O Bitcoin (BTC) tem data para acabar. Um suposto "bug" deixado por Satoshi Nakamoto no desenvolvimento do código fonte deverá limitar o número de blocos na rede e inviabilizar seu uso. 

A descoberta é do americano especialista em criptomoedas Jared Pierce, que usou o seu Twitter para revelar a "falha", comparando a situação com o "bug do milênio".

Pierce calculou a altura máxima dos blocos na rede e descobriu que o bitcoin tem uma espécie de "data de validade", na qual novos blocos não poderão mais serem criados.

Mas ninguém precisa se preocupar, já que a previsão aponta para mais de 81 mil anos!

"Um bug muito significativo no bitcoin foi descoberto. Descrito como um 'bug do milênio', Satoshi não planejou dígitos suficientes na altura dos blocos. Para aqueles mais técnicos, a altura máxima é um unsigned int de 32-bit, o que siginifica que sua altura máxima é 2^32 [2 elevado à 32ª potência]. Não é o suficiente", escreveu, no Twitter.

Pierce ainda fez outras publicações, todas, em tom de ironia, já que o número máximo de blocos na rede Bitcoin é de quase 4,3 milhões e, como a média da descoberta de cada um é 10 minutos, isso significa que o limite só será atingido em mais de 81,7 mil anos.

"Gostaria de fazer um chamado a todos os desenvolvedores para começar a olhar para isso imediatamente. O tempo é essencial", brincou. 

"Para estar seguro, você precisa aprender o máximo possível sobre bitcoin e para de procurar motivos para FUD [sigla para 'fear, doubt and uncertainty', ou 'medo, dúvida e incerteza', em português]", completou. 

A sigla FUD é usada para se referir ao comportamento pessimista de manada do mercado, no qual investidores, muitas vezes motivados por bobagens e preocupações descabidas, decidem desfazer suas posições.

Depois da publicação da suposta limitação de novos blocos do Bitcoin, outros entusiastas entraram na brincadeira. Sobrou até para a rede Ethereum:

"Bom, são 80.000 anos... podemos sincronizar para acontecer junto com o lançamento da Ethereum 2.0", brincava um dos comentários.

Esta possível "data de validade" descoberta por Jared Pierce nada tem a ver com a oferta limitada do bitcoin de 21 milhões de unidades da criptomoeda, que só deve acontecer no ano de 2140. 

Mesmo assim, isso não se trata de empecilho, já que a rede continuará funcionando normalmente mesmo após o limite de emissão ser atingido.

Fonte: Exame

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".