15 Mandamentos das Finanças Pessoais
|

15 Mandamentos das Finanças Pessoais

Viva de acordo com essas regras e diminua suas preocupações financeiras.

Por
Atualizado em 20/01/2021

Os mandamentos das finanças pessoais podem te ajudar a controlar seu orçamento e atingir seus objetivos financeiros. 

Para ser um investidor de sucesso, antes você precisa colocar suas finanças pessoais em ordem.

Embora a situação financeira de cada um seja única, existem algumas regras que podem te guiar à independência financeira.

Uma delas diz que poupar é mais importante do que investir. Afinal, é preciso do dinheiro economizado para investir.

Seguir esses mandamentos das finanças pessoais não é garantia de sucesso, mas elas podem te colocar no caminho para ter uma vida financeira mais tranquila.

Veja o que fazer para organizar suas finanças.

1- Tenha um planejamento financeiro

Para não ter problemas com o dinheiro, você precisa saber controlá-lo.

Dedique alguns minutos do seu mês para monitorar todo seu orçamento, saber suas receitas e os seus gastos e ver para onde vai o seu dinheiro.

No seu planejamento financeiro, liste todos os seus gastos e veja onde pode economizar

Estipule metas de economia e as cumpra.

2- Mantenha as dívidas sob controle

O ideal é não ter nenhuma dívida de consumo, mas, nem sempre isso é realista. 

Você pode ter dívidas de empréstimos estudantis, cartões de crédito, financiamento do carro ou qualquer outro tipo de dívida que está tentando administrar. 

Em termos de quantidade, a maioria dos especialistas em planejamento financeiro concorda que o total dos pagamentos mensais de  dívida não deve comprometer mais que 35% da sua renda mensal bruta.

Esta é uma boa referência para buscar reduzir esse número.

Caso tenha dívidas altas, tente renegociar para minimizar as taxas de juros.

Vá pagando todas as dívidas e evite adquirir novas.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

3- Evite dívidas de cartão de crédito e cheque especial

O uso do cheque especial já é um sinal de que você gastou mais do que devia.

O cartão de crédito também pode ser um vilão para aqueles que não têm o controle financeiro necessário.

Lembre-se que a conta chega e tudo isso pode virar uma bola de neve sem você perceber.

4- Prefira pagar à vista e com desconto

Economizar o dinheiro para comprar à vista é, na maioria das vezes, o melhor.

Além de evitar o endividamento, pagando à vista é possível negociar um valor melhor.

5- Gaste menos do que você ganha

Essa é a regra fundamental em finanças pessoais

Você precisa gastar menos do que ganha e investir a diferença para o futuro.

Se seus ganhos não forem maiores do que suas despesas, você simplesmente não alcançará seus grandes objetivos financeiros por conta própria.

Por isso, viva abaixo de suas possibilidades, não dentro ou acima de suas possibilidades.

Não caia na bobeira de querer passar a impressão de que é rico, mas viver colecionando boletos vencidos e limites de bancos estourados.

Prefira ser verdadeiramente rico.

6-  Sua Liberdade Financeira não depende necessariamente de quanto você ganha, mas do quanto poupa

O que define a sua vida financeira não é quanto você ganha e sim do quanto você consegue economizar por mês.

Há uma grande diferença entre ganhar muito dinheiro e ficar rico.

Ter uma renda alta não o torna automaticamente rico, assim como ter uma renda baixa não o torna automaticamente pobre. 

Tudo o que importa é quanto de sua receita você reserva para investir.

Tem gente que ganha muito, mas gasta tudo que ganha. Outros ganham pouco, mas sempre tem algum dinheiro investido.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

7-  Economizar é mais importante do que investir

Investir com inteligência é a melhor maneira de multiplicar seu patrimônio, mas para investir, você primeiro precisa poupar.

Além do tempo e da rentabilidade do investimento, o valor investido também é fator determinante para seus resultados.

8-  Ganhe mais dinheiro

Economizar é uma ótima maneira de progredir, mas é uma estratégia incompleta.

A independência financeira está baseada em 3 pilares:

  • Ganhar mais;
  • Gastar menos;
  • Investir melhor.

Para acelerar sua liberdade financeira, estude maneiras de ganhar mais. Seja se desenvolvendo na sua profissão, achando outras fontes de renda, empreendendo.

9-  Economize um pouco mais a cada ano

O truque para economizar mais dinheiro ao longo do tempo é aumentar suas taxas de poupança toda vez que receber um aumento.

Ou seja, ganhe mais, mas não aumente seus gastos na mesma proporção.

Para evitar cair na tentação de gastar, crie o hábito de se pagar primeiro. Assim, logo que receber seu salário, já destine uma parte para seus investimentos.

10- Seu nome é seu crédito

Evite emprestar seu nome para alguém comprar algum produto ou ficar de avalista.

Seu nome e seu crédito são coisas que são conquistadas com o tempo, organização e honestidade.

Não deixe um amigo ou parente desonesto ou desorganizado estragar tudo que conquistou.

11-Tenha metas financeiras

Estipule metas de curto, médio e longo prazo.

Com metas claras e definidas fica mais fácil direcionar suas ações para conquistá-las e avaliar como seu planejamento está indo.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

12- Tenha uma reserva de emergência

Segundo dados da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), 62% da população brasileira não economizou em 2019 e teve que enfrentar a crise causada pelo coronavírus sem fundos.

Todos nós precisamos de uma reserva de emergência que cubra nossas despesas caso algo inesperado aconteça, como, por exemplo, perda do emprego, problemas de saúde ou até pagar o conserto do carro. 

Para estas e outras emergências o aconselhável é que tenha aplicado em investimentos de baixo risco e liquidez diária o equivalente a 6 a 12 meses de subsistência.

13- Resista à tentação de gastar as reservas

A reserva de emergência, como o próprio nome diz, serve para situações de emergência. Não caia na tentação de usá-la para comprar algo supérfluo.

Antes de comprar qualquer coisa, pare e analise se é mesmo necessário. Se for, se programe para ter dinheiro para comprar sem que precise mexer em suas reservas.

14-  Cerque-se de pessoas de sucesso e com valores que você quer para a sua vida

“Você é a média das 5 pessoas que mais convive”. A frase é polêmica, mas, segundo muitos especialistas, tem seu fundo de verdade.

O master coach Paulo Vieira acredita que as pessoas são influenciadas pelo meio coletivo em que convivem diariamente. É o que ele chama de “contágio social”.

Esse contágio ocorre em todos os aspectos da vida, inclusive o financeiro.

Por exemplo, se você se cerca de pessoas que fazem atividade física, você tende a ser contagiado a se movimentar.

Se está com pessoas que se alimentam bem, tende a começar a se alimentar melhor.

Se convive com pessoas ricas, com bons valores, tende a aprender a ser bem sucedido também.

Por isso, escolha seus amigos com sabedoria.

Crie relacionamentos de valor, com pessoas que tenham pontos de vista financeiros semelhantes aos seus e com as quais você pode aprender inúmeras coisas.

Isso não se trata de ser frio ou agir com desprezo. Basicamente é achar o grupo no qual você pertence ou quer pertencer.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

15- Não pense em aposentadoria, pense em independência financeira

Seu objetivo não deve ser chegar a certa idade para se aposentar, mas sim, chegar ao ponto em que você não precisa mais se preocupar com dinheiro. 

Seja na idade que for.

Não foque em parar de trabalhar, mas em tornar-se financeiramente independente para usar seu tempo como bem entender.

Segredo da Riqueza
Dicas sobre Liberdade Financeira

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE