A Americanas (LAME4) informou na quarta-feira, 12, através de fato relevante que aprovou o programa de recompra de ações de emissão da própria companhia, que se encerrará em 10 de fevereiro de 2023, até o limite de 17.500.000 ações ordinárias.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O objetivo da operação é a aquisição de ações para maximizar a geração de valor para os acionistas, por meio de uma administração eficiente da estrutura de capital.

Sendo que as ações recompradas poderão ser utilizadas para atender ao disposto nos planos de remuneração baseados em ações da companhia, podendo ainda ser mantidas em tesouraria, canceladas e/ou alienadas posteriormente, em operações públicas ou privadas.

A companhia tem, em circulação, nesta data, 422.887.895 ações ordinárias. A aquisição dar-seá a débito das contas de reservas disponíveis constantes do ITR de 30 de junho de 2021.

A operação será realizada através das seguintes instituições financeiras, BTG Pactual (BPAC11), Credit Suisse, Itaú BBA (ITUB4), UBS Brasil e XP Investimentos.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Resultado da Lojas Americanas no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado da Lojas Americanas (LAME4) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 6 de maio, apresentou um prejuízo de -R$ 163 milhões no 1t21, contra um prejuízo de -R$ 49,2 milhões em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Lojas Americanas atingiu R$ 461,5 milhões no 1t21, apresentando retração de -21,5% na comparação com o 1t20.

A margem Ebitda da Lojas Americanas totalizou 8,8% no 1t21, apresentando retração de -3,6 ponto percentual na comparação com o 1t20. 

A Margem líquida da Lojas Americanas atingiu -4,3% no 1t21, apresentando retração de -2,2 ponto percentual na comparação com o 1t20.

As ações da Lojas Americanas (LAME4) acumulam queda de 3,95% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 53,52% nos últimos 12 meses.