A mineração de criptomoedas é um tema que tem atraído cada vez mais investidores que buscam entender como funciona o mercado de criptomoedas.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

No sistema blockchain, os mineradores são responsáveis por gerar os novos blocos, adicionando-os ao final da cadeia.

Como o protocolo estabelece um novo bloco de Bitcoin (BTC), eles devem executar esse processo aproximadamente a cada 10 minutos.

Cada bloco minado contém um registro detalhado das diferentes transações realizadas em cada período.

E que, quando adicionados ao final do blockchain, eles atualizam seu registro.

Para criar um novo bloco, os mineradores devem passar por um processo para resolver um problema de matemática.

Ao encontrar uma solução válida para a rede, um novo bloco pode ser um dado adquirido que será adicionado à blockchain por consenso.

É a partir da validação desse dado que a pessoa que encontrou a solução, receberá uma recompensa pelo novo bloco.

Essa recompensa é conhecida como "bloquear recompensa".

A cada 10 minutos, um novo bloco é gerado de Bitcoin.

Então, toda vez que um bloco é encontrado, significa o início da mineração para outro, se esses estiverem matematicamente relacionados ou encadeados.

Etapas para Criar Bloco de Mineração de Criptomoedas

Para você entender melhor,  vamos ver em mais detalhes como esse processo é feito por etapas:

  • Transação;
  • Compilação;
  • Treinamento;
  • Prova de Trabalho (PoW);
  • Transmissão;
  • Verificação;
  • Confirmação.

Depois que o novo bloco for adicionado ao blockchain, todos os outros adicionados a ele contarão como confirmação.

Nesse ponto, você pode pensar que, desde que cada minerador inicia o processo com seu “próprio bloco”, eles podem continuar a mineração.

Mas não é bem assim que funciona.

Depois que um bloco é gerado, todos os “nós de uma mineração” devem iniciar o processo, formando um novo bloco de transação.

Eles não podem continuar minerando o bloco anterior porque cada bloco deve adicionar o hash de saída (algoritmo que garante integridade) do bloco anterior.

É por isso que conhecemos essa tecnologia como blockchain. Portanto, quando o minerador obtém um hash válido, vários novos blocos podem ter sido extraídos.

Portanto, o hash de fechamento do seu bloco extraído não corresponderá ao código de nenhum outro bloco adicionado na cadeia. O sistema irá rejeitar a tentativa.

Além disso, é muito provável que todas ou a maioria das transações incluídas nesse bloco já tenham sido adicionadas a outras.

Mesmo se você conseguir explorar o bloco de criptomoeda, a maioria das transações incluídas não poderá ser validada ou confirmada.

Embora existam maneiras de alterar o processo de mineração da rede Bitcoin, muitos desses truques são impraticáveis, graças ao consenso da rede e à maneira como ela funciona.

Processo de Mineração de Bitcoin

Sendo o Bitcoin uma rede distribuída, é extremamente resistente a ataques de hackers. Daí a sua força e a segurança do processo de mineração da criptomoeda.

O processo de mineração de Bitcoin geralmente demanda muita dedicação para transformar qualquer usuário em um milionário.

Mas, em certos casos, alguém pode dar sorte e descobrir um bloco inteiro inédito de criptomoedas — como ocorreu com um minerador recentemente.

O mais curioso da situação é que o minerador em questão contava com uma máquina com baixa taxa de hash comparado a outras presentes na blockchain.

Taxa de Hash

Taxa de hash é a medida usada para identificar quantos problemas da blockchain um computador consegue resolver em 1 segundo com seu poder computacional.

Para melhor entendimento, a maioria dos mineradores de Bitcoin na atualidade utilizam máquinas com taxas de hash entre 1 e 5 EH/s;

Esses números são quase 10 mil vezes os 126 TH/s de capacidade do usuário sortudo.

Como resultado da descoberta do novo bloco, o minerador recebeu 6,25 BTC de recompensa, mais 0,1 BTC pelas transações confirmadas durante sua mineração.

No total, o valor foi de aproximadamente R$ 1,5 milhão, na conversão atual.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022.

Como Descobrir Novos Blocos?

Descobrir novos blocos de mineração vai ficando mais complicado com o passar do tempo.

Pessoas que se empolgarem com o ocorrido com esse minerador tem que ter ciência das chances da descoberta de um bloco desses.

Segundo o especialista Con Kolivas, estima-se que são descobertos diariamente  10 mil blocos por dia com uma taxa de hash próxima de 126 TH/s.

Essa probabilidade se dá pela dificuldade em encontrar hash válidos durante a mineração, que podem ser transmitidos para a rede e utilizados em transações futuras.

No caso, quanto maior a taxa de hash, mais chances por segundo de identificar uma situação desse tipo.

Além disso, quanto mais tempo passa desde o lançamento do Bitcoin e mais pessoas começam a tentar minerar o criptoativo, mais difícil a descoberta de novos blocos válidos vai se tornando.

Isso ocorre porque esse é um universo finito, com um limite estabelecido desde a criação do Bitcoin.

Segundo estimativas, em dezembro de 2021, as opções de hash já haviam sido esgotadas em 90%.

Pool de Mineração

Ainda assim, a melhor notícia é que você pode minerar junto a um pool de mineração.

Pools de Mineração são grupos de mineradores que cooperam entre si e que concordam em dividir recompensas de bloco em proporção ao seu poder de hashing de mineração contribuído.

Se gostou desse conteúdo aproveite para acompanhar meu Workshop Gratuito Clicando Aqui.

E se quiser ter meu ebook sobre mineração, você também pode baixar clicando aqui, é 100% gratuito.