A Grendene (GRND3) e a gestora 3G Radar negociam a formação de uma joint venture para atuação no exterior.

No domingo, 4, as empresas assinaram memorando de entendimentos não vinculante para a joint venture, que terá controle pela 3G de 50,1% e a Grendene, 49,9% do capital social.

O compromisso de investimento ao longo de 24 meses será de US$ 100 milhões na mesma proporção das fatias detidas na nova empresa, que visa a distribuição e a comercialização dos produtos Grendene em determinados mercados internacionais.

Ainda de acordo com o fato relevante, as empresas deverão compor um acordo de acionistas e um acordo master de distribuição e franquia em até 90 dias.

Negociação Atípica

Antes da divulgação do acordo, no último dia 2 de julho a B3 (B3SA3) apurou negociação atípica de ações da Grendene, conforme ofício enviado à companhia.

A empresa respondeu que até aquele momento havia sigilo sobre a negociação e que acredita que não tenha escapado ao seu controle a informação.

Diz ainda que o memorando (MOU) foi divulgado após a verificação pela companhia dessas oscilações atípicas.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Grendene no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado da Grendene (GRND3) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 29 de abril, apresentou um lucro líquido de R$ 129,2 milhões no 1t21, uma alta de 334,3% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Grendene atingiu R$ 127,1 milhões no 1t21, apresentando crescimento de 109% na comparação com o 1t20.

A margem Ebitda da Grendene totalizou 24,3% no 1t21, apresentando crescimento de 8,0 ponto percentual na comparação com o 1t20.  

A Margem líquida da Grendene atingiu 24,7% no 1t21, apresentando crescimento de 16,7 ponto percentual na comparação com o 1t20.

As ações da Grendene (GRND3) acumulam alta de 6,75% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 48,35% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.