObjetivoIndicadores sugeridos
Rentabilidade do negócioAvaliar a capacidade de gerar valorROE ou ROIC
EndividamentoAvaliar o nível de dívida da empresaDívida líquida / Patrimônio líquido
Desempenho Avaliar a evolução dos resultadosHistórico de Lucros
Margem Avaliar a eficiênciaLucro Operacional / Receita Líquida
LiquidezAvaliar o volume de negócios na bolsaVolume de negociação (média de 21 dias)
Retorno ao acionistaAvaliar a distribuição de proventosDividend Yield
PreçoAvaliar se existe desconto P/L e P/VPA

Perceba que recortei a empresa em 7 variáveis para avaliação, assim fica tudo muito mais simples.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Utilizando esses 7 níveis diferentes de análise de uma empresa, você estará com uma visão quase que completa do negócio

É nesse ponto que eu queria chegar! 

Seguindo a tabela, você deixará de usar diferentes medidas para a mesma variável, não criando uma sobreposição de indicadores.

Na realidade estará usando diferentes medidas para diferentes variáveis, avaliando assim cada aspecto da empresa

Se você mantiver seu foco nesses aspectos, esquecer o tsunami de notícias ruins e vislumbrar o longo prazo, sua missão será concluída com sucesso. 

Diria que esse é um dos segredos do desempenho da carteira do canal Joias da Bolsa.

Gráfico de retorno acumulado do Joias da Bolsa vs. Ibov
Gráfico comparativo de retorno acumulado do Joias da Bolsa vs. Ibovespa.

Aqui só compramos coisa boa e que esteja MUITO, mas MUITO, barato.