Reinvestir Dividendos Fará Você Ficar Rico
|

Reinvestir Dividendos Fará Você Ficar Rico

Veja o impacto do reinvestimento de dividendos para alcançar a liberdade financeira.

Por
Atualizado em 16/02/2021

Reinvestir dividendos é uma potente forma de turbinar sua rentabilidade e aumentar o patrimônio de forma exponencial no longo prazo.

Investir em ações pagadoras de dividendos pode te gerar um dinheiro extra resultante da distribuição dos lucros.

Porém, é comum surgir a dúvida do que fazer com os dividendos: sacar e gastar ou reinvestir?

Se você tem a possibilidade de ficar um prazo maior com seus investimentos, o conselho da maioria dos grandes investidores de sucesso é o reinvestimento dos dividendos.

Ou seja, usá-lo para comprar mais ações que pagam dividendos e alavancar seus ganhos.

A cada vez que reinveste os proventos terá mais ações e, quanto mais ações, mais dividendos receberá.

Além de ganhar com a valorização das ações, terá esse efeito cumulativo que pode se traduzir em ganhos expressivos no longo prazo.

Porém, esse poder dos juros compostos é frequentemente menosprezado pelas pessoas em geral, uma vez que no curto prazo ele pode parecer imperceptível.

Por isso, não é de se surpreender que muitos investidores iniciantes pensem que investir em dividendo não faz sentido.

Não cometa esse erro.

Reinvestir dividendos fará você ficar rico, encurtando seu caminho para a independência financeira.

O que é o reinvestimento de dividendos?

Reinvestir os dividendos significa usar o provento pago em dinheiro por uma empresa ou fundo imobiliário para comprar mais ações boas pagadoras de dividendos.

Quanto mais ações tiver, mais dividendos receberá, pois eles são distribuídos proporcionalmente à quantidade de ações que cada sócio possui.

Qualquer investidor pode usar essa estratégia para potencializar os ganhos.

Muitas empresas que pagam dividendos oferecem aos investidores a oportunidade de participar de um plano de reinvestimento de dividendos, também conhecido como PRD.

Esse planejamento permite que os investidores reinvistam os dividendos automaticamente para a compra de novas ações.

Mesmo se a empresa não fornecer um plano automático de reinvestimento de dividendos, o investidor pode reinvestir manualmente seus pagamentos.

Para isso, basta usar o dinheiro dos dividendos depositado na sua conta da corretora para emitir uma nova ordem de compra.

Planos de Reinvestimento dos Dividendos (PRD)

O plano de reinvestimento dos dividendos é uma operação definida por cada empresa que permite aos investidores reinvestir seus dividendos automaticamente.

Essa é uma prática ainda pouco utilizada pelos investidores brasileiros. Nos EUA ela já é bastante disseminada e recomendada por analistas.

Caso o investidor entenda que existe potencial de capitalização da empresa em questão, essa pode ser uma boa oportunidade.

Os PRDs também representam um bom modo de poupar dinheiro, já que esse reinvestimento costuma ser feito sem descontos ou cobranças de comissões.

Banner will be placed here

O poder de reinvestir os dividendos

Reinvestir dividendos é fundamental para potencializar os ganhos e aumentar seu patrimônio líquido mais rapidamente. Dessa forma, você tem a chance de alcançar seus objetivos financeiros antes.

Sempre que você recebe e reinveste os dividendos comprando mais ações, sua posição aumenta e mais dividendos receberá.

É a lógica dos juros compostos que também se faz presente no investimento em ações ou fundos imobiliários.

Essa é uma ferramenta extremamente poderosa para acumular patrimônio, pois esses juros serão sempre acrescidos no montante total acumulado com os juros passados.

Resultando em uma multiplicação geométrica do valor de dividendos a receber. É uma bola de neve benéfica.

O reinvestimento de dividendos é fundamental durante a fase de acumulação de patrimônio.

Fazendo isso de forma regular, chegará um momento onde o fluxo de dividendos será tão bom que vai realimentar o seu aporte mensal.

Depois disso, você poderá viver de renda, apenas embolsando os valores, sem que precise reinvestir.

Veja como o simples fato de reinvestir os dividendos pode aumentar seus retornos no longo prazo:

Quem investiu R$ 100 em ações da Ambev (ABEV3) em 1994, mas gastou os dividendos que recebeu ao longo do tempo, teria, ao final de 2017, R$ 11 mil.

Porém, quem reinvestiu os dividendos nas ações da própria empresa teria R$ 25 mil.

A mesma coisa teria acontecido com as ações de Itaú (ITUB4) no período.

Os mesmos R$ 100 investidos em 1994 gerariam R$ 7 mil ao final de 2017. Caso os dividendos fossem reinvestidos, o resultado seria R$ 17 mil, uma diferença de 142%.

Veja no gráfico abaixo a diferença do reinvestimento de dividendos da carteira que segue o índice S&P 500.

Em azul está a rentabilidade ao longo dos anos sem o reinvestimento dos dividendos e em laranja com os dividendos reinvestidos. 

Vale mais a pena reinvestir ou resgatar os dividendos?

Como tudo que envolve o mundo dos investimentos, reinvestir ou resgatar os dividendos depende muito do seu perfil e objetivo. 

Faça aqui o teste de perfil de investidor.

Primeiro você deve se questionar em qual momento da acumulação de patrimônio você está e o que pretende:

Aumentar cada vez mais o patrimônio a longo prazo ou ter o dinheiro na mão e usar como quiser?

Em geral, para aqueles que investem no longo prazo com o objetivo de viver de renda e garantir uma aposentadoria tranquila, reinvestir os dividendos é a melhor opção.

Dessa forma, é possível aumentar seu patrimônio líquido mais rapidamente e alcançar seus objetivos financeiros com antecedência.

Resgastar o dinheiro dos dividendos é uma opção válida somente se você já estiver em idade de aposentadoria, se já atingiu sua independência financeira ou possui uma parcela relevante de ações de determinada empresa.

Os dividendos são uma divisão dos lucros de modo proporcional ao número de ações que cada acionista possui.

Caso possua poucas ações, essa parcela pode ser muito baixa, e resgatar pode não fazer tanta diferença nesse caso.

Nesse caso, o mais indicado é reinvestir os dividendos até que tenha um bom volume de recursos em ações que gere uma renda extra relevante.

A construção de patrimônio sólido demanda tempo e paciência, mas se feito de forma regular, gera resultado, possibilitando viver de renda com o investimento em ações.

Para saber como se tornar um investidor de sucesso, baixe grátis o livro digital “Como Investir Começando do Zero” e inicie sua jornada rumo à independência financeira.

Segredo da Riqueza
Dicas sobre Liberdade Financeira

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE