O que é Valor da Firma e como funciona
SIMULE AGORA

Valor da Firma

O que é Valor da Firma, significado, conceito para que serve e como funciona.

O que é Valor da Firma?

O Valor da Firma, ou Enterprise Value em inglês, refere-se a quanto vale uma empresa de forma abrangente, visto que, o valor da firma leva consideração, tanto o valor de mercado, como também, os ativos e passivos da organização, definindo assim, quanto realmente vale a companhia.

Ou seja, quando você compra um negócio está levando seus ativos (caixa, estoques, imobilizado), mas também os seus passivos, sua dívida.

O valor de firma pode ser usado para interpretar se uma empresa está com um alto valor, quando comparado aos seus concorrentes.

O valor da firma proporciona uma interpretação mais detalhada e completa do valor de uma organização.

Banner will be placed here

Dessa forma, o índice tornou-se um dos mais utilizados para negociações de aquisições, visto que, pode apresentar a sustentabilidade da empresa nos anos posteriores, lembrando que, o valor da firma leva em consideração as dívidas da empresa e suas reservas em caixa.

Como calcular o Valor da Firma?

A conta do Valor da Firma considera a Capitalização de mercado da companhia, mais o seu endividamento, menos o seu Caixa e Equivalentes e que não fazem parte da operação diretamente.

O valor da firma é obtido a partir da seguinte equação:

VF = CM + DT – C

Onde:

  • VF = valor da firma
  • CM = capitalização de mercado
  • DT = dívida total
  • C = caixa e equivalentes

O valor da firma costuma ser a principal referência para as negociações de fusões e aquisições.

É a partir dele que são calculados os múltiplos que avaliam se uma empresa está cara ou barata em relação aos seus concorrentes.

Capitalização de Mercado, Dívida Total e Caixa e Equivalentes

Capitalização de Mercado: A capitalização de mercado pode ser encontrada ao multiplicar o preço de uma ação negociada na bolsa de valores pelo número de ações que esta empresa possui em circulação.

Este é o preço mínimo que alguém terá de pagar aos acionistas caso deseje comprar a empresa.

Como o preço de uma ação muda a cada dia, o cálculo da capitalização de mercado é apenas uma visão geral do seu valor de mercado no momento do seu cálculo.

Uma empresa em rápido crescimento provavelmente terá uma forte valorização no preço das suas ações, o que, por sua vez, elevaria sua capitalização de mercado.

A capitalização de mercado também pode ser afetada quando uma empresa recomprar suas ações, o que reduz o número de papéis em circulação.

Quando uma companhia emite mais ações, aumenta o número de papéis em circulação, o que também impacta sua capitalização de mercado.

Dívida Total: A dívida que uma empresa possui é a parcela da estrutura de capital da empresa que foi construída pelos credores.

Este componente do valor da firma pode ser de curto ou longo prazo e será composto por: debêntures emitidas pela empresa, empréstimos realizados em bancos, financiamentos, etc.

É importante notar que dívidas com terceiros também variam de valor ao longo do tempo, com base na taxa de juros atual da economia.

O seu valor de mercado pode ser obtido através da própria empresa, através de alguma outra fonte de dados, ou através de um processo de precificação com base nos dados disponíveis.

O valor de mercado da dívida no processo de cálculo do valor da firma é preferível, porém, se não for possível encontrá-lo, o seu valor contábil também pode ser utilizado sem grandes problemas.

Caixa e Equivalentes: São os valores totais detidos em caixa pela empresa e os equivalentes de caixa são aplicações financeiras de alta liquidez.

São prontamente conversíveis em montantes de caixa e sujeitos a um risco mínimo de mudança de valor, seja para mais ou para menos.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE