B3 Ganha 900 mil Novos Investidores Durante a Pandemia
|

B3 Ganha 900 mil Novos Investidores Durante a Pandemia de Coronavírus

A queda da taxa básica de juros motivou o investidor a procurar investimentos mais rentáveis.

Por
Atualizado em 17/08/2020

Apenas de março a julho 900 mil pessoas começaram a investir na Bolsa de Valores Brasileira (B3), elevando o total para quase 3 milhões de investidores.

A adesão de pessoas físicas na bolsa de valores vem crescendo. Desde que alcançou a marca de 1 milhão de CPFs em julho do ano passado, o número aumenta mês a mês.

Durante a pandemia de coronavírus, esse aumento ganhou ainda mais força.

Somente de março a julho deste ano foram 900 mil novos CPFs.

Com isso, a B3 se aproxima da marca de 3 milhões de investidores do tipo pessoa física, totalizando 2.842.239.

A entrada de novos investidores brasileiros conseguiu compensar parte da retirada de capital estrangeiro da Bolsa.

Durante o mesmo período, os estrangeiros sacaram R$ 44,7 bilhões do mercado de capitais.

Foi também a entrada de capital local que ajudou na recuperação das companhias abertas nos primeiros meses da crise e que realocou o Ibovespa acima do patamar de 100 mil pontos.

O principal índice da Bolsa Brasileira chegou a perder 60% de seu valor entre março e abril.

A Crise do Coronavírus trouxe grandes lições para o Investidor Brasileiro, entre elas a importância da renda variável, principalmente no cenário atual.

As recentes quedas da Taxa Selic aumentam as oportunidades da Bolsa de Valores e tornam a renda fixa cada vez mais inviável para acumular patrimônio.

Com a taxa básica de juros (Selic) no seu menor patamar histórico, a 2% ao ano, o brasileiro se viu obrigado a tomar mais risco em busca de um retorno maior.

Banner will be placed here

Perfil dos investidores na B3 (Julho 2020)

De acordo com o informativo mais recente divulgado pela B3, há mais de 2,8 milhões de pessoas físicas investindo na Bolsa.

A maioria são homens (74,4%), na faixa etária de 16 a 45 anos.


Quantidade de Investidores%
Pessoas Físicas2.824.23998,95%
Homens2.123.64774,40%
Mulheres700.59224,55%
Pessoas Jurídicas30.0041,05%
Total2.854.243 

Fonte: B3

Perfil PF por Faixa etária
IdadeHomensMulheresTotal
Até 15 anos5.6934.51710.210
De 16 a 25 anos278.94175.016353.957
De 26 a 35 anos723.208229.579952.787
De 36 a 45 anos573.455172.818746.273
De 46 a 55 anos251.05490.697341.751
De 56 a 65 anos164.46672.285236.751
Maior de 66 anos126.83055.680182.510
TOTAL2.123.647700.5922.824.239

Fonte: B3

Número de investidores na B3 nos últimos anos

Desde meados de 2016, a Bolsa de Valores Brasileira, B3, tem notado um crescimento no número de investidores pessoa física.

Após uma década estacionada em torno dos 500 mil investidores pessoa física, a Bolsa saltou de 700 mil investidores no final de 2018 para quase 3 milhões em julho de 2020.

Foram 900 mil novas pessoas físicas somente entre março e julho deste ano.

Participação pessoa física na B3
Distribuição da participação de homens e mulheres
AnoHomensMulheresTotal PF
Qtd%Qtd%Qtd
200270.21982,37%15.03017,63%85.249
200369.75381,60%15.72518,40%85.478
200494.43480,77%22.48019,23%116.914
2005122.22078,76%32.96321,24%155.183
2006171.71778,18%47.91721,82%219.634
2007344.17175,38%112.38624,62%456.557
2008411.09876,63%125.38523,37%536.483
2009416.30275,37%136.06224,63%552.364
2010459.64475,24%151.27124,76%610.915
2011437.28774,98%145.91525,02%583.202
2012438.60174,70%148.56425,30%587.165
2013440.72774,79%148.54925,21%589.276
2014426.32275,57%137.79424,43%564.116
2015424.68276,23%132.42723,77%557.109
2016433.75976,90%130.26523,10%564.024
2017477.88777,13%141.73822,87%619.625
2018633.89977,94%179.39222,06%813.291
20191.292.53676,89%388.49723,11%1.681.033
20202.123.64775,19%700.59224,81%2.824.239

Causas do Aumento de CPFs na Bolsa

A queda da Selic é uma das causas do aumento de novos CPFs na Bolsa em plena pandemia.

As seguidas reduções da taxa básica de juros fez com que a renda fixa passasse a oferecer rendimentos cada vez menores.

Para fazer bons investimentos com a queda da Selic a 2%, os investidores passaram a buscar a renda variável

A queda da taxa de juros para os níveis mínimos históricos e o maior acesso à informação fizeram com que os investidores brasileiros buscassem alternativas mais lucrativas.

O crescimento do número de investidores na B3 representa uma mudança no perfil do investidor brasileiro.

Para aqueles que buscam retornos reais acima da inflação, é preciso diversificar seus investimentos e alocar uma parte na Bolsa de Valores.

Quer fazer parte desses quase 1 milhão de novos investidores da B3 e obter retornos melhores?

Então baixe o gratuitamente o e-book: Como Começar a Investir do Zero e aproveite o bom momento da bolsa de valores.

Como Começar Investir? Baixe Grátis o Livro Digital “Como Começar a Investir do Zero”.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE