Você alcançou todas suas resoluções de ano novo em 2021? Ou vive prometendo coisas que acaba não cumprindo?

As festas de fim de ano já estão carregadas de emoções, reuniões familiares complicadas, planos de viagem e gastos elevados.

Em um minuto, você pode se sentir feliz por ter comprado um presente excelente e, no minuto seguinte, se lamentar por erros financeiros como ter gastado muito ou esbanjado em algo luxuoso. 

As emoções de gastar nas férias podem levar a resoluções financeiras irrealistas de Ano Novo.

Por isso, o Business Insider conversou com a planejadora financeira Mamie Wheaton, da LearnLux, que compartilha quatro resoluções financeiras comuns de Ano Novo sobre dinheiro que nunca funcionam e o que fazer em vez disso.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Erro 1: Jurar que vai pagar todas as suas dívidas este ano

Em vez disso: Crie uma reserva de emergência primeiro.

“Você realmente precisa se perguntar por que deseja pagar essa dívida”, diz Wheaton. "Às vezes, é emocional. As pessoas se apegam a se livrar das dívidas."

Wheaton diz que antes de concentrar toda a sua energia no pagamento de dívidas, é mais urgente garantir pelo menos um mês de economia de emergência. 

Uma reserva de emergência pode ajudar você e sua família a sobreviver a dificuldades financeiras, evitando que você acumule ainda mais dívidas.

O aconselhável é manter suas economias de emergência em um investimento com liquidez diária, como o Tesouro Selic, para que possa acessar facilmente durante emergências. 

Um mês é o mínimo, mas os especialistas geralmente recomendam o objetivo de economizar pelo menos três meses em despesas de subsistência.

Se você já tem um fundo de emergência, observe mais de perto as taxas de juros de suas dívidas. “Qualquer dívida com taxas de juros acima de 4%, como a dívida de cartão de crédito, deve ser priorizada”, diz Wheaton.

Por outro lado, seu dinheiro pode ser melhor usado em outras áreas, como investimentos ou aposentadoria.

Caso esteja endividado, pode destinar uma parte para o pagamento das dívidas e outra para sua reserva de emergência. Faça isso simultaneamente para ter mais segurança financeira.

Erro 2: Resoluções financeiras vagas 

Em vez disso: Faça um planejamento específico.

Divida uma meta grande em pequenos passos com prazos mais curtos e marcos de seis meses para monitorar seu progresso, sugere Wheaton. 

Com etapas específicas e mensuráveis ​​em direção a um grande feito, é mais fácil manter o ritmo e alcançá-lo.

Em vez de dizer: "Vou economizar US$ 100 mil para a aposentadoria, diga vou aumentar meus aportes em 5% este ano", sugere.

Ou, em vez de dizer: "Vou pagar todas as minhas dívidas em um ano, tente 'vou parar de usar todos os meus cartões de crédito e pagar o cartão com o menor saldo' . " 

Erro 3: Iniciar suas resoluções em 1º de janeiro

Em vez disso: Chegue no novo ano com um plano sólido em vigor.

Não há um interruptor automático à meia-noite de 1º de janeiro que muda magicamente o seu comportamento. 

Construir novos hábitos requer planejamento e persistência.

Wheaton sugere reservar alguns dias para revisar suas finanças de 2021, para entrar no novo ano com um plano sólido em vigor. 

Aqui estão algumas perguntas que você deve fazer a si mesmo enquanto analisa seus números para o ano:

  • Meu fluxo de caixa é positivo todos os meses? Eu ganho mais dinheiro do que gasto?
  • Estou gastando muito dinheiro com meu cartão de crédito?
  • Terminei o ano com mais dívidas do que comecei?
  • Quais assinaturas mensais posso cortar?
  • Estou no caminho certo para cumprir minhas metas de aposentadoria?

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Erro 4: Manter os objetivos financeiros fora do seu relacionamento

Em vez disso: Alinhe suas metas com as de seu parceiro.

"Uma coisa que vi em meus 14 anos de experiência é que os casais precisam ter conversas abertas sobre seus objetivos ", diz Wheaton. 

"Se um dos parceiros quer economizar para uma casa e o outro quer economizar para a aposentadoria, é melhor sentar-se antes do início do ano e ver como vocês podem priorizar metas como parceiros." 

De forma semelhante à avaliação de final de ano para indivíduos, os casais podem fazer uns aos outros as seguintes perguntas para esclarecer as metas de ano novo:

  • Como você se sente em relação às nossas finanças este ano?
  • Como sua pontuação de crédito mudou este ano?
  • Estamos na mesma página sobre nossos objetivos de aposentadoria? Ainda estamos no caminho certo para cumprir nossas metas anteriores de aposentadoria?
  • Estamos fazendo nosso melhor para economizar e investir com sabedoria? 

Em vez de fazer uma resolução vaga, que você e seu parceiro provavelmente não vão cumprir, baseie suas resoluções na revisão de fim de ano e torne-as mais fáceis de serem alcançadas.

Como Começar Investir? Baixe Grátis o Livro Digital "Como Começar a Investir do Zero".

Fonte: Business Insider