O Grupo MRV&CO (MRVE3) realizou lançamentos consolidados de R$ 2,121 bilhões no segundo trimestre de 2022, uma queda de 11,6% em relação ao mesmo período de 2021.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Na MRV - principal negócio do grupo, focado no Casa Verde e Amarela (CVA) - os lançamentos foram de R$ 1,809 bilhão, alta de 3,2%.

O preço médio dos imóveis subiu 30,5% em um ano, para R$ 219 mil. A companhia informou que a maior parte dos lançamentos do trimestre se concentrou no mês de junho, às vésperas das mudanças previstas para o CVA.

E acrescentou que espera uma aceleração significativa dos lançamentos no segundo semestre do ano. A Urba, de loteamentos, lançou R$ 39 milhões, queda de 49,5%.

A Sensia, operação voltada para residenciais de classe média, lançou R$ 273 milhões (sem base de comparação divulgada). A Luggo e a Resia não tiveram lançamentos.

No acumulado do primeiro semestre de 2022, os lançamentos consolidados da MRV&CO atingiram R$ 3,862 bilhões, queda de 6% frente ao primeiro semestre de 2021.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Vendas

O Grupo MRV&CO registrou vendas líquidas de R$ 2,606 bilhões no segundo trimestre de 2022, crescimento de 26,2% frente ao mesmo intervalo de 2021.

Na MRV, as vendas recuaram 10,3%, para R$ 1,471 bilhão. O preço médio das unidades vendidas aumentou 11,5%, para R$ 187 mil.

A Sensia teve queda nas vendas de 34,7%, para R$ 187 milhões. Na Urba houve baixa de 24%, para R$ 24 milhões.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

O destaque nas vendas foi a Resia, com R$ 955 milhões, salto de 162,3%. A subsidiária norte-americana registrou seu recorde de vendas em um único trimestre.

Foram vendidos os empreendimentos Village at Tradition e Harbor Grove. A Luggo registrou a venda de dois empreendimentos como parte do acordo de investimentos firmado com a Brookfield, pelo valor total de R$ 141,5 milhões.

As vendas líquidas consolidadas do grupo totalizaram R$ 4,351 bilhões no primeiro semestre de 2022, alta de 18,1% ante o mesmo intervalo de 2021.

As vendas líquidas já consideram os distratos. Na MRV, os cancelamentos representaram 4,2% das vendas brutas no segundo trimestre, queda de 4,2 pontos porcentuais na mesma base de comparação anual.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Geração de caixa

A MRV&CO voltou a reportar geração de caixa: foram R$ 317,3 milhões no segundo trimestre.

Esse resultado foi sustentado pelas vendas de Resia e Luggo, que ajudaram com geração de caixa de R$ 309,1 milhões e R$ 127,0 milhões, respectivamente.

A MRV teve queima de R$ 76,9 milhões, e a Urba, queima R$ 42,0 milhões.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da MRV no Primeiro Trimestre de 2022

O resultado da MRV (MRVE3) no primeiro trimestre de 2022 (1t22), divulgado no dia 12 de maio, apresentou um lucro líquido de R$ 78,2 milhões no 1t22, uma baixa de -46,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da MRV atingiu R$ 199,0 milhões no 1T22, apresentando retração de -5,8% na comparação com o 1T21. 

A margem Ebitda da MRV totalizou 11,9% no 1T22, apresentando retração de -1,3 ponto percentual na comparação com o 1T21.  

A margem líquida da MRV atingiu 4,7% no 1T22, apresentando retração de -4,5 pontos percentuais na comparação com o 1T21. 

As ações da MRV (MRVE3) acumulam alta de 13,02% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 41,00% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.