O que é Taxa de Desconto?

A taxa de desconto diz respeito à taxa de atratividade mínima para determinados investimentos. Valendo a ressalva que não representa a mesma coisa que o retorno do investimento (ROI).

Essa taxa representa um indicador comparativo do retorno de determinado investimento, seja ele na compra de uma empresa, em títulos, na expansão da empresa, dentre outros.

Essa taxa é muito utilizada em análises de viabilidade de projetos, referindo-se ao valor de antecipação da quantia investida, podendo inclusive ser relacionada como o oposto da taxa de juros.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Neste caso, devemos dizer que os juros funcionam como uma remuneração do capital que foi investido ou emprestado, ou seja, seu pagamento é feito no futuro, dependendo do que foi acordado.

Em grosso modo, podemos dizer que ao solicitarmos um empréstimo de R $10 mil junto ao banco, com taxa de juros de 10% ao ano, passado doze meses o empréstimo estará valendo R $11 mil.

O valor de R $1 mil que foi acrescido ao valor inicial do empréstimo refere-se aos 10% da taxa de juros, ou seja, o valor que o banco cobrou por conceder o empréstimo.

Já, com relação à taxa de desconto, ela refere-se à maneira de analisar, por meio do fluxo de caixa, por exemplo, se o valor projetado é viável tendo em vista o presente cenário.

Para melhor entendermos, é necessário compreender que o dinheiro possui valor no tempo, ou seja, o valor futuro se torna muito subjetivo, pelo fato de não haver uma base sólida de comparação.

Para ficar mais claro, imaginemos uma empresa que, após um alto investimento em propagandas, passa a aderir uma quantia de R $100 mil de fluxo de caixa ao ano.

Após um determinado período, como podemos saber se o projeto foi viável ou não?

Neste caso, se faz necessário aplicar a taxa de desconto trazendo o dinheiro do fluxo de caixa para o mesmo período de tempo do investimento, ou seja, a atualidade.

Depois de finalizado esse procedimento, passa-se a existir uma possibilidade clara de comparação.

Podemos dizer que a taxa de desconto reflete o quanto um investimento é arriscado, sendo, nada mais, que a avaliação do custo de capital projetando a rentabilidade de um investimento.

Portanto, essa taxa é um auxílio para o investidor, tendo em vista apresentar um parâmetro sobre a possibilidade de retorno que o ativo na qual está aplicando seu capital lhe oferece.

Como a Taxa de Desconto é calculada?

A forma mais utilizada para esse cálculo é através da avaliação do Weighted Average Capital Cost, representado pela sigla WACC. Sua denominação em português é: Custo Médio Ponderado de Capital.

O ponto central da questão é entender qual é a taxa mínima de retorno aceitável para que determinado investimento seja viável.

Para ser mais claro, significa a rentabilidade que o investidor deseja ter de retorno, tendo em vista o custo de oportunidade em detrimento de outros investimentos.

Portanto, se existem outros investimentos com menores riscos e maiores rentabilidades, significa que o investimento que está em análise não é viável para o investidor.

Dito isto, para calcular o WACC temos a seguinte fórmula:

  WACC = Ke x [E / (D + E)] + Kd x [D/(D + E)]

Onde:

  • WACC = Custo Médio Ponderado do Capital;
  • E = Valor do Patrimônio Líquido;
  • Ke = Custo de capital dos acionistas;
  • D = Dívida (valor da dívida);
  • Kd = Dívida (valor do custo).

O WACC detém duas importantes funções, são elas:

  • Utiliza a taxa de desconto tendo em vista fluxos de caixa futuro para calcular o valor da empresa;
  • Analisar a viabilidade dos projetos, ao ser utilizado como taxa mínima para meio de comparação.

Qual a importância da Taxa de Desconto?

A utilização da taxa de desconto é muito importante para avaliar a viabilidade de investimentos e se os riscos compensam o retorno.

Ou seja, os possíveis ganhos com determinados investimentos precisam ser comparados com os rendimentos de outros tipos de investimentos, como já foi dito anteriormente.

Um bom investidor deve sempre analisar se existem melhores opções de investimentos, jamais aplicando seu capital sem calcular os riscos.

Portanto, é muito importante que essa análise seja constantemente aplicada internamente no mercado financeiro, por outro lado, é importante também a utilização de outros indicadores de análise.