A Cemig (CMIG4) pretende investir R$ 22,5 bilhões em geração, transmissão, distribuição, geração distribuída e comercialização de gás até 2025, de acordo com o presidente da companhia, Reynaldo Passanezi.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Segundo ele, que apresentou o plano no Assembleia Fiscaliza, ciclo de reuniões e prestação de contas ao Legislativo mineiro, no início de mês, esse é o maior plano de investimento da história da companhia.

Até 2027, serão 200 novas subestações em todas as regiões do Estado de Minas Gerais, sendo que 80 novas subestações já em estão em processo de implantação, e 23 delas estarão em operação ainda neste ano.

No primeiro semestre do ano, a Cemig entregou quatro subestações em Serra do Salitre, Águas Vermelhas, Nova Serrana e São Bento do Abade.

Em julho, a subestação de Varjão de Minas, no Triângulo Mineiro, também entrará em operação.

As novas subestações vão se juntar aos 413 equipamentos que a companhia já possui, totalizando 613 instalações deste tipo.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

O plano prevê ainda o atendimento a todos os municípios com dupla alimentação em média tensão, a implantação de 1 milhão de medidores inteligentes e a construção de 3.100 quilômetros de linhas de transmissão em alta tensão.

Além disso, a Cemig se prepara para dar início ao programa Minas Trifásico, com o objetivo de converter redes monofásicas em trifásicas no interior do Estado.

Até 2027, está prevista a conversão de 21.000 quilômetros de redes monofásicas para trifásicas e a construção de 5.000 quilômetros de interligações de circuitos em Minas Gerais.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Cemig no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado da Cemig (CMIG4) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 14 de maio, apresentou um lucro líquido de R$ 422,4 milhões no 1t21, contra prejuízo de -R$ 68,1 milhões em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Cemig atingiu R$ 1,6 bilhão no 1t21, apresentando crescimento de 22,9% na comparação com o 1t20.

A margem Ebitda da Cemig totalizou 23,3% no 1t21, apresentando crescimento de 1,0 ponto percentual na comparação com o 1t20.  

As ações da Cemig (CMIG4) acumulam queda de 3,19% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 38,68% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.