O sistema de reembolso é uma forma de uma pessoa saldar dívidas obtendo empréstimos de instituições financeiras todos os meses.

Ao comprar um imóvel para financiamento, seja para residência ou investimento, o comprador tem duas opções para quitar a dívida: uma trabalha de acordo com a tabela Price, a outra de acordo com a Tabela SAC (sistema de amortização fixa).

Porém, os compradores de mercadorias nem sempre sabem o que são e o que escolher para avaliar, principalmente quando se trata de listas de preços, não é tão popular quanto a SAC.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

É muito importante entender como funcionam porque são tabelas muito diferentes e podem até afetar o preço final de compra.

A lista de preços também é chamada de sistema de amortização francês, inventado em 1711 pelo matemático Richard Price.

Foi originalmente usado para calcular pensões e pensões. Com o tempo, o mercado financeiro passou a oferecer diferentes tipos de empréstimos com Tabela Price.

Como funciona o cálculo da Tabela Price?

O sistema foi criado no século 18, com o objetivo de viabilizar o pagamento de pensões e aposentadorias, e é adotado há muitos anos pelo mercado financeiro.

Hoje, tornou-se uma das mais importantes formas de parcelamento, além de um sistema de amortização constante.

Nesse modelo de pagamento de financiamento, a primeira parcela é composta principalmente de juros.

Passo a passo, à medida que a prestação avança, o valor da amortização do prazo da prestação aumenta e os juros diminuem. No entanto, o preço da mensalidade continua o mesmo, do início ao fim, apenas mudou a sua composição.

Por exemplo, no início do pagamento, 80% da parcela é utilizada para amortizar o valor do imóvel, enquanto no período final, 95% ou mais do preço pode ser dedicado à amortização.

No método Price, o cálculo do parcelamento é feito de acordo com uma fórmula, na qual o valor do parcelamento é determinado com base no valor presente do bem em questão, a taxa de juros e o prazo do financiamento também.

O resultado fornece uma tabela contendo o valor dos juros de cada parcela.

Portanto, mesmo que o saldo devedor cresça com os juros, o pagamento das parcelas anteriores e a amortização de parte do saldo devedor impedirão o aumento do valor da prestação.

Os benefícios do uso desta tabela estão relacionados ao crescimento e manutenção dos orçamentos com saúde, pois podem prever custos com segurança e eficácia.

Basicamente, a desvantagem dessa tabela são as taxas de juros mais altas.

Como o valor das parcelas do financiamento é sempre o mesmo, dependendo da quantidade de parcelas ou do percentual de juros, você acabará pagando juros maiores.

Diferenças entre Tabela Price e SAC?

Na hora de contrair dívidas por meio de empréstimos, existem duas opções mais conhecidas para quitar o saldo com uma instituição financeira, SAC ou tabela Price.

Ao contrário da tabela Price, o SAC não possui valor fixo de parcelamento. A taxa de juros foi caindo e o preço amortizado permaneceu inalterado durante o período do contrato.

A tabela Price é mais lenta para amortizar nos financiamentos de longo prazo e tem valor superior, enquanto a tabela do SAC é considerada mais agressiva e inicialmente apresentará um valor alto, mas a prestação final será mais barata do que as primeiras.

Em suma, na amortização com o SAC, o valor do parcelamento diminui porque os juros diminuem cada vez mais, e a tabela Price fica parcelada com valores fixos ao longo do processo.