O Que Esperar de Dividendos Até o Final de 2021
|

O Que Esperar de Dividendos Até o Final de 2021

Saiba como se preparar para receber bons dividendos até o final deste ano.

Por
Atualizado em 28/09/2021

Estamos passando por tempos confusos no mercado financeiro.

Crises e problemas não chegam a ser uma novidade, quando se fala em renda variável ou até mesmo de Brasil. 

Mas a questão aqui é que com muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, é natural que muitos investidores percam o foco naquilo que interessa.

O que realmente interessa são os fundamentos das empresas e, claro, a capacidade das empresas de pagarem os dividendos.

Toda essa confusão começou com a pandemia, depois com os resultados momentaneamente ruins das empresas

Sabíamos que aquilo era passageiro, mas daí começam os desdobramentos menos óbvios: inflação e juros subindo, eventual tributação dos dividendos, bolsa caindo e até uma construtora chinesa em dificuldade virou motivo de preocupação.

Nesse cenário, o sentimento que eu percebo em muitos investidores é de falta de confiança nos investimentos em ações.

Percebo que o pessoal está focando na coisa errada. Está prestando atenção no ruído, e está ignorando o que realmente importa.

Banner will be placed here

As divulgações de resultados das empresas até a metade deste ano foram surpreendentemente positivas. 

Várias empresas com recordes de faturamento, lucro, margens e tudo mais.

Ou seja, os fundamentos estão melhores do que nunca.

Outro ponto que chama a atenção é o volume de dividendos distribuídos aos acionistas até a metade do ano. 

Até a metade do ano, foram distribuídos mais do que o dobro do mesmo período do ano passado.

Em 2021 foram R$ 104,6 bilhões, contra R$ 46 bilhões em 2020 e R$ 66 bilhões de 2019 (considerando sempre somente o primeiro semestre dos anos em questão).

Para o segundo semestre a tendência é que o volume siga alto, pois há empresas inclusive antecipando como podem o pagamento de dividendos, pois se deixarem para pagar no ano seguinte, o acionista pode já ser tributado.

É o caso da Suzano (SUZB3), que convocou uma assembleia extraordinária de acionistas para votar uma proposta que pode viabilizar essa distribuição de dividendos antes do que normalmente ela o faria.

Melhores Ações de Dividendos? Baixe o Ranking com Maiores Pagadoras de Dividendos.

Outra que pode fazer isso, apesar de não ter sinalizado nada nesse sentido ainda, é a integrante da carteira Seleção de Dividendos Mahle Metal Leve (LEVE3) que apresentou lucro grande este ano, tem bastante caixa, pouca dívida, e costumava distribuir grande parte do lucro antes da pandemia. 

Dado o cenário de pandemia “ficando para trás”, ela poderá surpreender com bons dividendos

Ao mesmo tempo que temos fundamentos melhores do que nunca e os acionistas sendo muito bem remunerados, a bolsa de valores não está lá tão animada assim.

As cotações estão na média longe de suas máximas históricas e tornando a nossa bolsa extremamente atrativa para quem está fazendo seus aportes constantemente.

Ótimo para comprar barato.

É hora de aproveitar este momento, pois esse tipo de distorção não costuma durar muito tempo.

Análise de Ações

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE