Se você ainda não passou pela experiência de comprar um imóvel próprio, provavelmente deve ter ouvido de alguém próximo as muitas variáveis que precisam ser pensadas antes de se bater o martelo de uma compra.

É natural que alguns prefiram adquirir um imóvel já pronto para morar, sem ter nenhuma preocupação quanto às reformas futuras, enquanto outro pode preferir comprar um imóvel ainda na planta

No segundo caso, o capital exigido para essa aquisição tende a ser menor de início e é ideal para quem não tem nenhuma urgência em se mudar. 

Por fim, ainda há quem prefira comprar um imóvel mais barato de imediato, mas que necessita de muitas reformas também relativamente imediatas. 

No caso dos imóveis antigos, há um histórico de inquilinos antigos, há a depreciação do imóvel, alguma defasagem de infraestrutura e outras variáveis que trazem uma necessidade maior de cuidados

Tudo depende do gosto das pessoas que estão planejando morar no imóvel.

E se eu te disser que com Fundos Imobiliários (FIIs) também há casos para todos os objetivos e para todos os gostos? 

Quais os Melhores FIIs para 2022? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

O grande desafio é que pode não ser tão óbvio traçar esse perfil dos ativos

Por isso, quero trazer algumas informações que podem te ajudar na análise de um fundo imobiliário

Mais importante do que sabermos qual o momento e contexto de um determinado fundo imobiliário, é entendermos os riscos dos empreendimentos contidos no FII e o potencial de retorno.

Ou seja, a relação entre risco e retorno

Ou seja, na prática tudo deve ocorrer da mesma forma como acontece ao comprar um imóvel.

Para comprar um imóvel, você não decidiu se quer comprar um já pronto para morar, para reformar ou ainda na planta? 

Com fundos imobiliários, tem que se ter a mesma ideia. Saber o que se quer ou o que não se quer já é metade do caminho de um investidor de sucesso.

Quando olhamos o cenário dos fundos de tijolos, cada segmento possui a sua particularidade e seu ciclo imobiliário próprio. 

No entanto, é fácil identificar aqueles fundos que ainda estão construindo seu próprio portfólio.

A concentração de aluguéis vindo de poucos inquilinos é maior, assim como o risco de perder a renda.

Este é o tipo de fundo que deixo de fora do meu radar ao escolher como recomendação aos assinantes do Aluguel Inteligente

É muito risco para um potencial de retorno apenas razoável.

Um outro perfil é um fundo que está reciclando seu portfólio de imóveis

Os rendimentos mensais apresentam valores elevados justamente por conta dessas vendas pontuais de imóveis

Os pagamentos recentes não refletem a realidade do fundo e isso pode ludibriar o investidor que apenas olha para o dividendo passado sem verificar se há sustentabilidade nele.

Avaliar o que é recorrente e não recorrente nos rendimentos pagos mensalmente é primordial. 

Gestoras com experiência no ramo conseguem se aproveitar de um ciclo imobiliário para trazer ainda mais valor para os atuais cotistas, comprando imóveis baratos na crise e vendendo no boom imobiliário.

Inclusive, esse perfil de fundo está dentro de algumas das nossas recomendações no Canal Aluguel Inteligente.

Vale aqui mencionar os fundos que buscam aumentar seu patrimônio por meio de alavancagem financeira

Quais os Melhores FIIs para 2022? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

Esses empreendimentos acabam entrando em um tipo de operação que requer uma análise mais detalhada

Analisar os prazos e taxas utilizados para se financiar são essenciais para compreender o risco assumido pela gestora. 

Basicamente, os fundos que possuem operações de contratos longos de aluguel com um inquilino, buscam receber esse valor futuro de uma só vez para comprar um novo imóvel, por exemplo. 

Com o aluguel do novo inquilino, o fundo paga a prestação da dívida, aumenta os rendimentos do FII e adiciona mais um ativo para o seu portfólio. 

Com uma gestão competente, dá para fazer dinheiro com esse giro.

Temos FIIs alavancados figurando nas recomendações do Canal Aluguel Inteligente, mas são a pimentinha do nosso portfólio. 

A gestora do FII em questão já se provou ao teste do tempo, possui experiência com esse tipo de operação e nos traz mais confiança ao participar desse tipo de investimento.

Quero que você se sinta confiante em fazer parte também seguindo as nossas recomendações.