HGBS11: Fundo Imobiliário Hedge Brasil Shopping Vale a Pena?
| ,

HGBS11: Fundo Imobiliário Hedge Brasil Shopping Vale a Pena?

Conheça o Fundo Imobiliário Hedge Brasil Shopping (HGBS11): Dividendos, Rentabilidade, Subscrição e Riscos.

Por
Atualizado em 29/10/2020

Posicionado como o maior fundo imobiliário de shopping centers do mercado em 2019, o HGBS11 fechou o ano com rentabilidade bruta de 33,4%.

O fundo HGBS11 gera rendimentos mensais a seus cotistas através da exploração de empreendimentos comerciais. 

Seu foco de investimento são shopping centers em etapa de entrega ou já em operação.

A carteira do fundo apresentava 13 propriedades em dezembro de 2019, localizadas em 9 cidades estratégicas brasileiras.

Com um valor de mercado de R$ 3 bilhões, o HGBS11 assume a posição de maior fundo em seu segmento. 

Se você busca mais eficientes de ampliar seu capital, precisa investir nos melhores fundos imobiliários do mercado. Assim, conhecer as características do HGBS11 é fundamental! 

Neste artigo, você entenderá: 

  • O que é HGBS11;
  • Rendimentos do HGBS11;
  • Rentabilidade do HGBS11;
  • Negociação e Liquidez do HGBS11;
  • Riscos do HGBS11;
  • Se o HGBS11 vale a pena. 

Leia até o final e descubra se o fundo imobiliário HGBS11 vale a pena e deve fazer parte de sua carteira.

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

O que é HGBS11 FII?

O código HGBS11 identifica o fundo imobiliário Hedge Brasil Shopping Fundo de Investimento Imobiliário, iniciado em dezembro de 2006. 

Gerido pela Hedge Investments Real Estate Gestão de recursos Ltda, de São Paulo, o HGBS11 é um fundo do tipo tijolo

Nele, os recursos são investidos maiormente em imóveis físicos e os lucros surgem da valorização, compra, venda e aluguel desses ativos. 

No HGBS11, o foco são os shopping centers. 

A gestão investe em shoppings já construídos ou em operação, que tenham superfície de ao menos 15 mil m2 e se localizem em regiões estratégicas, com no mínimo 500 mil habitantes. 

A primeira emissão de cotas trouxe ao mercado 45 mil cotas, comercializadas a R$ 1 mil cada. 

Em dezembro de 2019, o fundo apresentava um valor de mercado de R$ 3 bilhões.

HGBS11 Rendimentos

Os rendimentos mensais do HGBS11 em dezembro de 2019 foram de R$ 1,40 por cota, o que significa 0,49% sobre seu valor atual. 

Ao longo dos 12 meses anteriores, os dividendos pagos somaram R$ 17,40, representando 7,36% em relação ao valor de cota. A média do período foi de R$ 1,45 em rendimentos mensais. 

Veja o histórico de rendimentos do HGBS11: 

DividendosDez/20196 meses 12 mesesDesde o IPO
Retorno (por cota)R$ 1,40R$ 8,40R$ 17,40R$ 166,8250
Percentual sobre o valor de cota0,49% 2,97% 6,15%58,95%

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

Rentabilidade HGBS11

Veja abaixo o gráfico da rentabilidade do HGBS11 em 2019 e desde seu início, comparado com o IFIX (benchmark) e outros indicadores. 

HGBS11Dez/20192019Início
Cota Aquisição (R$)286,99238,00100,00
Renda Acumulada0,49%7,36%190,49
Ganho de Capital Líquido3,62%20,84%159,99
TIR Líq. (Renda + Venda)4,12%29,24%779,28%
TIR Líq. (Renda + Venda) ao ano62,37%29,11%18,10%
% CDI Líquido1288%579%401%
Retorno Total Bruto5,0%33,4%390,5%
IFIX10,6%36,0%N/A*
% IFIX47%93%N/A*

Fonte: Relatório Gerencial HGBS11 dez/2019

* O IFIX começou em janeiro de 2011, após o início do fundo. 

A cota não- ajustada fechou dezembro de 2019 em R$ 299,99, uma variação de 4,52% que, somada aos rendimentos distribuídos, representou uma rentabilidade bruta de 5% no mês e 33,4% no período. 

No gráfico abaixo, se compara a série histórica acumulada (base 100) de alguns indicadores do mercado em relação ao valor de cota e rendimentos, contemplando o período a partir do início do IFIX em janeiro de 2011. 

Gráfico Rentabilidade fundo imobiliário HGBS11 dez-2019.
Gráfico Rentabilidade fundo imobiliário HGBS11 dez-2019. Fonte: Relatório Gerencial.

Resumo da Carteira do HGBS11 

A carteira do HGBS11 é composta por ativos imobiliários, fundos de renda fixa, FII líquidos e CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários). 

Na data, sua carteira apresentava a seguinte composição: 

Gráfico diversificação fundo imobiliário HGBS11 dez-2019.
Gráfico diversificação fundo imobiliário HGBS11 dez-2019. Fonte: Relatório Gerencial.

Quantidade e Localização dos Ativos

O fundo imobiliário HGBS11 apresenta investimento em 13 shopping centers, localizados em 5 estados brasileiros. 

A maior parte deles (85%) se encontra no estado de São Paulo, estado com maior PIB do país e segundo per capita da Federação. 

  • 85% São Paulo;
  • 4% Mato Grosso;
  • 4% Rio de Janeiro
  • 4% Rio Grande do Sul;
  • 3% Santa Catarina.

SHOPPING PENHA

Participação: 87,6%

Endereço: Rua Dr. João Ribeiro, 304 

Cidade: São Paulo – SP

Área Bruta Locável: 29,7 mil m2

SHOPPING WEST PLAZA

Participação: 88,8%

Endereço: Av. Francisco Matarazzo, s/n

Cidade: São Paulo – SP

Área Bruta Locável: 36,8 mil m2

SÃO BERNARDO PLAZA SHOPPING

Participação:35%

Endereço: Av. Rotary, 624

Cidade: São Bernardo do Campo – SP

Área Bruta Locável: 43 mil m2

MOOCA PLAZA SHOPPING

Participação: 20%

Endereço: Rua Cap. Pacheco e Chaves, 313

Cidade: São Paulo – SP

Área Bruta Locável: 42 mil m2

TIVOLI SHOPPING CENTER

Participação: 59%

Endereço: Av. Santa Bárbara, 777

Cidade: Santa Bárbara D’Oeste – SP

Área Bruta Locável: 24,7 mil m2

GOIABEIRAS SHOPPING CENTER

Participação: 54%

Endereço: Av. José Monteiro de Figueiredo, 500

Cidade: Cuiabá – MT

Área Bruta Locável: 26,3 mil m2

I FASHION OUTLET

Participação: 49%

Endereço: Rodovia BR 116, Km 239

Cidade: Novo Hamburgo – RS

Área Bruta Locável: 20,1 mil m2

SANTANA PARQUE SHOPPING

Participação: 15%

Endereço: Rua Conselheiro Moreira de Barros, 2780

Cidade: São Paulo – SP

Área Bruta Locável: 26,5 mil m2

SUZANO SHOPPING

Participação: 15%

Endereço: Rua Sete de Setembro, 555

Cidade: Suzano – SP

Área Bruta Locável: 24,1 mil m2

PARQUE SHOPPING DOM PEDRO

Participação: 10,52%

Endereço: Av. Guilherme Campos, 500

Cidade: Campinas – SP

Área Bruta Locável: 126,9 mil m2

VIA PARQUE SHOPPING

Participação: 11,6%

Endereço: Av. Ayrton Senna, 3000

Cidade: Rio de Janeiro – RJ

Área Bruta Locável: 57,2 mil m2

SHOPPING PRAÇA DA MOÇA

Participação: 17,99%

Endereço: Rua Graciosa s/n

Cidade: Diadema – SP

Área Bruta Locável: 29,8 mil m2

FLORIPA SHOPPING

Participação: 17,4%

Endereço: Rod. SC-401, 3116

Cidade: Florianópolis – SC

Área Bruta Locável: 33,5 mil m2

Negociação e Liquidez HGBS11

O fundo HGBS11 movimentou R$ 195,8 milhões em dezembro de 2019, com um giro de 6,8% do total de cotas. 

O montante corresponde a uma média aproximada de R$ 8,9 milhões ao dia. 

Nos 12 meses anteriores, o volume negociado na bolsa de valores (B3) foi de R$ 1,1 bilhão. 

Gráfico Negociação e Volume fundo imobiliário HGBS11 dez-2019.
Gráfico Negociação e Volume fundo imobiliário HGBS11 dez-2019. Fonte: Relatório Gerencial.
Negociação B3dez-19201912 meses
Presença em pregões100%100%100%
Volume negociado (R$ milhões)195,81.118,71.118,7
Giro (% total de cotas)6,8%58,8%58,8%

Riscos do HGBS11

Os principais riscos do HGBS são: vacância, prazo do contrato, risco do inquilino e do setor. 

Vacância

O risco de vacância fala da possibilidade de que um imóvel do portfólio permaneça desocupado, deixando assim de gerar a renda esperada em aluguéis. 

Embora a receita seja inexistente, os gastos naturais dos investimentos seguem. Assim, o fundo deve custear taxas de condomínio, IPTU e quaisquer outras. 

No HGBS11, a taxa de vacância apurada em dezembro de 2019 foi de 4,81%. Em comparação com o mesmo mês do ano anterior, a taxa caiu 2,7%. 

Gráfico vacância fundo imobiliário HGBS11 dez-2019.
Gráfico vacância fundo imobiliário HGBS11 dez-2019. Fonte: Relatório Gerencial.

Prazo do Contrato

O risco do prazo de contrato se relaciona à vacância: cabe a possibilidade de que, em seu término, o imóvel permaneça desocupado, obrigando o fundo assumir seus custos. 

Risco do Inquilino

O risco do inquilino se refere à inadimplência. 

Caso o inquilino não cumpra suas obrigações, o fundo deverá arcar com os custos e a burocracia de medidas judiciais. 

Riscos Próprios do Setor

O HGBS11 é um fundo focado em shopping centers. Com isso, surgem certos riscos próprios do setor: 

  • Desaquecimento econômico e queda de consumo;
  • Condições econômicas desfavoráveis na região onde o empreendimento está localizado;
  • Interesses distintos entre o fundo e demais investidores do shopping. 

Em todos os casos, cabe a possibilidade de uma queda nos rendimentos do fundo imobiliário. 

Além disso, o mercado é altamente competitivo. Isso cria a possibilidade que exista queda nos valores cobrados por locação, o que traria o mesmo efeito negativo sobre os dividendos distribuídos pelo fundo

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

Dados do HGBS11

Agora que já conhece as características do HGBS11, veja seus dados oficiais: 

  • Razão Social: Hedge Brasil Shopping FDO INV IMOB FII
  • CNPJ: 08431747/0001-06
  • Gestor: Hedge Investments Real Estate Gestão de Recursos Ltda.
  • Público Alvo: Investidores em geral
  • Segmento: FII Renda Gestão Ativa – Shoppings
  • Patrimônio Total (12/2019): R$ 2,4 bilhões
  • Taxa de Administração: 0,60 a.a. (ao ano) sobre o valor de mercado das cotas
  • Taxa de Performance: Não há
  • Início do Fundo: dezembro de 2016
  • Quantidade de Emissões: 7
  • Número de Cotistas (12/2019): 51.087
  • Número de Cotas do HGBS11: 10.000.000
  • Regulamento do HGBS11;
  • Relatório Gerencial do HGBS11;
  • HGBS11 Site Oficial (RI)

HGBS11 Subscrição

A subscrição é o direito que o investidor de manter o seu percentual de participação no fundo imobiliário ante uma nova emissão de cotas.

O fundo emite novas cotas geralmente a um preço mais baixo, e seus cotistas têm a preferência pela compra, sempre proporcional ao número atual de cotas que já possuir.

A subscrição não é uma obrigação, mas um direito. Caso não queira efetivar a compra, não é obrigatório. 

Inclusive, certos fundos permitem que você venda esse direito através do home broker da sua corretora de valores.

A última oferta de subscrição do HGBS11 ocorreu em agosto de 2019, com fator de proporção 0,3172289075930. 

Esse fator é aplicado sobre o número de cotas detidos na data da divulgação do anúncio de início. No caso dessa emissão do HGBS11, a cada 100 cotas, o investidor pode adquirir 31 novas cotas ao preço de R$ 236,62 cada (preço de emissão). 

Considerando que a cotação de fechamento no dia 12 de fevereiro a cota estava em R$ 283, o investidor que vendesse seu direito lucraria 19,59% com a diferença de cotação.

Dúvidas sobre HGBS11

Veja as dúvidas mais comuns sobre o HGBS11.

Como comprar HGBS11?

A compra de cotas do HGBS11 é feita através de uma corretora de valores

Transfira o valor que deseja investir para sua conta e acesse o Home Broker. Então, procure pelo código do fundo (HGBS11) e selecione a quantidade de cotas e seu valor. 

A partir daí, basta enviar a ordem de compra e aguardar a confirmação. 

Onde achar o informe de rendimentos do HGBS11?

O informe de rendimentos é encontrado através do site da B3, na página dedicada ao fundo. Acesse a aba ‘relatórios financeiros’. 

Onde achar o relatório gerencial do HGBS11?

O relatório gerencial está disponível através da página do HGBS11 no site da B3. Acesse a aba ‘informações relevantes’.

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

HGBS11 Vale a Pena?

Sim, o HGBS11 vale a pena. 

É um fundo gerido com competência, que apresenta retorno consistente e boa liquidez. 

A carteira é conta com ativos bem localizados e a concentração em São Paulo faz sentido, já que é o estado com o maior PIB e concentra parte ao aproximadamente 32% dos shoppings do país. 

Assim, o HGBS11 é um fundo que deve entrar em sua carteira. Mas, não é o único. Cuide a porcentagem e o valor a pagar pela cota. 

Lembre-se que, antes de investir em fundos imobiliários é necessário conhecer seu perfil de investidor para fazer uma boa alocação de ativos e se expor a um nível adequado de risco.

Faça aqui um teste online de perfil e receba uma sugestão de ativos para a sua carteira.

Agora me conte: Te interessam os melhores FIIs do mercado?

Preparei um relatório com os 3 Melhores FIIs para Receber Aluguéis, para que você comece a ganhar renda de aluguéis, mesmo que tenha pouco dinheiro ou ainda não saiba como investir.

Baixe agora! Depois, volte e deixe um comentário. Quero saber se o relatório ajudou você a investir melhor.

Análise de FIIs

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE