Hermes Pardini (PARD3) Bate 3 Mi de Exames de Covid-19 em Março
| ,

Hermes Pardini (PARD3) Bate 3 Mi de Exames de Covid-19 em Março

Segundo o grupo, houve crescimento de 21,6% no número de exames realizados em comparação com as últimas quatro semanas anteriores.

Por
Atualizado em 19/04/2021

O Instituto Hermes Pardini (PARD3) alcançou a marca de 3 milhões de exames de covid-19 no Brasil no início de março.

Segundo o grupo, houve crescimento de 21,6% no número de exames de RT-PCR realizados em todo Brasil em comparação com as últimas quatro semanas anteriores (entre fevereiro e março). Na última semana, houve uma redução de 33,3% em relação à semana anterior.

Banner will be placed here

“Sendo assim, nesse período confirmamos o início da redução do número de exames de RT-PCR dentro dos laboratórios parceiros e lojas próprias do Pardini”, afirma a companhia em fato relevante.

O Hermes Pardini destaca que identificou queda de 0,4 ponto porcentual (p.p) na média de resultados positivos em relação à média das últimas quatro semanas anteriores.

A semana fechou com porcentual de 29% de exames que testaram positivo para a covid-19. 

Regiões 

A região Norte foi proporcionalmente a que mais reduziu em volume de testes em relação à média nacional na última semana, de 46,7%. Considerando as últimas quatro semanas, o volume dos testes aumentou 31%.

Já o índice de casos, mesmo apresentando redução de 10,9 p.p em relação à média das quatro semanas anteriores, na última semana atingiu a maior taxa em relação à média, fechando com 35,7%.

Com a menor taxa de positividade, em relação à média nacional, na última semana, o Centro-Oeste atingiu 24,4%.

O dado representa redução de 7,3 p.p em relação à média das quatro semanas anteriores. Contudo, a empresa identificou uma redução de 40,8% em volume de testes em relação à semana anterior.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Nas últimas quatro semanas, a região apresentou crescimento de 10% em relação às últimas quatro semanas anteriores. O Sul foi a região que mais reduziu o volume de testes em relação à média nacional.

Na última semana, foi identificada redução de 36,5% em volume de testes em relação à semana anterior e queda de 32% em relação às últimas quatro semanas anteriores. A positividade na última semana foi de 28,4% , o que representou redução de 11,7 p.p.

Essa foi a maior redução de positividade em relação à média das quatro semanas anteriores, segundo a companhia.

A região Sudeste apresentou redução de 22,3% em volume de testes em relação à média nacional na última semana, e segue apresentando redução de 4,2% relação às últimas quatro semanas anteriores.

Já a positividade na última semana foi de 34,5%, redução de 1,9 p.p em relação à média das quatro semanas anteriores.

Por fim, nas últimas quatro semanas, o Nordeste apresentou crescimento de 33,6% em número de testes, em relação às últimas quatro semanas anteriores.

“Apesar de ser a região com maior número de testes realizados, identificamos queda de 32,4% em volume de testes em relação à semana anterior.”

“A positividade na última semana foi de 28,3%, um indicador de redução de 4,5 p.p em relação à média das quatro semanas anteriores”, conclui o Grupo Pardini.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Hermes Pardini no Quarto Trimestre de 2020

O resultado da Hermes Pardini (PARD3) no quarto trimestre de 2020 (4t20), divulgado no dia 24 de março, apresentou um lucro líquido de R$ 43,4 milhões, baixa de -1,9% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Hermes Pardini atingiu R$ 103,7 milhões no 4t20, apresentando crescimento de 21,3% na comparação com o 4t19.

A margem Ebitda da Hermes Pardini totalizou 21,6% no 4t20, apresentando retração de -4,4 ponto percentual na comparação com o 4t19. 

A Margem líquida da Hermes Pardini atingiu 9,1% no 4t20, apresentando retração de -4,4 ponto percentual na comparação com o 4t19.

As ações da Hermes Pardini (PARD3) acumulam alta de 0,39% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 4,45% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Estadão Conteúdo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE