Resultado C&A Modas (CEAB3) 2020: Prejuízo de R$ 55,3 M no 1t20
| ,

Resultado C&A Modas (CEAB3) 2020: Prejuízo de R$ 55,3 M no 1t20

A C&A Modas divulgou seus resultados referentes ao 1t20, confira os destaques e se vale a pena investir na CEAB3.

Por
Atualizado em 28/05/2020

Os resultados da C&A Modas (CEAB3) referente a suas operações do primeiro trimestre de 2020, foram divulgados no dia 27/05.

Veja neste artigo os principais destaques do resultado da C&A Modas do 1t20 e a análise fundamentalista da empresa.

Confira o calendário de divulgação de resultados do 1t20 das empresas listadas na Bolsa de Valores e a análise das empresas que a equipe do The Capital Advisor está realizando.

Leia até o final e descubra se a CEAB3 vale a pena investir.

Onde Investir na Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora”.

Sobre a C&A Modas

A C&A Modas é umas empresas mais novas da bolsa de valores, seu IPO foi realizado em outubro de 2019, tendo 34,50% de suas ações negociadas na B3

A companhia está presente no mercado de varejo através das suas lojas físicas, e no mercado eletrônico.

Sua estrutura é composta através das suas 286 lojas abastecidas por 5 centros de distribuição localizados nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

No segmento de e-commerce, a companhia realiza diversos modelos de vendas, como entregas realizadas através do seu centro de distribuição, e pelas modalidades “clique e retire” e “ship from store”.

Confira a composição acionária da C&A Modas:

NomeONPNTotal
Incas S.A.32,8%0,0%32,8%
Cofra Investments S.A.r.l.32,8%0,0%32,8%
Outros24,3%0,0%24,3%
Itaú Unibanco S.A.5,1%0,0%5,1%
Xp Gestão de Recursos Ltda.5,1%0,0%5,1%
Ações Tesouraria0,0%0,0%0,0%
Cofra Latin America Ltda0,0%0,0%0,0%
Banner will be placed here

Avaliação de Governança

A C&A está listada na Bolsa de Valores no segmento Novo Mercado, nível mais alto da B3.

EmpresaCea Modas S.A.
CódigoCEAB3
SubsetorComércio
Segmento de ListagemTecidos. Vestuário e Calçados
Tag Along100%
Free Float24%
Principal AcionistaIncas S.A. (33%)
Sitehttps://ri.cea.com.br/

A C&A possui um free float abaixo de 25%, o que considero baixo e pode representar um problema de liquidez nas negociações das ações para o acionista.

A empresa possui um tag along acima de 80%, indicando que o acionista minoritário estará protegido se os controladores da empresa vendam sua participação na companhia.

Ambos indicadores ajudam na análise da governança corporativa da empresa, porém não dizem respeito da sua capacidade de geração de caixa ou de sua rentabilidade.

Agora chegou a hora analisar os resultados e os principais múltiplos da análise fundamentalista da companhia.

Onde Investir na Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora”.

Resultado da C&A Modas no 1t20

A C&A Modas apresentou um prejuízo líquido de R$ 55,3 milhões no 1t20, uma baixa de -107,4% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Confira os principais destaques dos resultados da C&A Modas do primeiro trimestre de 2020:

Indicador1T204T19%1T19%
Lucro Líquido (R$)         -55,4 M175,7 M-131,5%751,4 M-107,4%
Margem Ebitda (%)8,0%18,2%-10,2 p.p.71,1%-63,1 p.p.
Margem Bruta (%)48,8%49,3%-0,5 p.p.48,2%0,6p.p.
Margem Líquida (%)-5,7%10,1%-15,8 p.p.72,2%-77,9p.p.

Resultados Operacionais da C&A Modas no 1t20

Confira os destaques dos resultados operacionais da C&A Modas, referente às suas operações do 1t20.

No trimestre, todas as lojas físicas da C&A Modas no país foram fechadas, devido às medidas restritivas de isolamento social impostas pelo governo.

Com o fechamento das lojas, houve uma queda nas vendas da companhia, interrompendo o crescimento das vendas que a C&A vinha apresentando nos últimos trimestres.

Diversas medidas foram implementadas pela companhia, visando diminuir os impactos da pandemia de coronavírus em seus negócios.

Foi otimizado seu e-commerce investindo em uma gestão de estoque mais eficiente, além de suspender os investimentos nas lojas físicas da companhia.

Como medida de reforçar seu caixa, a empresa realizou duas emissões de notas promissórias, totalizando R$ 350,0 milhões.

No 1t20, a C&A Modas apresentou um total de 286 lojas, a área de vendas totalizou 544 mil metros quadrados, um crescimento de 19 mil metros quadrados, quando comparado ao 1t19.

A companhia apresenta 269 lojas com atuação a mais de quatro anos, o same store sales, indicador responsável por medir o percentual de crescimento em uma mesma base de lojas, apresentou retração de -9,7% no período.

O menor desempenho do same store sales, foi influenciado em maior parte pela queda de vendas na categoria de produtos fashiontronics, resultado do fechamento de todas as lojas físicas da C&A Modas.

A receita líquida total da companhia, é formada pela receita gerada através das vendas da divisão fashiontronics e vestuário.

Além da receita de serviços financeiros através da parceria com a Bradescard, e pela receita de comissões de operadoras de telefonia. 

Gráfico da Composição da Receita Líquida da C&A Modas
Gráfico da Composição da Receita Líquida da C&A Modas

No 1t20, houve retração na receita líquida em todas as divisões de negócios da companhia, exceto pela divisão de produtos financeiros, através da Bradescard.

Influenciado pela venda de carteira por parte do parceiro Bradescard que resultou em R$ 19,8 milhões adicionais no 1t20.

Onde Investir na Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora”.

Resultados Financeiros da C&A Modas no 1t20

A receita líquida de vendas da C&A Modas atingiu R$ 976,8 milhões no 1t20, apresentando queda de -6,1% na comparação com o 4T18.

O Lucro Bruto da C&A Modas atingiu R$ 476,3 milhões no 1t20, apresentando retração de -5,0% na comparação com o 1t19. 

O custo dos serviços prestados totalizou R$ 500,5 milhões no 1t20, apresentando retração de -7,1% na comparação com o 1t19.

O Ebitda da C&A Modas atingiu R$ 78,2 milhões no 1t20, apresentando retração de -89,4% na comparação com o 1t19.

A margem Ebitda da C&A Modas totalizou 8,0% no 1t20, apresentando retração de -63,1 pontos percentuais na comparação com o 1t19. 

O resultado financeiro da C&A Modas totalizou um prejuízo de R$ 38,9 milhões no 1t20, versus um lucro líquido de R$ 528,2 milhões quando comparado ao 1t19.

No 1t20, as despesas gerais e administrativas recuaram -13,7% em relação ao 1t19.

A Margem bruta da C&A Modas atingiu 48,8% no 1t20, apresentando crescimento de 0,6 ponto percentual na comparação com o 1t19. 

O prejuízo líquido da C&A Modas atingiu R$ 55,3 milhões no 1t20, versus um lucro líquido de R$ 751,4 milhões na comparação com o 1t19.

A Margem líquida da C&A Modas atingiu -5,7% no 1t20, apresentando retração de -77,9 pontos percentuais na comparação com o 1t19.

Para fazer uma análise do desempenho da empresa, quanto a empresa gera de retorno financeiro, avalie também outros indicadores de rentabilidade, como o giro do ativo e o Retorno sobre o Ativo (ROA).

Onde Investir na Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora”.

Endividamento da C&A Modas

Os indicadores de endividamento da C&A Modas estão dentro da normalidade, apresentando uma dívida bruta / patrimônio líquido de 35,5%,abaixo da sua média dos últimos trimestre.

Veja a evolução histórica dos últimos 10 anos do endividamento da C&A Modas:

Endividamento da C&A Modas
Gráfico: Histórico Endividamento C&A Modas. Fonte: GuiaInvest.

A C&A encerrou o primeiro trimestre sem dívidas de curto e longo prazos e com caixa líquido de R$ 280,0 milhões.

Além do endividamento, lembre-se sempre de analisar os outros indicadores de estrutura de capital da empresa, como o endividamento geral, terceiros, composição e imobilização de recursos e não recorrentes.

Faça uma comparação do endividamento dos concorrentes da empresa, que estão inseridas no mesmo setor.

Por fim, avalie também os indicadores de liquidez que fazem parte do conjunto de índices financeiros, para  medir a capacidade financeira da empresa em satisfazer seus deveres junto a terceiros.

Principais Indicadores Fundamentalistas

Veja abaixo os principais indicadores fundamentalistas do C&A Modas para iniciar a sua análise dos fundamentos da CEAB3.

Indicador12/201903/2020Evolução
Preço/Lucro (P/L)5,72,1-63,2%
Preço/Valor Patrimonial (PVPA)2,00,7-65,0%
Dividend Yield (DY) %1,4%3,8%2,4 p.p.
Price Sales Ratio (PSR)1,00,4-60,0%
Valor de Mercado (R$)5,5 B2,1 B -61,8%
Ebit (R$)1,0 B439,3 M-56,1%
Ebitda (R$)1,5 B899,5 M-40,0%
Lucro por Ação (LPA) $3,15333,1507-0,1%
Rent. Patr. Líq. (ROE) %35,5%35,8% 0,3 p.p.
Margem Líquida %18,4%18,4% 0,0%
Liquidez Corrente1,71,417,7%
Data Divulgação23/03/2027/05/20

* Indicadores com base na data de 28/05/2020.  Fonte: GuiaInvest.

Para aplicar todos esses filtros e fazer uma rápida análise fundamentalista, levei menos de 5 minutos com a ferramenta GuiaInvest PRO.

Você pode assinar a ferramenta com preço promocional e ainda receber gratuitamente o PDF  “13 Ações do Corona Opportunity”, que são empresas de setores variados, com o Score mais alto de cada setor.

Onde Investir na Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora”.

Teleconferência de Resultados C&A Modas 1t20

Ouça aqui a Transmissão da Teleconferência da C&A Modas do 1t20, que acontecerá dia 28 de maio às 12h.

Documentos e arquivos dos Resultados da C&A Modas do 1t20

Para conferir os resultados de outros trimestres, em texto ou áudio, acesse a Central de Resultados da C&A Modas.

CEAB3 Vale a Pena?

A C&A Modas registrou prejuízo líquido de R$ 55,4 milhões no 1t20, uma baixa de R$ 806,8 milhões, quando comparado ao mesmo período de 2019.

Nos últimos trimestres, a companhia vinha entregando resultados consistentes, aliado a aberturas de novas lojas, e ao seu objetivo de transformação digital.

Através da estratégia ship from store, que visa transformar suas lojas físicas em pontos de distribuição, trazendo maior valor agregado para a varejista e seu cliente, e pelo crescimento do seu marketplace.

Porém, neste período houve uma queda expressiva nas vendas da companhia, devido ao fechamento de suas lojas físicas no país.

Além do que, a C&A Modas apresentou um prejuízo financeiro de R$ 39 milhões no período, uma queda de R$ 567,2 milhões quando comparado ao mesmo período de 2019. Impactado pela variação cambial no período, e despesa de juros sobre arrendamentos.

O futuro cenário para a C&A deve ser impactado pelos desdobramentos da pandemia de coronavírus, no curto prazo. 

No entanto a companhia apresenta uma situação financeira favorável, o que contribui para que ela supere os impactos em suas operações no longo prazo.

Se você quer investir em ações com ótimos fundamentos e que estão sendo negociadas com desconto em relação ao seu preço justo, garanta a sua vaga na minha Carteira Jóias da Bolsa e receba o meu acompanhamento.

Conheça a estratégia de investimento utilizada por Warren Buffett para identificar as barganhas escondidas na bolsa de valores.

Análise de Ações

DFP da C&A Modas 1t20

Confira abaixo os Demonstrativos Financeiros do Resultado da C&A Modas do 1t20 na íntegra. 

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE
[Nova]
[Nova]