O mercado cripto segue em queda nesta quinta-feira (12), com o Bitcoin (BTC) sendo negociado abaixo da casa dos US$ 27 mil e apagando todos os ganhos registrados ao longo de 2021.

A mais popular criptomoeda viu seu preço cair para US$ 26.595,52 no início da madrugada, de acordo com dados da Bitstamp, seu menor nível desde dezembro de 2020.

Ao todo, mais de US$ 1 bilhão em criptomoedas foram liquidados nas últimas 24 horas, de acordo com dados do Coin Glass.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

O movimento é ainda mais acentuado no ethereum (ETH), a segunda maior criptomoeda de valor de mercado, que recuou mais de 22% nas últimas 24 horas, acumulando queda de 35% em uma semana, voltando à faixa de US$ 1.800.

O cenário é ainda pior para as altcoins, conhecidas por serem mais voláteis. 

Entre as 10 criptos com maior valor de mercado, todas registram perdas expressivas, que chegam a casa de 30%, com solana (SOL) e cardano (ADA) caindo 31%, e a cripto meme dogecoin (DOGE) próximo aos 28%.

O mercado, que já vinha de um momento negativo após a alta de juros nos Estados Unidos na semana passada, acentuou a queda após a liquidação promovida pelo projeto Terra (LUNA), que depositou pelo menos US$ 1,5 bilhão em BTC no mercado para tentar se salvar nos últimos dias.

A forte liquidação ocorreu depois que sua stablecoin, TerraUSD , que deveria ser fixada em US$ 1, perdeu completamente sua indexação ao dólar na quarta-feira e caiu para um mínimo de cerca de US$ 0,30.

Sua criptomoeda irmã LUNA também afundou mais de 95% antes de conseguir se recuperar um pouco.