BR (BRDT3) Implanta Torre de Controle para Aumentar Produção
SIMULE AGORA
| ,

BR (BRDT3) Implanta Torre de Controle para Aumentar Produção

Segundo a BR Distribuidora, a expectativa, a partir da implantação dessa tecnologia, é gerar uma economia de cerca de R$ 95 milhões.

Por
Atualizado em 13/08/2021

A BR Distribuidora (BRDT3) implantou uma Torre de Controle de Eficiência Logística e de Segurança e Meio Ambiente, que funciona como uma central de integração e inteligência para aumentar a eficiência da cadeia produtiva.

Com isso, espera melhorar as etapas de planejamento, processos, execução, métricas e correção de desvios em tempo real.

A expectativa, a partir da implantação dessa tecnologia, é gerar uma economia de cerca de R$ 95 milhões.

Banner will be placed here

“Para efeito de comparação, podemos relacionar a torre de controle logístico a uma torre de aeroporto. Assim como o controle sobre aviões e helicópteros começa antes mesmo do embarque, a TCL busca garantir disciplina operacional e boa execução do trabalho”, afirma Aurélio Souza, Gerente Sênior de Planejamento Logístico na BR Distribuidora.

Em nota, a empresa cita algumas soluções que passará a ter com o uso da tecnologia, como simulação de cenários de demanda e suprimento por meio da otimização de algoritmos; localização de alternativas eficientes de fornecedores; e redução de tempo de carga e descarga.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da BR Distribuidora no Segundo Trimestre de 2021

O resultado da BR Distribuidora (BRDT3) no segundo trimestre de 2021 (2t21), divulgado no dia 10 de agosto apresentou lucro líquido de R$ 382,0 milhões no 2T21, uma alta de 103,2% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda ajustado da BR Distribuidora atingiu R$ 1,0 bilhão no 2T21, apresentando crescimento de 24,8% na comparação com o 2T20.

A margem Ebitda da BR Distribuidora totalizou 3,5% no 2T21, apresentando redução de -2,0 pontos percentuais na comparação com o 2T20.

A margem líquida da BR Distribuidora atingiu 1,3% no 2T21, permanecendo estável na comparação com o 2T20.

As ações da BR Distribuidora (BRDT3) acumulam queda de 2,30% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 37,45% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Estadão Conteúdo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE