Os DAOs são vistos como a "próxima grande tendência” pelos membros da comunidade de criptoativos. Ao emitir e transferir valor através do blockchain, eles trazem uma revolução do modelo tradicional de negócio das organizações.

Esteja você familiarizado ou não com o investimento e transações usando criptomoedas, é importante conhecer o que é uma Organização Autônoma Descentralizada (DAO).

Devido à explosão de popularidade das Finanças Descentralizadas (DeFi), aumentou o interesse em DAOs. 

Seu modelo é um grande avanço dentro do Blockchain e veio para reprogramar o sistema como conhecemos. 

Um DAO é essencialmente uma estrutura de governança corporativa construída em torno da tecnologia blockchain.

Diferente de entidades tradicionais, o modelo atual permite a criação de organizações autônomas, auto gerenciadas, transparentes e mais eficientes.

Agora que você já tem uma ideia inicial do que são DAOs, continue a leitura para entender como operam, suas características e como podem mudar as formas tradicionais de organização.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

O que são DAOs?

DAO é a sigla em inglês para Decentralized Autonomous Organization ou Organização Autônoma Descentralizada, em português.

É uma organização em que as normas são definidas no sistema blockchain por meio de contratos inteligentes (smart contracts).

Dessa forma, é governado por um conjunto de regras criadas por seus membros que executam automaticamente sem a necessidade de intermediários.

Diferente do que acontece no sistema tradicional, onde existe um servidor central para tomar decisões, no DAO o controle é administrado coletivamente por seus membros, permitindo total transparência dos acordos a todos os usuários.

Como o nome sugere, os DAOs têm três recursos principais:

  • Descentralização: Não é governado por uma única entidade centralizada.
  • Autônomo: Pode executar operações automaticamente por conta própria, sem qualquer intervenção.
  • Organização: É regido por suas próprias regras predeterminadas, como uma organização.

Sendo assim, os DAOs representam uma forma eficaz e segura de trabalhar com pessoas com ideias semelhantes em todo o mundo, onde as decisões são regidas por propostas e votações para garantir que todos na organização tenham voz.

Como funciona o DAO?

Os DAOs são organizações que utilizam da tecnologia de blockchain para registrar as transações e regras financeiras. Dessa forma, elimina a necessidade de envolver terceiros e as torna mais abertas e democráticas.

Para entender como funciona o DAO, primeiro pense na estrutura de uma organização tradicional. Nela existem uma série de contratos e acordos entre os membros. 

Por exemplo, um contrato de trabalho especifica o que um funcionário deve fazer em troca do pagamento acordado. Existem ainda contratos com fornecedores, termos de empréstimo com bancos e assim por diante. 

Todos esses contratos precisam ser especificados no papel e sua execução envolve terceiros para supervisionar. 

Para os DAOs, tudo isso é feito com códigos no blockchain.

A espinha dorsal de um DAO é o contrato inteligente que define as regras e mantém o armazenamento da organização. 

Normalmente esses registros são construídos sobre o blockchain Ethereum, que oferece suporte a esse tipo de contrato inteligente. 

Uma vez que o contrato está ativo, ninguém pode alterar as regras, sem que os demais membros saibam e concordem.

Os DAOs têm uma organização democratizada onde todos os membros precisam votar a favor de quaisquer mudanças a serem implementadas.

A tesouraria também é definida pelo contrato inteligente, isso significa que ninguém pode gastar o dinheiro sem a aprovação do grupo. 

Sua função é garantir que as decisões sejam tomadas baseadas na comunidade e no protocolo de consenso.

O financiamento de DAOs é baseado principalmente em crowdfunding que emite tokens. 

Veja as principais diferenças de um DAO para uma organização tradicional:

DAOOrganização Tradicional
Geralmente plano e totalmente democratizado.Geralmente hierárquico.
Votação exigida pelos membros para que quaisquer mudanças sejam implementadas.Dependendo da estrutura, as mudanças podem ser exigidas de um único partido ou a votação pode ser oferecida.
Votos computados e resultados implementados automaticamente, sem intermediários confiáveis.Se a votação for permitida, os votos são computados internamente e o resultado da votação deve ser tratado manualmente.
Os serviços oferecidos são tratados automaticamente de forma descentralizada (por exemplo, distribuição de fundos filantrópicos).Requer manuseio humano ou automação controlada centralmente, sujeito a manipulação.
Todas as atividades são transparentes e totalmente públicas.A atividade é tipicamente privada e limitada ao público.

Exemplos de DAOs 

Os DAOs podem ser usados ​​para muitos fins, seja como investimento, caridade, arrecadação de fundos, empréstimo, compra de NFTs, tudo sem intermediários. 

Com a explosão dos protocolos de finanças descentralizadas (DeFi), uma iniciativa para criação de um mercado bancário descentralizado utilizando tecnologia Blockchain, levou a um aumento na popularidade dos DAOs em 2020.

Muitas das plataformas DEX (Decentralized Exchange) ou Corretora de Criptomoedas Descentralizadas utilizam o DAO como forma de organização.

Atualmente as maiores DAOs são a Uniswap (UNI), Compound (COMP), Radicle (RAD), Rarible (RARI) e MakerDAO (MKR).

Uniswap é a maior corretora de criptomoedas descentralizada do mundo. Em alguns momentos, seu volume diário de transações chega a superar o de corretoras centralizadas.

Compound é um protocolo de empréstimos que permite com que os usuários recebam juros sobre suas moedas. 

Radicle é uma rede descentralizada de colaboração de código, que permite que os desenvolvedores colaborem com o código sem depender de intermediários.

Rarible é um software que permite aos artistas e criadores digitais emitir e vender ativos criptográficos personalizados como NFTs (Tokens Não-Fundíveis).

MakerDAO é um projeto que une um DAO com uma stablecoin cripto-colateralizada chamada DAI, para criar um ecossistema DeFi completo .

O DAO também pode ser usado fora do universo de criptomoedas. Alguns exemplos são:

  • Instituição de caridade: pode aceitar associações e doações de qualquer pessoa do mundo e o grupo pode decidir como deseja gastar as doações.
  • Rede freelancer: pode criar uma rede de empreiteiros que reúnem seus fundos para espaços de escritório e assinaturas de software.
  • Empreendimentos e concessões: pode criar um fundo de risco que reúna capital de investimento e votos em empreendimentos. O dinheiro reembolsado poderia mais tarde ser redistribuído entre os membros do DAO.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Os primeiros DAOs

O Bitcoin (BTC) é considerado o primeiro DAO totalmente funcional, pois tem regras programadas, funciona de forma autônoma e é coordenado por meio de um protocolo consensual. 

Quando falamos de DAOs em geral, não podemos confundi-lo com “The DAO”, um famoso projeto DAO, mas que acabou não tendo um final bem sucedido.

Em maio de 2016, a startup alemã slock.it lançou o “The DAO”. Na época, foi um grande sucesso com uma campanha de crowdfunding atingindo a meta de arrecadar US$ 150 milhões.

Porém, pouco tempo depois, uma vulnerabilidade no código que suporta o DAO foi descoberta e hackers conseguiram desviar US$ 50 milhões em Ethereum, em junho de 2016. 

Mesmo que a falha estivesse no código da slock.it e não na tecnologia subjacente, o hack abalou a confiança de algumas pessoas na moeda Ethereum e nos DAOs em geral. 

O evento até levou a Ethereum a aplicar um hard fork que deu origem a Ethereum Classic. 

Vantagens dos DAOs

Como todos os tipos de tecnologia, um DAO pode oferecer a seus participantes diferentes vantagens e desvantagens. 

Entre os prós dessa modalidade podemos citar:

Sem hierarquia 

Permite criar organizações sem nenhuma hierarquia. Todos os envolvidos têm uma participação na tomada de decisões.

Ou seja, todos que fazem parte do DAO podem contribuir com ideias e votam para tomar decisões, descentralizando a organização.

Transparência

No DAO o nível de transparência é muito alto. Isso ocorre porque ele herda da tecnologia blockchain sua capacidade de registrar todas as ações realizadas e tornar público esse registro.

O código é aberto, o que significa que qualquer pessoa pode vê-lo, examinar o histórico e ver como as decisões foram tomadas. 

Descentralização

A descentralização permite que os DAOs ofereçam serviços globalmente, o que elimina fronteiras e democratiza o acesso a serviços.

Mudanças democráticas

Qualquer mudança nas regras acontece por votação. Os contratos inteligentes evitam que uma única pessoa mexa em acordos sem a aprovação da maioria.

Facilita a criação de organizações

As organizações e seus métodos são programados apenas em uma blockchain, utilizando contratos inteligentes e, a partir desse momento, já começam a funcionar. 

Isso economiza dinheiro, tempo e papelada, algo necessário para o registro tradicional de organizações ou empresas.

Desvantagens dos DAOs

Apesar das vantagens de seu modelo de código, um DAO pode representar problemas. 

Difícil mudar as regras

Depois de implantado no blockchain, as regras do DAO não podem ser alteradas sem consenso da comunidade.

Embora isso ofereça uma vantagem, em momentos de crise ou em casos de lacunas na estrutura, pode haver uma demora nos movimentos que podem levar a um potencial roubo, perda de dinheiro ou outras consequências desastrosas.

Contratos e códigos mal escritos

Programar um DAO não é uma tarefa fácil. A automação de tarefas e a capacidade de tomar decisões é muito complexa. 

O caso The DAO revelou que um erro de linha única pode levar a perdas de milhões.

Além disso, se os contratos e os códigos forem mal escritos, pode ser difícil mudar sem consenso.

Problemas de conformidade regulatória

Como a tecnologia blockchain e as criptomoedas ainda não possuem uma regulamentação clara, pode existir problemas com os DAOs em conformidade com os regulamentos em muitos países. 

DAO vale a pena?

Apenas alguns anos após a sua criação, os DAOs se mostraram uma ferramenta tecnológica útil que pode fazer parte de qualquer grande revolução futura. 

Os DAOs imaginam uma organização coletiva pertencente e administrada por seus membros, com todos eles tendo voz, o que muda a forma como as organizações são hoje.

Muitos analistas e especialistas do setor afirmam que esse tipo de organização está ganhando destaque, possivelmente substituindo algumas empresas tradicionais.

Por isso, empresas, marcas e investidores precisam estar atentos às tendências atuais e como elas podem afetar a forma como as marcas e os consumidores interagem.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".