O que é floating?

Floating é um termo do mercado financeiro que apresenta uma série de significados, dependendo do tipo de operação.

Em inglês, floatingé uma palavra que vem do verbo float, que significa flutuar.

Só para se ter uma ideia da amplitude do termo, o floating é empregado com os seguintes conceitos:

  • Free float;
  • Float bancário;
  • Dirty floating;
  • Floating debt;
  • Floating-rate note.

Free float

O primeiro termo do mercado financeiro que tem sua origem no floating é o free float

Esse conceito é utilizado no mercado de ações e serve para se referir ao conjunto de ações de uma empresa que estão livres para negociação.

Ou seja, que não estão de posse de um acionista majoritário ou controlador da companhia.

É comum dizerem que quanto maior o índice de free float maior é a quantidade de ações disponíveis no mercado e, por sua vez, maior a sua liquidez de uma ação.

Ou seja, ações com elevado free float tendem a apresentar maior facilidade de negociação.

Empresas com free float elevado também tendem a apresentar uma governança corporativa melhor, visto que o controle da empresa tende a ser pulverizado, em vez de concentrado nas mãos de poucos.

Float bancário

Dentro do float bancário temos duas definições.

A primeira é que o float bancário é o dinheiro dentro do sistema bancário que é brevemente contado duas vezes devido a lacunas de tempo no registro de um depósito ou saque. 

Essas lacunas de tempo geralmente são devidas ao atraso no processamento dos cheques. 

Um banco credita a conta de um cliente assim que um cheque é depositado. No entanto, leva algum tempo para receber um cheque do banco do pagador e registrá-lo.

Até que o cheque libere a conta da qual foi sacado, o valor referente ao cheque passa a existir em dois lugares diferentes, aparecendo tanto na conta do banco do destinatário quanto na do pagador.

Outra definição de float bancário é a receita apropriada pelos bancos por meio dos rendimentos dos recursos mantidos pelos clientes em depósito à vista, mantidos em conta corrente.

O float bancário é uma prática muito comum em instituições financeiras que descontam cheques e boletos bancários, cujo termo é chamado de float de cobranças.

Esse processo consiste no banco recebendo o valor de um boleto de cobrança, porém ele retém esse valor por alguns dias antes de repassar ao portador.

Em troca, o banco oferece taxas menores ao titular da conta.

Até a década de 90, quando a inflação era muito alta no brasil, chegando ao nível de 80% ao mês, uma das principais receitas das instituições financeiras era o float.

Porém, mesmo com a queda considerável da inflação e a estabilidade econômica no Brasil nas últimas décadas, engana-se quem acredita que essa prática caiu em desuso.

Mesmo nesse cenário, o float bancário ainda é usado por muitas instituições financeiras, principalmente nos recebíveis em boleto.

Normalmente, quando uma instituição demora para compensar um título pago, um cheque depositado ou qualquer outro recebível, ele pode estar fazendo float com o seu dinheiro.

Dirty floating

Dirty floating (flutuação suja) é uma taxa de câmbio flutuante em que o Banco Central de um país intervém ocasionalmente para mudar a direção ou a volatilidade do valor da moeda nacional. 

Na maioria dos casos, o Banco Central em um sistema de dirty float atua como um amortecedor contra um choque econômico externo antes que seus efeitos se tornem perturbadores para a economia doméstica. 

A flutuação suja também é conhecida como câmbio administrado.

Outros usos do termo floating

Vimos as formas em que o termo floating é mais utilizado, entretanto,este termo também é empregado em outros casos menos menos conhecidos.

O primeiro é o floating debit, cujo termo remete às obrigações de curto prazo que passaram por um processo de renovação.Outro termo que existe é o floating-rate note, que são instrumentos pós-fixados com taxas de juros flutuantes.