O Que é Fundo Long Biased, Long & Short e Long Only
|

O Que é Fundo Long Biased: Diferenças Entre Long & Short e Long Only

Os fundos long biased podem ganhar com a alta e com a queda nos preços dos papéis conforme estratégia do gestor.

Por
Atualizado em 11/09/2020
Avalie esse texto

O fundo long biased vem ganhando destaque nos últimos anos. Veja como funciona esse tipo de fundo de investimento e tenha mais uma opção para a diversificação da carteira.

Os fundos de investimento se tornaram opções bastante procuradas para se expor à renda variável e diversificar a carteira.

No entanto, esse é um termo genérico que abrange diversos tipos de fundos e estratégias seguidas por gestores que nem sempre ficam evidentes para o investidor iniciante.

Nomes como fundo long only, long and short e long biased podem parecer confusos.

Um dos fundos que mais se destacaram nos últimos tempos é o fundo long biased.

No ano passado os fundos dessa categoria renderam, em média, 20,58%. Retorno acima do Ibovespa que rendeu 19,18% no mesmo período e mais de quatro vezes o CDI (4,66%).

Porém, com a crise do coronavírus também foi uma das categorias de fundos que mais perdeu, juntamente com os fundos de ações.

Enquanto a mediana da rentabilidade para os fundos de ações foi de -16,08% , a dos long biased foi -9,94%.

Dentre os fundos long biased alguns se diferenciam e acumularam rentabilidade positiva. 

Por exemplo, o Versa Long Biased FIM, que ganhou 41% entre janeiro e junho deste ano.

Essa diferença de rentabilidade se dá justamente pela estratégia utilizada por esses fundos, uma vez que podem operar “vendidos”.

Os que se saíram melhor tinham uma política de proteção da carteira (hedge) e  aproveitaram as quedas da bolsa brasileira para lucrar.

Continue a leitura e veja como funciona o fundo long biased, suas vantagens e desvantagens e as demais estratégias utilizadas pelos gestores de fundos de investimento.

O que é o fundo long biased?

Os fundos long biased são uma modalidade de fundos que utilizam estratégias que permitem ganhar com o aumento e com a queda nos preços dos papéis.

Ou seja, podem ter ganhos tanto em momentos de alta quanto de baixa do mercado.

O termo “Long” é usado no mercado financeiro para se referir à compra. Assim, ele opera “comprado”, esperando ganhar com a valorização do ativo.

Já o “Biased” quer dizer “enviesado”, ou “algo que tenha tendência”.

Portanto, fundos “Long Biased” são aqueles que têm a tendência de ficarem comprados, mas também podem ficar “vendidos” em alguns ativos.

De forma geral, a estratégia desse tipo de fundo é comprar ativos com potencial de valorização, mas, para se proteger de fortes oscilações ou até buscar ganhos maiores, podem ficar vendidos.

Os fundos de investimento são classificados em três níveis quanto ao:

  • Tipo de ativos (renda fixa, ações, multimercado, etc);
  • Gestão de riscos;
  • Tipo de estratégia.

O Long Biased faz parte do 3º nível dessa classificação, ou seja, a estratégia.

Do ponto de vista formal, um fundo Long Biased é um fundo multimercado.

Apesar de ser livre para investir em qualquer ativo, a maior parte de seu patrimônio é investido em ações.

Portanto, também pode ser um fundo de ações, quem escolhe isso é a gestora na hora de registrar o fundo. 

Os fundos long biased são indicados para investidores arrojados, que buscam maiores retornos no longo prazo.

Banner will be placed here

Como funciona o fundo long biased

Enquanto alguns fundos mantêm apenas posições compradas, isto é, esperando ganhar apenas com a alta, os fundos long biased podem, eventualmente, manter posições vendidas e ganhar com a queda do preço.

Dessa forma, esses fundos conseguem minimizar perdas ou ter resultados positivos mesmo em momentos de queda.

A estratégia para ganhar na baixa é o aluguel de ações, operação realizada quando se acredita na desvalorização de um papel.

No aluguel de ações, o proprietário da ação (doador) empresta seu papel por um determinado prazo a um terceiro (tomador) em troca de uma taxa.

Em geral, o doador é um investidor de longo prazo que não pretende vender suas ações tão cedo, mas que busca receber um rendimento extra pelo empréstimo das ações.

Já o tomador é um investidor que acredita que o preço daquela ação vai cair e deseja lucrar como a queda.

Então, ele aluga as ações do doador e as vende no mercado com o objetivo de recomprá-las a um preço mais e então, devolvê-las ao doador.

Essa operação resultará em ganho para o tomador, caso os papéis de fato caiam, ou em prejuízo, caso subam.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Vantagens do fundo long biased

A principal vantagem dos fundos Long Biased é sua flexibilidade. Dessa forma, independente do cenário do mercado, os gestores podem buscar lucros seja com a alta ou com a queda dos preços.

A estratégia adotada também permite que a volatilidade diminua. Ou seja, aquele sobe e desce comum nos fundos de ações são minimizados.

Veja essas e mais vantagens dos fundos long biased:

Flexibilidade de gestão

Diferente de um fundo long only, o fundo long biased permite uma maior flexibilidade de gestão.

Tanto em momentos de potencial valorização, quanto de queda do mercado, os gestores podem utilizar estratégias para atingir a melhor rentabilidade possível.

Diversidade de ativos

Embora o fundo long biased costume investir majoritariamente em ações, ele também pode adotar uma estratégia multimercado e promover a diversidade de ativos.

Essa maior diversificação entre diferentes ativos é uma forma de minimizar perdas e melhorar a rentabilidade geral da carteira.

Menor volatilidade

A possibilidade de ter uma parcela “comprada” e outra “vendida”, assim como a diversificação dos ativos tende a ser uma proteção contra a volatilidade.

Dessa forma, os fundos “long biased” tendem a cair menos do que os tradicionais em mercados de baixa. Por outro lado, podem subir menos em épocas de alta.

Segundo a Aditus, enquanto a volatilidade dos fundos “long only” foi de 15% nos últimos doze meses, os “long biased” apresentou uma volatilidade entre 7% e 12%.

Isenção de come-cotas

Caso definido como um fundo de ações, o long biased terá uma tributação fixa em 15% sobre os rendimentos no resgate e é isento do come-cotas.

Essa antecipação semestral do recolhimento do Imposto de Renda afeta a rentabilidade de fundos como os multimercados, renda fixa e cambiais.

Desvantagens do fundo long biased

As principais vantagens do fundo long biased também podem ser vistas como desvantagens.

A gestão mais ativa, por exemplo, torna mais difícil mensurar o risco desse tipo de fundo.

Além disso, a diminuição da volatilidade também pode se tornar uma desvantagem em momentos de forte alta.

Veja as principais desvantagens desse tipo de estratégia:

Dificuldade de mensurar o risco

Como a gestão de um fundo long biased é mais ativa, é difícil determinar qual rumo que o fundo vai seguir, afinal, o gestor pode operar tanto “comprado” quanto “vendido”.

Por isso, antes de aplicar seu dinheiro nesse tipo de fundo, analise o histórico e sua taxa de volatilidade média.

Certifique-se também se o fundo está adequado ao seu limite de exposição ao risco.

Para saber seu perfil de investidor, faça aqui o teste online grátis.

Menor aproveitamento dos momentos de alta

Nos momentos de otimismo e forte potencial de valorização dos papéis, é provável que o long biased aproveite menos a alta na cotação do que o long only, por exemplo.

Afinal, uma parcela de seus investimentos poderá estar comprometida em operações de venda ou até na renda fixa.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Estratégias dos fundos de investimento

Os fundos de ações ou multimercados podem ser subclassificados de acordo com o tipo de estratégia em long only, long and short e long biased.

Long only

O fundo long only opera apenas com a compra de ativos e aposta na alta e na valorização das ações adquiridas.

É mais recomendado em tendências e cenários de alta do mercado de ações e para o longo prazo. Por isso, pode enfrentar volatilidades em curto e médio prazo.

Para a escolha dos papéis, o gestor avalia aqueles que possuem maior potencial de se valorizar no futuro.

Long and short

O fundo long and short investe em pares de ativos, acreditando na valorização de um e na desvalorização do outro.

No caso da estratégia “long”, o fundo está comprado no ativo e “short” quando está vendido em outro ativo.

O ganho vem da diferença entre os preços de compra e venda das ações com tendência de alta ou venda e posterior recompra das ações com tendência de baixa.

Como podem operar nas duas pontas, esses fundos independem do movimento da Bolsa, pois podem ganhar tanto na alta quanto na baixa.

Long biased

O fundo long biased, em um primeiro momento, lembra o fundo Long & Short pela possibilidade de ter posições compradas e também posições vendidas.

Porém, no long biased a maior parte do seu capital é aplicado na compra de ações.

Eventualmente, esse fundo de investimentos também pode ter operar vendido caso queira aproveitar baixas futuras nos preços.

Por conta dessa estratégia, o fundo long biased fica entre as estratégias long and short e long only.

Diferenças entre fundos long biased e fundos long and short

Os fundos long and short sempre contam com uma parcela comprada (long) e outra vendida (short).

Por isso, o desempenho do fundo está mais relacionado ao desempenho dos ativos uns em relação aos outros do que ao desempenho da bolsa em si.

Já os fundos long biased, embora possam ter uma parte comprada e outra vendida, pode não haver nenhuma parte vendida.

As posições vendidas só são montadas quando o gestor acredita que uma determinada ação pode cair no médio prazo.

Caso o gestor acreditar que o mercado está em uma tendência clara de alta, pode ficar sem nenhuma posição na ponta vendedora.

Sendo assim, o desempenho dos long biased está mais relacionado ao desempenho da bolsa que o dos long and short.

Long biased X Long only

Os fundos long biased e os long only compram ações baseadas nos fundamentos da empresa e as perspectivas de valorização no futuro.

Enquanto o long only só opera comprado e eventualmente usa operações com derivativos para minimizar perdas, os long biased fazem operações vendidas de curto e médio prazo para turbinar os ganhos ou se proteger.

Isso confere aos fundos long biased maior flexibilidade e menos volatilidade que os fundos long only.

Assim, em momentos de queda no mercado, eles tendem a cair menos que os demais fundos de ações.

Em contrapartida, em momentos de alta no mercado, tendem a subir menos caso tenha parcelas vendidas.

Quer Investir em Boas Ações? Clique Aqui e Baixe Grátis o Relatório com as 3 Ações para Investir por 10 Anos.

Fundo Long Biased vale a pena?

É sempre interessante conhecer opções para diversificar sua carteira.

Os fundos long biased se caracterizam liberdade que o gestor tem de montar posições conforme sua visão de mercado.

Por mais que a maior parte do portfólio esteja em ações, é possível investir em outros mercados, como o de moedas e renda fixa, por exemplo.

A escolha do melhor fundo de investimento depende muito do perfil de investidor e seus objetivos.

Por isso, o long biased ou outro tipo de fundo deve ser combinado a outras aplicações financeiras, trazendo mais diversidade de ativos à sua carteira e menos exposição ao risco.

Telegram TCA

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais