O que são dividendos e como viver de renda de forma prática
|

O Que São Dividendos e Como Viver de Renda de Forma Prática

Ganhe parte do lucro das empresas, reinvista os dividendos e alcance a independência financeira.

Por
Atualizado em 06/11/2019
Avalie esse texto

Descobrir o que são dividendos vai permitir que você descubra como viver de renda de forma simples e prática.  

Além disso, vai potencializar seus ganhos com investimentos em ações, sem precisar investir mais dinheiro.

Os dividendos são uma forma de acumular patrimônio no mercado de Renda Variável.

Ao reinvestir os lucros dos seus investimentos, comprando mais ações com o dinheiro dos dividendos, você automaticamente aumenta seu patrimônio e o rendimento da sua carteira.

É o investimento perfeito para quem busca maiores ganhos com renda variável, ou criar uma carteira previdenciária para alcançar grandes objetivos, como comprar um imóvel. 

Empresas que pagam dividendos regularmente são consideradas mais estáveis e de boa gestão, já que os dividendos são gerados a partir registro de lucro líquido.

Então, está pronto para saber tudo sobre dividendos e como viver de renda de forma prática?

Você vai descobrir tudo o que precisa saber sobre dividendos e como viver de renda de forma prática ainda hoje:

  • O que são dividendos;
  • Tipos de dividendos;
  • Como funciona o pagamento dos dividendos;
  • Como calcular os dividendos;
  • Calendário de dividendos;
  • Como viver de renda;
  • Maiores ações pagadoras de dividendos;
  • Como montar uma carteira de dividendos.

Leia até o final e descubra tudo sobre dividendos e como viver de renda de forma prática

O Que Você Verá Neste Artigo:

O que são Dividendos

Os dividendos são a parte dos lucros da empresa, que é distribuída para os seus acionistas. 

Permitem comprar mais ações da companhia, que gerarão mais dividendos e comprarão mais ações, e assim por diante, como uma bola de neve.

Quando você tiver atingido a Independência Financeira, os dividendos serão sua fonte de renda. 

Ao investir em ações na bolsa de valores, você se torna sócio de empresas.

Toda empresa tem como um de seus objetivos principais o lucro. E o que ela faz com esse lucro é muito importante para os acionistas. 

Basicamente, uma empresa pode fazer o seguinte com seu lucro:

  • Constituir reservas;
  • Reinvestir no próprio negócio;
  • Adquirir novas empresas ou participações;
  • Distribuir uma parte em dividendos aos acionistas;
  • Recomprar suas próprias ações.

O desafio das companhias é encontrar o equilíbrio entre dividendos, recompra de ações e retenção de lucros, aumentando ao máximo o patrimônio do acionista no longo prazo.

No mercado brasileiro, é mais comum as empresas pagarem dividendos do que recomprar suas ações.

Banner will be placed here

Como Funciona o Investimento em Dividendos

Todas as empresas com ações listadas na B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), por lei, devem dividir, no mínimo, 25% do seu lucro líquido com os investidores. 

O pagamento dos dividendos é distribuído em dinheiro e acontece em etapas:

  1. Aprovação do pagamento pelo Conselho de Administração da empresa;
  2. Protocolo da aprovação na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), entidade que fiscaliza e regula o mercado financeiro e seus participantes;
  3. Divulgação das datas de pagamento no site da empresa, na seção de Relação com Investidores;
  4. Data ex-dividendos;
  5. Data de registro;
  6. Pagamento dos dividendos. 

Agenda de Dividendos

É a previsão de quando as empresas pagarão os dividendos.

A data deve ser prevista porque o pagamento de dividendos só acontece se a empresa gerar lucro líquido de fato.

Além dessa data, há outras a serem observadas:

  • Data de declaração;
  • Data ex-dividendos;
  • Data com;
  • Data de registro;
  • Data de pagamento.
Data de registroData de declaraçãoData comData ex-dividendosData de pagamento
A empresa registra os acionistas que receberão o pagamento.A empresa anuncia o pagamento dos dividendos.Limite para comprar a ação e ficar com direito a receber os dividendos.Definição de quais acionistas receberão os dividendos.Dividendos são pagos aos acionistas.

Data de Registro

A empresa registra os acionistas que receberão o pagamento.

Data de Declaração (Aprovação)

A empresa anuncia a quantidade de dividendos a ser paga, com as datas ex-dividendos e de pagamento.

Data Com

O dia anterior à data ex-dividendos chama-se “Data Com”: é a data limite para o investidor comprar a ação e ficar coo direito de receber os dividendos. 

Data Ex Dividendos

A companhia define quais acionistas receberão os dividendos.

A partir deste dia, quem comprar a ação não terá mais direito a receber os dividendos.

Por exemplo, Itaúsa e Itaú pagam dividendos no mesmo dia, 15 de agosto. Quem comprar ações dessas empresas no dia 16 de agosto, não terá direito aos dividendos.

Um evento obrigatório que ocorre na data ex-dividendos é o desconto na cotação da ação. 

Na abertura do pregão da data ex-dividendos, o preço da ação sofre uma redução igual ao valor do provento a ser pago (Dividendos ou JSCP). 

Esse ajuste ocorre porque quem comprar as ações a partir dessa data não terá mais direito de receber dividendos. 

Por exemplo, se a Itaúsa anunciar um pagamento de 35 centavos de dividendos por ação, com data ex-dividendos em 15 de agosto, na abertura da bolsa de valores em 16 de agosto suas ações valerão 35 centavos a menos.

Data de Pagamento

Os dividendos são pagos e aparecem na conta da corretora do acionista.

Por exemplo, quem possui 1.000 ações ITUB4 (banco Itaú) receberá:

1.000 ações x 0,78 = 780,00

Tabela da data de pagamento dos dividendos
Data pagamento dos dividendos

Tipos de Proventos

Dividendos

É um provento pago normalmente pelas companhias com ações listadas na bolsa de valores.

Juros Sobre Capital Próprio (JSCP)

É semelhante ao dividendo, mas muda a forma de ser contabilizado pela empresa. Fica como despesa, antes de registrar o lucro líquido.

Bonificação

É quando a empresa paga um provento por meio de ações adicionais.

A quantidade é definida com base no número de ações que o acionista já possui. 

Dividendo Especial Extraordinário

É uma distribuição extra de provento. 

Direito de Subscrição

Ocorre quando a empresa emite mais ações.

O acionista tem direito de comprar mais ações antes de quem ainda não é investidor. 

Como Calcular os Dividendos

Os dividendos são calculados de diversas formas.

Uma delas é multiplicando a quantidade de ações que se tem pelo valor do dividendo.

Por exemplo:

Quem possui 200 ações da Petrobras, que paga R$ 1 por ação, receberá:

  • Quantidade de ações: 200
  • Valor do dividendo: R$ 1
  • Dividendo recebido: 300 x R$ 1 = R$ 300

Ou multiplicando a quantidade de ações pelo percentual de dividendo pago pelo valor unitário da ação. 

Por exemplo:

  • Quantidade de ações: 200
  • Percentual de dividendo: 6%
  • Valor unitário da ação: R$ 20
  • 6% x R$ 20 x 200 ações = R$ 240

Outra forma de calcular o retorno que você tem como investidor em uma ação é através do Dividend Yield (DY), um indicador da rentabilidade do dividendo.

É possível usar a fórmula abaixo para calcular o DY:

Dividend Yield = (Dividendo Anual por AçãoPreço da ação) x 100 

Se as ações da Petrobras estão sendo vendidas a R$ 30 e a empresa anuncia que pagará um dividendo de R$ 2 por ação, o DY seria:

Dividend Yield = (R$ 2 R$ 30) x 100 = 6,67%

O que acontece se o preço da ação cair para R$ 9? O DY será maior.

Dividend Yield = (R$ 2 R$ 15) x 100 = 13,33%

O que acontece se o preço da ação subir para R$ 40? O DY será menor.

Dividend Yield = (R$ 2 R$ 40) x 100 = 5%

Exemplo de cálculo e calendário de dividendos
Exemplo cálculo de dividendos

Índice de Cobertura de Dividendos

É a relação entre o lucro líquido obtido pela empresa e os dividendos pagos.

É calculado dividindo-se o lucro da companhia pelo valor do dividendo da ação.

O que é Dividend Payout

O Dividend Payout, ou Payout, mostra o percentual do lucro líquido que está sendo distribuído na forma de dividendos e JSCP para os acionistas. 

Por exemplo: se uma empresa reporta lucro de R$ 634 milhões e distribui R$ 314.8 milhões em proventos, seu Dividend Payout é de 49,7%. 

Isso significa que os outros 50,3% foram destinados a outra finalidade, como o reinvestimento no próprio negócio.

Um payout acima de 90% pode ser considerado arriscado, em virtude de a empresa não conseguir manter essa distribuição de lucros por um longo prazo.

Calendário de Dividendos

O calendário é uma agenda de dividendos que mostra quando a ação paga dividendos

Nela constam as informações:

  • Empresa: nome;
  • Evento: pagamento de dividendos;
  • Valor a ser pago;
  • Data Ex: a data ex-dividendo;
  • Data Pagamento.

A tabela abaixo mostra as datas próximas de direito (data ex) ao recebimento dos dividendos:

BancosDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
ABC BRASIL (ABCB4)ExXX
Pg
ALFA DE INVESTIMENTO (BRIV4)ExXX
Pg
BANCO DO BRASIL (BBAS3)ExXXXX
Pg
BANRISUL (BRSR6)ExXXXXX
Pg
BRADESCO (BBDC4)ExXXXXXXXXXXXX
Pg
ITAÚ (ITUB4)ExXXXXXXXXXXXX
Pg
MERCANTIL DO BRASIL (BMEB4)ExX
Pg
SANTANDER (SANB11)Ex
PgXXXX
Bens IndustriaisDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
METAL LEVE (LEVE3)ExXXX
Pg
TUPY (TUPY3)ExXXXX
Pg
Consumo não-cíclicoDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
SMILES (SMLS3)Ex
Pg
LOJAS RENNER (LREN3)Ex
Pg
AMBEV (ABEV3)ExXX
Pg
NATURA (NATU3)ExXX
Pg
SLC AGRÍCOLA (SLCE3)ExXX
Pg
EducaçãoDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
KROTON ( KROT3)ExXXXX
Pg
SER EDUCACIONAL (SEER3)ExXX
Pg
Energia ElétricaDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
ALUPAR (ALUP11)ExXX
Pg
CEMIG (CMIG4)ExXX
Pg
COELCE (COCE5)ExX
Pg
COPEL (CPLE6)ExXX
Pg
ELETROBRAS (ELET6)ExX
Pg
ENERGIAS DO BRASIL (ENBR3)ExXX
Pg
ENERGISA (ENGI11)ExXX
Pg
ENGIE (EGIE3)ExXXX
Pg
RIO PARANAPANEMA (GEPA4)ExXX
Pg
TAESA (TAEE11)ExXXXXX
Pg
TIETÊ (TIET11)ExXXXXX
Pg
TRANSMISSÃO PAULISTA (TRPL4)ExXX
Pg
HoldingDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
BRADESPAR (BRAP4)ExXX
Pg
ITAÚSA (ITSA4)ExXXX
Pg
Locação de VeículosDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
LOCALIZA (RENT3)ExXXXXX
Pg
UNIDAS (LCAM3)ExXXXX
Pg
Siderurgia e Metalurgia
FERBASA (FESA4)ExXXXX
Pg
VALE (VALE3)ExXX
Pg
Papel e CeluloseDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
KLABIN (KLBN1)ExXXXX
Pg
SUZANO (SUZB3)ExX
Pg
Petróleo, Gás e Biocomb.
BRASKEM (BRKM5)ExX
Pg
BR DISTRIBUIDORA (BRDT3)ExXX
Pg
COSAN (CSAN3)ExX
Pg
ENAUTA (ENAT3)ExX
Pg
ULTRAPAR (UGPA3)ExXX
Pg
UNIPAR (UNIP6)ExX
Pg
SaneamentoDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
COPASA (CSMG3)ExXXXXX
Pg
SABESP (SBSP3)ExX
Pg
SANEPAR (SAPR11)ExXXX
Pg
Saúde
FLEURY (FLRY3)ExXXX
Pg
ODONTOPREV (ODPV3)ExXXXXXXX
Pg
SegurosDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
BB SEGURIDADE (BBSE3)ExXX
Pg
IRB BRASIL (IRBR3)ExXX
Pg
PORTO SEGURO (PSSA3)ExXXX
Pg
SUL AMÉRICA (SULA11)ExXX
Pg
WIZ (WIZS3)ExXX
Pg
Serviços Financeiros
B3 (B3SA3)ExXXXX
Pg
CIELO (CIEL3)ExXXXX
Pg
TelecomunicaçõesDataJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
TIM (TIMP3)ExXX
Pg
TELEFÔNICA (VIVT4)ExXXXXX
Pg

Quais empresas pagam dividendos mensais

Veja abaixo as maiores pagadoras de dividendos do Ibovespa com a agenda de dividendos TheCap:

BebidasDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Ambev1,82%80%20%


60%20%
20%20%
80%
AéreoDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Azul0,00%











Gol0,00%











FinanceiroDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
B32,05%

20%40%60%40%20%60%20%
60%80%
Cielo11,14%20%20%100%

80%

100%

60%
BancosDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Bradesco5,80%100%100%100%100%100%100%100%100%100%80%80%100%
BTG2,15%40%




20%40%



Brasil5,34%
60%100%
100%100%
100%100%
80%80%
Itausa8,39%
100%

100%

100%

80%80%
Itaú unibanco7,49%100%100%100%100%100%100%100%100%80%80%80%100%
Santander4,35%100%
20%40%20%
60%20%20%40%
40%
SeguradorasDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
BB seguridade8,43%
100%




100%


20%
IRB brasil1,84%

100%






40%
MineraisDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Bradespar3,75%


100%




20%
60%
Vale0,00%

20%40%


40%
20%
40%
PetróleoDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Petrobras Dist.9,51%
20%
80%






20%
Cosan1,68%
20%
40%60%


20%

20%
Petrobras3,72%


40%40%

40%

20%20%
Ultrapar2,86%
40%60%



100%



CarnesDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
BRF0,00%

20%

20%20%



40%
Marfrig0,00%











JBS0,01%


100%







PetroquímicosDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Braskem2,86%


60%




20%
20%
ImóveisDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
BR malls6,99%

20%60%


40%

20%20%
Iguatemi1,77%

20%100%







Multiplan1,52%


20%
100%

40%

60%
ProdutosDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
B2W digital0,00%











Americanas0,37%100%
40%


20%
20%20%

RodoviasDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
CCR4,45%

20%60%20%



60%20%20%
Eco rodovias0,00%

20%20%20%




60%
EducaçãoDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Cogna2,00%

60%20%100%

100%

100%
Yduqs4,74%


100%





40%20%
EnergiaDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Cemig3,95%


60%40%





60%
Engie brasil2,96%


20%80%

80%

80%20%
Eletrobras3,49%


100%







Energias4,14%


80%






80%
Equatorial0,93%20%

100%






40%
Taesa7,90%


40%100%

100%40%
100%80%
ViagensDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
CVC0,86%


100%






80%
IncorporaçõesDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Cyrela4,98%


60%20%
20%



20%
MRV3,48%

20%40%60%20%




20%
AeronáuticoDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Embraer0,05%

80%60%
80%
20%60%

60%
Serv. MédicosDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Fleury3,95%40%
60%20%
20%40%60%


40%
Intermedica0,25%

20%








Qualicorp15,04%


100%
20%20%
20%20%20%20%
SiderurgiaDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Gerdau3,20%

40%
60%

60%

40%
Usiminas2,08%20%

60%

20%




Sid7,72%

20%
20%






MedicamentosDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Hypermarcas2,65%
20%
80%20%20%60%

20%
40%
Raiadrogasil0,59%
20%100%

100%

80%

80%
Papel e CeluloseDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Klabin3,67%
80%20%40%60%
40%60%
20%80%20%
Suzano1,20%


40%





20%
VestuárioDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Lojas Renner1,12%

100%100%
100%

80%

80%
EletrodomésticosDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Magaz Luiza0,43%20%

80%






40%
Viavarejo0,00%


60%



20%

20%
Uso PessoalDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Natura0,64%20%100%40%


40%



40%
AlimentosDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Pão açúcar1,39%

40%40%40%20%20%

40%
40%
Aluguel de carrosDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Localiza0,92%

100%40%20%80%20%
100%

80%
Transporte Ferr.DYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Rumo0,00%











SaneamentoDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Sabesp2,11%


100%







FidelizaçãoDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Smiles9,88%

40%20%20%20%




40%
TelecomunicaçãoDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
Tim3,75%20%

60%40%
20%20%

20%
Telefônica6,86%
80%40%100%40%80%20%20%80%20%20%80%
MotoresDYJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDEZ
WEG1,32%
80%100%

100%100%
100%

80%

Ações que Pagam Dividendos Mensalmente

As duas ações que pagam dividendos mensalmente são a BBDC4, do Bradesco, e a ITUB4, do Itaú. 

Quando a empresa distribui proventos mensais, a forma mais comum é através de juros sobre capital próprio (JCP).

Mas existem 3 tipos de proventos:

  • dividendos;
  • bonificação;
  • juros sobre capital próprio.

 A diferença entre eles é a cobrança de Imposto de Renda (IR).

Os dividendos não são tributados. 

O JCP sofre tributação de 15% do IR.

Outra peculiaridade da distribuição mensal é que os valores costumam ser baixos.

EmpresaCódigoSubsetor
BRADESCOBBDC4Bancário
ITAÚITUB4Bancário

Ações que Pagam Dividendos Regularmente

As ações que pagam dividendos regularmente são 16 e são relativas a companhias de diversos setores, como:

  • bancário;
  • consumo;
  • financeiro;
  • industrial;
  • saúde; 
  • siderurgia e metalúrgica;
  • utilidades. 

Empresas que pagam dividendos regularmente são consideradas mais estáveis e de boa gestão, já que os dividendos são gerados a partir do registro de lucro líquido.

Seus papéis são considerados menos voláteis na bolsa de valores.

EmpresaCódigoSetor
ALPARGATASALPA4Consumo
BANCO DO BRASILBBAS3Bancário
BRADESCOBBDC4Bancário
BANRISULBRSR6Bancário
B3B3SA3Financeiro
FLEURYFLRY3Saúde
GERDAUGGBR4Siderurgia e Metalurgia
ITAÚSAITSA4Financeiro
ITAÚITUB4Bancário
LOJAS RENNERLREN3Consumo
MAGAZINE LUIZAMGLU3Consumo
LOCALIZARENT3Consumo
SANTANDERSANB11Bancário
SMILESSMLS3Consumo
TAESATAEE11Utilidade pública
WEGWEGE3Industrial

Maiores Pagadoras de Dividendos

As 25 ações que mais pagaram dividendos em 2018 distribuíram um percentual do seu lucro líquido entre 18% e 6,4%. 

Ações que mais pagaram dividendos em 2018
NomeCódigoSetorDividendo Pago *
TRAN PAULIST PNTRPL4Energia Elétrica18,17%
CIELO ONCIEL3Serviços Financeiros Diversos15,95%
TAESA UNTTAEE11Energia Elétrica11,81%
BBSEGURIDADE ONBBSE3Seguradoras11,23%
ENGIE BRASIL ONEGIE3Energia Elétrica10,51%
BANRISUL PNBBRSR6Bancos9,96%
TELEF BRASIL ONVIVT3Telecomunicações9,07%
TELEF BRASIL PNVIVT4Telecomunicações8,91%
SMILES ONSMLS3Programas de Fidelização8,88%
INDS ROMI ONROMI3Máq. e Equip. Industriais8,81%
ENERGIAS BR ONENBR3Energia Elétrica8,20%
DIRECIONAL ONDIRR3Incorporações8,16%
AES TIETE E UNTTIET11Energia Elétrica7,78%
PORTO SEGURO ONPSSA3Seguradoras7,74%
WIZ S.A. ONWIZS3Corretoras de Seguros7,30%
CYRELA REALT ONCYRE3Incorporações7,24%
METAL LEVE ONLEVE3Automóveis e Motocicletas7,14%
ELETROBRAS PNBELET6Energia Elétrica7,04%
ESTACIO PART ONESTC3Serviços Educacionais6,98%
MRV ONMRVE3Incorporações6,97%
DURATEX ONDTEX3Madeira6,70%
COPASA ONCSMG3Água e Saneamento6,54%
KLABIN S/A UNTKLBN11Papel e Celulose6,52%
ABC BRASIL PNABCB4Bancos6,39%
TRAN PAULIST PNTRPL4Energia Elétrica18,17%

Fonte: GuiaInvest

→ Você Conhece as Ações que Pagam Dividendos mensais? Clique Aqui e Baixe Grátis o Calendário de Dividendos.

* Ações com volume médio negociado da ação nos últimos 21 pregões maior que R$ 1 milhão.

Para 2019, investir em ações pagadoras de dividendos é uma excelente alternativa frente à queda da taxa básica de juros, a SELIC.

Isso porque, consequentemente, haverá diminuição da remuneração das opções de renda fixa. 

Empresas que pagam dividendos regularmente são mais estáveis e consolidadas.

E, normalmente, são os papéis mais negociados na bolsa de valores, ou seja, mais líquidos e fáceis de vender e fazer dinheiro. 

Onde Consultar os Dividendos

Há diversos caminhos para consultar sobre o pagamento de dividendos.

De fato, as agendas divulgadas são apenas previsões.

O pagamento de dividendos pode ser decidido pela companhia de um dia para o outro, a partir da realização de uma Assembleia Geral Ordinária. 

Eventos Corporativos

Na sessão de Empresas listadas na B3, há informações referentes a todos os eventos corporativos.

A busca se dá pelo nome, atuação, segmento ou ano de listagem.

Listagem do pagamento de proventos
Pagamento de proventos

Vantagens dos Dividendos

A principal vantagem de investir em empresas boas pagadoras de dividendos é que você ganha em dobro com o investimento.

Recebe um valor periodicamente, decorrente da distribuição de dividendos.

E ganha com valorização da ação da empresa na bolsa, visto que boas pagadoras de dividendos são empresas mais consolidadas, que apresentam boa gestão e saúde financeira. 

E ainda tem opção de reinvestir o dinheiro recebido via dividendo e aumentar seu patrimônio investido. 

Outra vantagem do dividendo é a isenção do Imposto de Renda. 

Desvantagens dos Dividendos

Boa parte das companhias que pagam bons dividendos está em estágio mais consolidado.

Isso significa que podem não apresentar um crescimento maior no longo prazo.

Assim, você pode deixar de ganhar com uma valorização maior das ações em bolsa. 

Riscos de Investir em Dividendos

O principal risco de investir em ações olhando somente o percentual ou a regularidade do dividendo pago é não analisar a empresa em si.

Com isso, você vai optar pela ação de uma companhia pouco confiável ou com um modelo de negócio pouco atrativo ou menos promissor. 

Lançar mão da análise fundamentalista ajuda a reduzir o risco. 

Taxas para Investir em Dividendos

As taxas para investir em dividendos são as mesmas da compra e venda de qualquer ação na bolsa de valores.

Taxa de Corretagem

É a taxa cobrada pela corretora de valores para intermediar a compra e a venda da ação.

É por meio desta taxa que a corretora remunera seus serviços. 

Imposto sobre Serviços (ISS)

É o imposto municipal sobre serviços da corretora.

Varia de 2% a 5% do valor do serviço. 

Há corretoras que não repassam a cobrança aos seus clientes. 

Taxa de Custódia

É cobrada pela B3 para fazer a guarda das suas ações. 

A taxa é variável e é um percentual cobrado com base no volume operado. 

Emolumentos

São cobrados pela bolsa de valores e têm relação com o registro das ordens de compra e venda. 

A cobrança é um percentual fixo sobre o valor total negociado. 

Imposto de Renda

Os dividendos não são tarifados com a cobrança de Imposto de Renda.

Como Declarar Dividendos no Imposto de Renda

O recebimento de dividendos não é tributado. Por isso, não é cobrado Imposto de Renda sobre ele. 

Porém, a Declaração Anual do Imposto de Renda é obrigatória. 

Bens e Direitos

Na seção de Bens e Direitos, é preciso informar as ações que comprou no período declarado. 

O código para ações é 31.

Coloque o CNPJ da empresa do qual comprou a ação e, na seção “Discriminação”, escreva a quantidade e o valor que pagou por elas.

Em relação ao valor declarado, o melhor é somar o custo com todas as compras e dividir pelo total de ações que comprou. 

Tela de bens e direitos da declaração do IR
Declaração Imposto de Renda

Rendimentos Isentos e Não Tributáveis

Os dividendos recebidos são declarados na Aba Rendimentos Isentos e Não Tributáveis. 

As informações que devem constar são o CNPJ para empresa, a razão social e o valor recebido. 

Rendimentos isentos e não tributáveis no Imposto de Renda
Declaração Rendimentos isentos e não tributáveis

Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva

Se o recebimento do provento foi via pagamento de juros sobre capital próprio (JCP), e não dividendos, a declaração será na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”.

Sobre o valor recebido, incide uma tributação de 15%.

As informações informadas serão as mesmas: CNPJ, razão social e valor. 

Tela da declaração de Rendimentos no Imposto de Renda
Declaração Rendimentos Imposto de Renda

Para não ter erro na declaração dos seus investimentos, consulte o artigo Como Declarar Imposto de Renda Sobre Investimentos Sem Erro.

Quando Investir em Dividendos é Melhor?

Investir em ações pagadoras de dividendos significa:

  • Mais previsibilidade nos ganhos com a ação;
  • Ter uma fonte a mais de receita com o investimento na renda variável;
  • Ser acionista de companhias consolidadas, estáveis e com boa saúde financeira.

Essas características ficam visíveis em relação a outras alternativas de investimentos no mercado de renda variável e renda fixa.

Dividendos ou FII

Os dividendos e os Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs) têm em comum a isenção do IR. 

Só que as ações que pagam bons dividendos têm um potencial de valorização maior do que os FIIs. 

Dividendos ou Renda Fixa

Com a taxa básica de juros mais baixa, o retorno com dividendos é igual ou maior do que a renda fixa.

A renda fixa deve ser usada para formar reservas e não deixar o valor do dinheiro perder para a inflação. 

Mas não serve para aumentar o seu patrimônio, o que é conquistado com o investimento em ações boas pagadoras de dividendos. 

Dividendos ou Ações

Os dividendos são uma das formas de ganhar dinheiro investindo em ações, além da valorização do papel, com a compra e a venda.

Há ações que não pagam dividendos, por não apresentarem lucro líquido em um período ou por decisões estratégicas da empresa. 

Por lei, as companhias precisam distribuir parte do lucro. 

Mas é permitido a elas optarem por não fazer isso em determinado período, por exemplo, para usá-lo em um investimento. 

Dividendos ou Trading

Investir em ações que pagam dividendos é para objetivos de longo prazo, acúmulo de patrimônio ou para viver de renda.

O trading é uma das formas de aplicar no mercado de renda variável, mas envolve muito risco e operações em curtíssimo prazo. 

Ações de Dividendos ou de Crescimento

A ideia é combinar os dois investimentos para acumular patrimônio.

As ações de crescimento têm um grande potencial de valorização de longo prazo. 

As ações de dividendos estão mais consolidadas, e ajudam você a viver de renda e a acumular patrimônio.

São duas formas de ganhar no mercado de renda variável

Dividendos ou Tesouro Direto

O Tesouro Direto é indicado como parte de uma carteira de Renda Fixa.

Os dividendos são indicados para compor uma carteira de Renda Variável

O Tesouro Direto é muito usado para formar uma reserva de emergência para propósitos específicos.

Os dividendos, para investimentos de mais longo prazo. 

Dividendos ou Poupança

Em função da baixa rentabilidade e do dinheiro render em 30 dias, somente após a poupança fazer aniversário, é indicada para guardar dinheiro a ser usado em poucos dias.

Nesse sentido, a poupança tem a vantagem de não ter taxas. 

No entanto, há ações que pagam dividendos mensais. 

É interessante combinar uma carteira com diversas ações para receber dividendos de forma periódica.

Como selecionar as Ações com Dividendos

A seleção de ações com dividendos segue 11 critérios.

A lista avalia indicadores relevantes para a análise de uma ação pagadora de dividendos.

O checklist abaixo é do GuiaInvest e é baseado no método de avaliação de Benjamin Graham, mentor de Warren Buffett, considerado o maior investidor de todos os tempos. 

Passo 1: Valor de Mercado maior do que R$ 500 milhões

Companhias com grande valor de mercado têm uma capacidade maior de superação diante de adversidades.

Por outro lado, empresas com pequeno valor de mercado são mais suscetíveis a dificuldades por questões financeiras, econômicas, políticas e sociais.

Passo 2: Possui Nível de Governança Corporativa?

Investidores pagam mais por ações de companhias que adotam boas práticas de governança corporativa e de respeito a seus acionistas. 

Essa postura das empresas aumenta a transparência e qualidade das informações divulgadas.

Passo 3: Liquidez Corrente é maior do que 1,5x?

Esse indicador aponta a capacidade da empresa em financiar seu capital de giro.

É calculado dividindo o ativo circulante pelo passivo circulante.

E indica quanto a companhia tem a receber no curto prazo em relação a cada unidade monetária que deve em um determinado período.

Passo 4: Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE) é maior que 20%?

Este indicador mostra o quanto a empresa está rentabilizando seu capital próprio.

É medido pela relação entre o lucro líquido dos últimos 12 meses e seu patrimônio líquido. 

Passo 5: Dívida Bruta/Patrimônio Líquido é menor que 50%?

Quanto maior for a relação entre a dívida bruta da empresa e seu patrimônio líquido, maior é o risco.

Esta relação leva em conta a soma de empréstimos, financiamentos e debêntures de curto e longo prazo dividida pelo patrimônio líquido. 

Passo 7: Possui Crescimento dos Lucros acima de 5% ao ano (últimos 5 anos)?

A capacidade de gerar crescimento ao longo do tempo demonstra que a administração e a estratégia da empresa estão no caminho certo.

Passo 8: Possui Lucros Constantes nos últimos 5 anos?

Estabilidade na geração de lucros demonstra que a gestão da empresa está empenhada na evolução do negócio.

Passo 9: Distribuiu Dividendos nos últimos 5 anos?

O pagamento ininterrupto de dividendos comprova que o interesse dos acionistas é respeitado conforme a legislação.

As empresas que pagam dividendos regularmente são as mais procuradas pelos investidores.

Passo 10: Preço/Valor Patrimonial (P/VPA) é menor que 2x?

Quanto mais baixo este índice, mais barata está a companhia.

A relação P/VPA compara o valor de mercado com o valor contábil.

Passo 11: Preço/Lucro (P/L) é menor que 15x?

O índice indica quantos anos um investidor levaria para recuperar o capital investido na empresa através do recebimento de dividendos. 

Em tese, quanto menor esta relação, mais barata está a ação da companhia.

O P/L é obtido dividindo o valor de mercado da empresa pelo lucro dos últimos 12 meses.

Passo 12: Volume Médio Diário (21d) é maior que R$ 1 milhão?

Medir o volume médio negociado nos últimos 21 pregões permite comparar a liquidez entre papéis.

Quando maior o volume, maior a liquidez da ação.

Indica que uma ação é mais negociada do que outra com volume médio inferior.

Quanto maior a liquidez, melhor para o investidor.

Importante

Quanto mais critérios forem atendidos, mais atraente tende a ser a empresa analisada. Vale ressaltar que rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura.

No vídeo abaixo do GuiaInvest, o passo-a-passo descrito acima, aplicando o checklist na empresa Grendene (GRND3):

O que é Carteira de Dividendos e como criar a sua

Uma carteira de dividendos é formada por ações com boas chances de pagar dividendos regularmente.

Ter uma carteira de dividendos é a melhor forma de ganhar e elevar seu patrimônio com papéis de empresas que pagam dividendos.

Para isso, é essencial escolher ações com alto dividend yield, que não estejam caras e que tenham uma boa gestão e saúde financeira.

Siga o passo-a-passo abaixo para criar sua carteira de dividendos: 

Passo 1: Abrir conta em uma corretora de valores

Ter uma conta em corretora de valores independente.

Passo 2: Escolher as ações pagadoras de dividendos

Montar uma carteira diversificada: com 10 a 15 ações de diferentes setores da economia.

Passo 3: Enviar o dinheiro para investir

Fazer uma transferência bancária com o valor a investir.

Passo 4: Fazer as compras das ações

Aplicar o dinheiro. 

Passo 5: Acompanhar os investimentos

Acompanhar seus investimentos (e a rentabilidade), resgatando ou reinvestindo os dividendos.

Para fazer resgates de emergência, é preciso solicitar que o dividendo recebido seja transferido da conta para sua corretora e, depois, para a sua conta bancária.

Isso é feito acessando a plataforma online da corretora de valores.

Passo 6: Fazer novos aportes

Investir com frequência e fazer novas compras de ações para sua carteira proporciona que o capital investido aumente e, consequentemente, aumento o retorno. 

Como Reinvestir os Dividendos

Reinvestir os dividendos recebidos comprando mais ações é uma forma muito poderosa de se beneficiar dos juros compostos e aumentar seus lucros.


Mas qual será o efeito da prática de reinvestir os dividendos?

Por exemplo: dois investidores fizeram apenas uma aplicação de R$ 500, porém o investidor A gastou os dividendos recebidos e o investidor B reinvestiu tudo.

Confira abaixo a rentabilidade final de cada investidor com a compra da ação Comgás, empresa boa pagadora de dividendos:


Investidor AInvestidor BDiferença
Rentabilidade12,87%21,79%8,92%
Patrimônio AcumuladoR$ 3.200R$ 11.000R$ 7.800

Período: Janeiro / 2002 – Junho / 2017

O investidor que reinvestiu os dividendos teve uma rentabilidade 8,92% superior a do investidor que não reinvestiu.

Gráfico da rentabilidade ao reinvestir os dividendos
Rentabilidade reinvestindo os dividendos

Uma das coisas mais incríveis no reinvestimento de dividendos é que você não precisa mais colocar um centavo do seu bolso.


Você simplesmente recebe os frutos dos investimentos (dividendos) e compra mais ações. 

Esta é uma poderosa estratégia de aumento de capital investido e de patrimônio.

Planos de Reinvestimento de Dividendos

Os Planos de Reinvestimento de Dividendos (PRD) são uma forma organizada que as empresas criaram para seus acionistas reinvestirem os dividendos recebidos. 

É possível viver de dividendos

Sim, desde que a renda gerada de dividendos seja maior do que o seu custo de vida. 

Renda Anual Dividendos = Despesa Anual / Patrimônio Líquido

Se o seu patrimônio for de R$ 3 milhões e sua despesa anual de R$ 200 mil, precisará de uma rentabilidade de 6,67% ao ano com dividendos.

Renda = 200.000 / 3.000.000 = 6,67%

Margem de Segurança

Quanto maior a margem de segurança, mais fácil manter o seu padrão de vida com a renda de dividendos.

Você precisará de uma rentabilidade anual menor para cobrir suas despesas.

A margem de segurança é a divisão do seu patrimônio pelas suas despesas no ano.

Margem Segurança = Patrimônio Líquido / Despesa Anual

Por exemplo: se seu patrimônio for de R$ 3 milhões e sua despesa anual de R$ 200 mil, a margem de segurança é de 15 vezes.

Margem de Segurança = 3.000.000 / 200.000 = 15x

Uma margem de segurança de 15 vezes as despesas anuais é um bom valor de patrimônio, pois precisará gerar 6,66% de renda anual, o que é possível com dividendos.

Com uma margem de 10 dez vezes a despesa anual, precisará de 10% de dividendos para gerar a mesma renda, aumentando o risco de não manter o padrão de vida.

Obter uma margem de segurança maior leva mais tempo, e não é preciso ter uma margem tão alta assim para começar a viver de renda. 

Para determinar o tempo necessário para atingir a margem de segurança, é necessário determinar a taxa de poupança e a rentabilidade dos investimentos:

  • Taxa de poupança
  • Rentabilidade

Taxa de Poupança

A taxa de poupança, ou capacidade de economizar, é a parcela da renda mensal que você economiza.

Taxa de Poupança = Valor poupado / Salário x 100

Se a sua taxa de poupança for de 15% e tiver um salário de R$ 5 mil, poupará R$ 750 por mês.

Taxa de Poupança = 750 / 5.000 x 100 = 15%

Quanto maior for a sua taxa de poupança, mais rapidamente você atingirá a liberdade financeira.

“Se você não encontrar um caminho para ganhar dinheiro enquanto dorme, trabalhará até morrer. – Warren Buffett”

Rentabilidade

Uma rentabilidade maior faz o patrimônio crescer mais rapidamente e atingir a margem de segurança que deseja em menor tempo.

Margem de segurança, taxa de poupança e rentabilidade são valores relativos, e não absolutos. 

Tempo para viver de renda

O tempo para atingir a liberdade financeira depende apenas da relação entre despesas e receitas, independente de quanto você ganha.

Veja a simulação do tempo necessário para atingir a liberdade financeira, considerando uma margem de segurança de 15 vezes.

 Tabela juro real x Taxa de poupança
Tabela juro real x Taxa de poupança

Na linha está o juro real, já descontada a inflação, e na coluna a taxa de poupança.

Dentro do retângulo estão os valores razoáveis a esperar para atingir a independência financeira, de 9 a 30 anos, com uma média de 17 anos. 

Agora, analisarei essa tabela para entender por quê considerei apenas os valores dentro do retângulo como prazo aceitável para atingir a liberdade financeira:

  1. Todos os valores com juro real acima de 11% foram excluídos, pois considerei difícil obter um juro real no longo prazo a partir de 12%.
  2. Taxas de poupança acima de 55% foram excluídos, porque altas taxas prejudicam o padrão de vida de qualquer pessoa, mas, se estiver confortável poupando 70%, atingirá a liberdade financeira rapidamente.
  3. Já os valores com um juro real abaixo de 9% foram excluídos, pois acredito que é uma rentabilidade muito baixa a se esperar de investimento em ações no longo prazo. 

Veja que é possível alcançar a liberdade financeira apenas investindo em renda fixa, porém levará mais tempo. 

Observe o gráfico da taxa de juros da Renda Fixa no Brasil de 1995 a 2019:

Gráfico do histórico da Taxa Selic
Histórico Taxa Selic

Perceba como a taxa de juros vem caindo ao longo dos últimos anos…

A média dos últimos 10 anos foi de 5% no Brasil. E a tendência é de que o valor diminua ainda mais.

Se usar na tabela acima um juro real 3% e uma taxa de poupança de 10%, o prazo para atingir a liberdade financeira será de 55 anos.

tabela Juro Real x Taxa de poupança
Juro Real x Taxa de poupança

Se aumentar a taxa de poupança para 40%, esse tempo será reduzido para 15 anos.

Juro Real x Taxa de poupança
Juro Real x Taxa de poupança

A boa notícia é que aumentar a taxa de poupança é melhor do que aumentar a rentabilidade, para atingir a liberdade financeira mais rapidamente. 

Na prática, se tem menos controle sobre a rentabilidade dos investimentos do que sobre as finanças pessoais.

Assim, ajuste o seu orçamento para alcançar uma taxa de poupança maior.

É possível alcançar a liberdade financeira com um tempo médio de 17 anos, sendo que o ideal é uma margem de segurança mínima de 15 vezes.

Dúvidas sobre Dividendos

Pesquisei as principais dúvidas relacionadas aos dividendos e respondo abaixo.

O que é Dividend Yield?

O Dividend Yield é um indicador da rentabilidade de dividendos.

É mostrado em percentuais (%).

É calculado dividindo-se o valor em dividendos recebido anualmente de uma ação pelo seu preço, e multiplicado por 100. 

Dividendos: quem tem direito?

Pessoas que compraram ações de uma empresa. 

Quando pagam os dividendos?

As datas são definidas pela empresa a partir da realização de uma Assembleia Geral Ordinária. 

A maioria das empresas paga anual ou trimestralmente e algumas poucas, como o Itaú, todo mês.

Dividendos: quem paga mais?

Empresas consolidadas, sem grandes perspectivas de crescimento, são as que mais distribuem dividendos, principalmente dos setores de saneamento, energia, gás e celulose.

Onde consultar dividendos?

Na sessão de Empresas listadas na B3, é possível acompanhar as agendas de divulgação das companhias abertas, com o calendário de pagamento de dividendos.

Onde recebo os dividendos?

Na conta da sua corretora de valores. 

Você solicita a transferência para a sua conta bancária ou o faz na plataforma online da sua corretora.

Dividendos são isentos de IR? São tributáveis?

Os dividendos são isentos de Imposto de Renda. 

Eles não são tributáveis. 

Ex-dividendos: como funciona?

É a data que define quais acionistas receberão os dividendos anunciados pela empresa. 

Dividendos Valem a Pena?

Sim!

Ações boas pagadoras de dividendos são a melhor forma de acumular mais patrimônio, sem precisar investir nada a mais. 

Priorizando os dividendos, você garante ganhos periódicos no mercado de renda variável que vão além da valorização das ações. 

Montando uma carteira de ações focada em dividendos, se consegue viver de renda e ainda continuar rentabilizando seus investimentos. 

E você, já investe em ações boas pagadoras de dividendos? 

Sabe que a melhor forma de viver de renda é fazendo uma carteira de dividendos diversificada? 

Conte para mim em quais ações você investe aqui nos comentários.

Se ainda não investe, me diga o que falta para começar, quem sabe eu possa ajudar?

→ Você Conhece as Ações que Pagam Dividendos mensais? Clique Aqui e Baixe Grátis o Calendário de Dividendos.

Infográfico – Como Investir em Dividendos

Infográfico: Como Investir em Dividendos


Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais