Se você se preocupa com suas finanças pessoais, é natural ter metas de juntar dinheiro ao longo da vida, mas é importante acompanhar seu progresso.

Quando se tem uma grande meta financeira, é fundamental ter um conhecimento sólido sobre para onde seu dinheiro está indo e o quanto você está realmente economizando.

Pensando nisso, o site CNBC Make It compartilhou uma fórmula simples para calcular sua taxa de poupança, podendo ajustar seu planejamento financeiro de acordo com suas metas.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Então, você está pronto para descobrir como saber quanto economizar para atingir suas metas financeiras?

Leia até o final para saber se você está no caminho certo para realizar o sonho de comprar uma casa nova ou de se aposentar cedo, por exemplo.

Fórmula Simples de Taxa de Poupança

Uma maneira fácil de descobrir quanto do seu dinheiro pode ir para a criação de riqueza e suas metas financeiras é calculando sua taxa de poupança.

Para isso, é preciso descobrir a porcentagem de sua renda que você mantém mensalmente, em comparação com seus gastos normais. 

Descubra o quanto de sua receita tem sobrado após as despesas para saber quanto de dinheiro você poderia estar fazendo render.

Mas antes de calcular sua taxa de poupança, você precisará reunir alguns números.

Primeiro, determine a quantia que você recebe a cada mês, incluindo o pagamento líquido de seu trabalho, mais qualquer dinheiro extra que você ganhe paralelamente.

Em seguida, busque o montante de quanto você gasta mensalmente.

Isso deve incluir todas as despesas que não sejam descontadas automaticamente do seu contracheque, como o pagamento de financiamentos.

Você também deve incluir quaisquer outros gastos como jantar fora, viagens e serviços de streaming.

Agora, você pode inseri-lo na fórmula da taxa de poupança. Aqui estão as etapas:

  1. Subtraia suas despesas de sua receita;
  2. Divida esse número por sua renda;
  3. Multiplique por 100.

Veja o exemplo abaixo:

Digamos que você ganhe R$ 3.500 por mês e suas despesas somam R$ 2.500. 

Sua renda total menos suas despesas chegam a R$ 1 mil. Quando você divide isso por $ 3.500, chega ao valor de 0,2857. 

Multiplicando isso por 100, você descobre que sua taxa de poupança é de aproximadamente 28,6%.

Lembre-se de que esta é uma versão simplificada desse cálculo.

Taxa de Poupança Completa

Para aplicar esta fórmula simples a suas finanças pessoais além do salário líquido que você recebe, é interessante incluir benefícios e impostos.

Utilizando seus ganhos brutos, é preciso somar às despesas do cálculo o seu total de tributação paga.

Também pode ser útil usar uma calculadora online que faça as contas para você.

Se você recebe benefícios do empregador, como auxílios de transporte ou alimentação, por exemplo, você deve adicionar esse valor à sua renda mensal.

Pense nessas quantias como parte da remuneração que você recebe do seu empregador.

Você também pode adicionar à sua renda quaisquer contribuições que fizer para uma conta de aposentadoria complementar, como fundos de previdência privada, além do imposto à previdência social.

Faça isso se quiser ver o valor total que está economizando, em vez de apenas o valor do pagamento líquido que sobrou após cobrir suas despesas mensais.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Quanto Economizar para Metas Financeiras

Agora, você pode estar se perguntando como a sua taxa de poupança vai ajudar a descobrir se você está no caminho certo para metas financeiras.

Saber o quanto você está economizando atualmente fornece um ponto de partida para calcular o quão perto você está de atingir suas metas e quanto tempo levará para alcançá-las.

Se pretende economizar o suficiente para se aposentar nos próximos 20 anos, com base no quanto você economiza hoje, será possível estimar quanto você terá no fim deste período.

Com isso, você será capaz de reavaliar suas metas financeiras para descobrir se elas são objetivos razoáveis para suas finanças atuais.

Você também pode perceber que está perdendo seus ganhos mais rapidamente do que gostaria.

Se for esse o caso, talvez você deva procurar maneiras de cortar algumas despesas e otimizar seus ganhos.

Nesse momento, talvez seja importante avaliar as opções que você tem de investir para rentabilizar o seu dinheiro, considerando o seu perfil de investidor.

Você poderá fazer escolhas mais conscientes de acordo com sua tolerância ao risco, ao realizar o seu teste de perfil de investidor.

Lembre-se ainda de que, quando sua receita ou despesa flutua, sua taxa de poupança também oscila.

Vale a pena recalcular sempre que você receber um aumento para ajustar seu orçamento familiar e ter certeza de que ainda está no caminho certo para alcançar suas metas.

Para ajudar você na sua jornada rumo aos seus objetivos, baixe gratuitamente o livro digital "Como Começar a Investir do Zero"