Quem é Carlos Alberto Sicupira, Trajetória do Sócio da 3G Capital
|

Quem é Carlos Alberto Sicupira, Trajetória do Sócio da 3G Capital

Beto Sicupira, junto com Jorge Paulo Lemann e Marcel Telles, formam a mais longeva e bem-sucedida sociedade do Brasil.

Por
Atualizado em 13/09/2021

Carlos Alberto Sicupira começou vendendo carros e acabou virando sócio da maior cervejaria do mundo e da 3G Capital com Jorge Paulo Lemann e Marcel Telles formando o famoso trio brasileiro dos negócios.

A carreira de Beto Sicupira deu uma virada a partir de 1973, quando foi convidado para fazer parte do time da corretora Garantia.

O tino para negócios dos amigos abriu os horizontes para novos investimentos dos três sócios.

Sempre em busca de novas oportunidades, Beto ficou conhecido como o “homem dos novos negócios”. 

Um deles foi a Lojas Americanas (LAME4). O empresário mudou o rumo da empresa, transformando-a no sucesso que é hoje.

Junto com seus parceiros de investimentos, é sócio da companhia belga-brasileira Anheuser-Busch Inbev, AB Inbev (ABUD34), a maior cervejaria do mundo e da 3G Capital, que em parceria com Warren Buffett, formaram a Kraft Heinz.

Conheça mais da trajetória de sucesso do empresário brasileiro Carlos Alberto Sicupira.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Quem é Carlos Alberto Sicupira

Carlos Alberto Sicupira é um empresário carioca que, ao lado de Marcel Herrmann Telles e Jorge Paulo Lemann, forma o famoso trio de sucesso no mercado internacional.

Co-fundador da gigante cervejeira AB Inbev, Beto Sicupira também é sócio da 3G Capital que controla redes como Burger King, Kraft-Heinz e Tim Hortons.

Aos 73 anos de idade, Carlos Alberto Sicupira possui patrimônio estimado em US$ 8,7 bilhões de acordo com o ranking da Forbes 2021, o quinto brasileiro mais rico e o 274 do mundo.

Vida e carreira

Carlos Alberto da Veiga Sicupira nasceu no Rio de Janeiro, em 1 de maio de 1948.

Ainda adolescente, começou a trabalhar negociando carros usados. Depois, revendia calças jeans compradas nos Estados Unidos. 

Tudo isso antes dos 17 anos, quando se emancipou para comprar uma carta-patente de uma distribuidora de valores

Sicupira é formado em administração de empresas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ e diplomado na Harvard Business School (Estados Unidos).

Depois de uma passagem pelo funcionalismo público, no Departamento Nacional de Estradas de Ferro (DNEF) e no Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO), Beto descobriu que não queria ser funcionário de ninguém. 

Aos 20 anos, adquiriu outra distribuidora de valores com um grupo de sócios.

Carlos Alberto Sicupira e Jorge Paulo Lemann se conheceram graças à pesca submarina. 

Apesar da amizade imediata, a parceria profissional só viria quatro anos depois, em 1973, quando Beto deixou o banco Marine Midland, em Londres, para entrar no Garantia.

No Garantia, que se iniciava a parceria de sucesso com Jorge Paulo Lemann e Marcel Telles, uma das mais longevas sociedades do Brasil.

Junto, o trio comandou o banco Garantia, transformou a Brahma na gigante global AB Inbev e criou o 3G Capital, fundo que possui as gigantes Burger King, Tim Hortons e Kraft-Heinz, esta última em parceria com Warren Buffett.

Além dos negócios, Sicupira também está envolvido com filantropia

Trouxe para o Brasil a Endeavor, organização internacional de apoio a empreendedores com potencial de impacto econômico e social. 

Criou a Fundação Brava, que investe em projetos de melhoria da gestão pública e é um dos investidores da Fundação Estudar, entidade de apoio à educação que oferece bolsas de estudo nas melhores universidades do mundo.

Carlos Alberto Sicupira é casado desde 1979 com Cecília de Paula Machado, com quem teve três filhas: Cecília, Helena e Heloísa.

Banner will be placed here

Case de sucesso nas Lojas Americanas

Um dos primeiros casos de sucesso de Beto Sicupira foi com as Lojas Americanas (LAME4). Quando assumiu, a empresa estava à beira da falência, com sérios problemas de gestão.

Beto não só cumpriu a missão de transformar as Lojas Americanas em um negócio lucrativo, como a transformou em uma das principais varejistas do país.

O Garantia adquiriu as Lojas Americanas no início da década de 1980, pouco tempo depois da empresa estrear na Bolsa de Valores.

Porém, com a saída de seus fundadores, ela passava por dificuldades e precisava de um choque de gestão. Uma grande oportunidade para o “militar” do trio de sócios da corretora.

Beto sempre foi considerado o “inventor” e aquele que “gosta de colocar ordem”. 

Nas Lojas Americanas não faltavam coisas para ele organizar.

O primeiro passo foi reduzir os gastos. Poucos meses após sua chegada, 6.500 pessoas foram demitidas, o que representava 40% dos funcionários. 

Ele também cancelou o plano de construir uma subsede na Barra da Tijuca.

Outra mudança foi no sistema de remuneração variável. As metas para os bônus foram aumentadas, já que antes os executivos recebiam até mesmo se o desempenho da empresa piorasse.

Apesar das reclamações dos funcionários, no Garantia não havia quem reclamasse. 

O banco pagou US$ 24 milhões por 70% das Lojas Americanas na época. Seis meses depois, havia propostas de US$ 20 milhões por apenas 20% da companhia.

Com mais pontos de vendas próprios, Beto criou a São Carlos Empreendimentos Imobiliários, empresa que ficou responsável por gerir os imóveis da varejista.

Atualmente, a São Carlos Empreendimentos e Participações S.A. (SCAR3) é uma das principais companhias de investimento e administração de imóveis comerciais do Brasil, com um portfólio de mais de R$ 3,5 bilhões.

Depois de colocar as Lojas Americanas em ordem, Beto transferiu a direção em 1993 para se dedicar a outros projetos.

GP Investimentos

Em 1993, os sócios Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira criaram o GP Investimentos, ou Garantia Partners Investimentos, primeiro fundo de private equity do Brasil. 

A ideia era comprar empresas em dificuldades, melhorar seus resultados e revendê-las com lucro anos depois.

Entre as participações estavam Telemar, Gafisa, América Latina Logística, entre outras grandes empresas. 

Em 2003, chegou o momento do trio partir para o próximo projeto e venderam parte da GP Investimentos a antigos funcionários.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

3G Capital

O próximo passo do trio foi a fundação da 3G Capital, em 2004, com o objetivo de investir em empresas de fora do Brasil.

No mercado nacional, eles já haviam conquistado o mercado cervejeiro ao formar a Ambev, com a compra da Antarctica pela Brahma, em 1999. 

Agora, era a hora de expandir para outros continentes a partir da fusão com a belga Interbrew, que deu origem à InBev em 2004.

Quatro anos mais tarde, a companhia adquiriu a Anheuser-Busch, criando a maior cervejaria do mundo, a AB Inbev.

Outros projetos ambiciosos da 3G Capital foi a compra do controle da rede Burger King, em 2010, por US$ 4 bilhões.

Em 2014, comprou a Restaurant Brands International (RBI), responsável pela operação da rede de cafeterias Tim Hortons e da rede de fast food norte-americana, Popeyes.

Um ano antes, o trio já havia anunciado a aquisição da fabricante de alimentos norte-americana Heinz por US$ 23,2 bilhões.
Em 2015, em parceria com a Berkshire Hathaway (BERK34), do investidor Warren Buffett, aconteceu a fusão com a Kraft Foods, criando a Kraft-Heinz.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE