O que é seguro de vida resgatável?

Seguro de vida resgatável é um tipo de seguro de vida que tem as mesmas proteções previstas no seguro de vida tradicional, com a diferença de que o valor pode ser resgatado após uma determinada data de vencimento. 

No geral, seguro de vida é um tipo de seguro no qual é feito um pagamento do capital segurado aos beneficiários em caso de morte do contratante. 

Entretanto, o seguro de vida pode cobrir situações que vão além da morte do titular, por exemplo, invalidez, despesas médicas, doenças graves, assistência funeral, entre outras coisas mais.

Vejamos um pouco mais sobre como funciona um seguro de vida resgatável.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona o seguro de vida resgatável?

Como já dito, o seguro de vida resgatável é semelhante a um seguro de vida tradicional.

A diferença é que na modalidade resgatável o titular pode escolher um período pelo qual vai pagar pelo seguro de vida e, acabando esse prazo, ele pode recolher o valor que pagou ao longo dos anos. 

Esse valor a ser recolhido no vencimento pode ser integral ou parcial, em relação ao montante total pago. 

Além disso, esse valor é remunerado com base em uma taxa de juros acordada no momento da assinatura do contrato.

Tirando essa capacidade de resgate, as demais características de um seguro de vida resgatável é igual ao de um seguro de vida tradicional.

No geral, um seguro é um contrato feito entre uma pessoa ou empresa e uma seguradora, que consiste em um instrumento que protege de um eventual prejuízo (sinistro) causado por várias coisas possíveis.

Esse contrato estabelece que alguma pessoa, bem material, patrimônio ou outro objeto – chamado de segurado – possuem cobertura contra determinados riscos.

Os riscos possíveis que são cobertos pelo seguro devem estar especificados na apólice do seguro.

Em outras palavras, o seguro é um mecanismo em que o contratante paga para que uma empresa (seguradora) assuma o risco de uma situação negativa acontecer.

No caso, o seguro de vida funciona da seguinte forma:

  • O titular procura a seguradora ou instituição financeira e faz o seguro de acordo com suas necessidades, escolhendo um valor para a cobertura total do seguro;
  • Em seguida se faz contratação do seguro - a apólice do seguro - especificando todas as regras e coberturas do seguro;
  • Para ter direito à cobertura do seguro de vida, é preciso pagar um valor para a seguradora, que poderá ser mensal ou anual; 
  • Caso ocorra algum evento que esteja coberto pelo seguro, basta o titular ou os beneficiários (em caso de morte ou invalidez do titular) fazerem o pedido da indenização.

Vale lembrar que ao deixar de pagar o seguro, este perderá o direito à cobertura. 

Outra característica dos seguros de vida é que o valor pago depende do perfil de risco do titular e da cobertura escolhida.

Quanto maior o risco de vida que o contratante enfrenta, ou quanto maior o valor a ser pago por indenização, maior será o valor do seguro.

Tipos de seguro de vida resgatável

Atualmente, quando se fala em seguro de vida resgatável, podemos distinguir dois tipos diferentes de seguro: com prazo determinado ou proteção vitalícia.

No seguro de vida resgatável com prazo determinado, há a determinação de um prazo para o recebimento do capital investido.

Normalmente esse prazo fica na casa dos 10, 20 ou 30 anos. Vai depender do que for acordado na apólice do seguro.

Dessa forma, assim que o período de pagamento acabar, o cliente resgata o valor e, após isso, a proteção se encerra. Caso queira fazer um novo seguro, basta contratar a seguradora novamente.

Já na opção da proteção vitalícia, é o segurado que irá informar quando quer fazer o resgate do dinheiro investido no seguro de vida resgatável. 

Ou seja, o segurado deverá pagar o seguro de vida até quando não quiser mais tê-lo. Quando isso ocorrer, a apólice é automaticamente cancelada e o capital é devolvido. 

Se não houver a solicitação do resgate, o seguro continua valendo, assim como um tradicional, independentemente das coberturas escolhidas no momento da contratação.

Obviamente que essas condições podem se alterar, a depender da seguradora e do contrato do seguro de vida resgatável. 

Para saber especificamente as condições de cada seguro de vida, o ideal é pesquisar os contratos oferecidos pelas várias seguradoras existentes no mercado e escolher aquele que melhor atende às suas necessidades.