No cenário norte-americano, os índices futuros das principais bolsas operam em alta nesta sexta-feira (17), sinalizando uma recuperação após as ações caírem acentuadamente no dia anterior, com comentários do presidente do banco central dos Estados Unidos, Jerome Powell, sobre a inflação.

O rendimento do Tesouro de 10 anos dos Estados Unidos caiu os 3,22%, acompanhando a volatilidade do mercado. Às 7h52 (horário de Brasília), o índice futuro de Dow Jones subia 0,57%, S&P 500 valorizava 0,76% e Nasdaq subia 1,05%.

Na Europa, os principais benchmarks operam em alta, se recuperando da forte liquidação das ações na quinta-feira, após o aumento nas taxas de juros alimentar as preocupações dos investidores sobre uma forte desaceleração econômica.

A inflação da Zona do Euro alcançou recorde de 8,1% no mês de maio, em linha com as estimativas no mercado, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (17) pelo Eurostat. De acordo com o Eurostat, os maiores contribuintes para a alta da inflação vieram dos maiores preços da energia, alimentação, álcool e tabaco.

No entanto, a inflação da Zona do Euro está cerca de quatro vezes acima da meta do Banco Central Europeu (BCE), que pode elevar as taxas de juros no próximo mês para controlar o aumento generalizado de preços. Às 8h04 (horário de Brasília), o índice IBEX 35 valorizava 1,28%, CAC 40 subia 1,19% e Euro Stoxx 50 valorizava 1,34%.

Na Ásia, as principais bolsas operaram de forma mista, com o mercado digerindo o aumento nas taxas de juros globais, e acompanhando a política de afrouxamento monetário do Banco Central do Japão.

O Banco Central do Japão manteve sua estratégia de manter a taxa de juros em -10,0%, e continuar comprando títulos do governo para manter as taxas de juros a longo prazo em torno de 0%.

O presidente do Banco Central do Japão, Kuroda Haruhiko, decidiu manter a política de afrouxamento monetário com o objetivo de incentivar a economia do Japão, que foi prejudicada pela pandemia. O Kospi caiu -0,43% aos 2.440,93 pontos, o Nikkei 225 desvalorizou -1,77% aos 25.963,00 pontos e o Hang Seng subiu 1,10% nos 21.075,00 pontos.

No Brasil, o Ibovespa futuro com vencimento em agosto, opera em baixa de -1,76% nos 103.302 pontos na manhã desta sexta-feira (17), na contramão do mercado global.

No mercado de juros futuros, a tendência é de baixa, com os contratos futuros de DI desvalorizando. Às 9h24 (horário de Brasília), o DI futuro para janeiro de 2023 sobe 0,01 ponto a 13,56%, o DI futuro para janeiro de 2024 cai -0,01 ponto a 13,32% e o DI futuro para janeiro de 2025 cai -0,01 ponto a 12,67%.

No campo político, o governo se reuniu duas vezes com a diretoria da Petrobras para tentar evitar o aumento. Segundo fontes, o governo teria pedido para a companhia segurar os preços até que as novas regras sobre ICMS surtam efeito para o consumidor. O reajuste poderia anular o benefício do corte do imposto aprovado pelo Congresso.

Em outros mercados, os preços do petróleo operam próximos à estabilidade nesta sexta-feira, à medida que o mercado está cauteloso com a demanda. Às 8h16 (horário de Brasília), o petróleo tipo Brent cai -0,13% para US$ 119,65 o barril.

Agenda Econômica do Dia

Nos destaques econômicos dos Estados Unidos, no dia de hoje (17), às 10h15 o mercado aguarda a divulgação da produção industrial mensal.

No Brasil, foi divulgado no Blog do Ibre, que a estiagem crônica foi um dos eventos que impactou o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro na última década.

De acordo com Bráulio Borges, pesquisador associado do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE), a estiagem crônica observada no país entre 2012 e 2021 impactou o crescimento econômico, visto que, o agronegócio tem uma elevada participação no Produto Interno Bruto (PIB) do país.

Dólar

O dólar comercial iniciou a sessão desta sexta-feira (17), com viés de alta de 2,17%, a R$ 5,135.

Pouco depois das 9h00 (horário de Brasília), o dólar era negociado aos R$ 5,135 para compra, e aos R$ 5,135 para venda.

A moeda norte-americana acumula uma valorização de 8,72% em junho e uma baixa de -7,65% no acumulado de 2022.

Melhores Ações para 2022: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

Indicadores Econômicos

Confira os principais indicadores econômicos hoje:

IndicadorValor
DólarR$ 5,135
IPCA+0,47%
IGP-M+0,52%
CDI+0,521300%
Selic+13,25%
Poupança+0,649100%

Como Acompanhar o Mercado Financeiro? Baixe o Aplicativo com Análises de Especialistas

Preços das Criptomoedas Hoje

O valor de mercado global de criptomoedas agora é de US$ 0,91 trilhão, uma queda de -2,88% em relação ao último dia, de acordo com dados do CoinMarketCap.

O Bitcoin (BTC) foi negociado entre US$ 20,206 mil e US$ 21,768 mil nas últimas 24 horas. A partir das 09:00 (UTC) de hoje, o BTC está sendo negociado a US$ 21,048 mil, uma queda de -3,20%.

A maioria das principais criptomoedas por valor de mercado são negociadas de forma mista. Os destaques do mercado incluem BLZ , CTXC e STORJ , com aumento de 2,9%, 24% e 19%, respectivamente. Veja as cotações das principais criptomoedas hoje do Mercado:

IndicadorPreço24h7dCapitalização
BitcoinUS$ 21.164,75-0,6%-29,7%US$ 403,6 B
EthereumUS$ 1.105,70-1,3%-38,2%US$ 134,1 B
Binance CoinUS$ 219,79+1,0%-24,2%US$ 35,9 B
SolanaUS$ 32,02+1,8%-19,9%US$ 10,9 B

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Commodities

Confira os números das principais commodities hoje:

CommodityValor (US$)Oscilação
Ouro1.848,40-0,08%
Prata21,850-0,16%
Cobre4,0840-0,58%
Petróleo WTI117,34-0,21%
Petróleo Brent119,65-0,13%

Não deixe de acompanhar diariamente o Morning Call TheCap no seu celular, baixe o aplicativo do mercado financeiro gratuitamente agora!

Assim fechamos mais um Morning Call, bons investimentos a todos!

Informe o DDD + 9 dígitos