O que é Subsídio Habitacional?

Conquistar a casa própria parece um sonho difícil ou mesmo impossível de realizar. No entanto, existem alguns programas e benefícios que podem facilitar essa aspiração, como o subsídio habitacional.

Esse benefício permite que as famílias brasileiras, principalmente as de baixa renda, tenham casa própria e melhor qualidade de vida. Ao todo, existem muitos tipos de programas habitacionais subsidiados, mas as regras e os valores podem ser diferentes.

O subsídio habitacional é o valor que o governo federal concede às famílias de baixa renda para a compra de casas ou apartamentos.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Esse benefício é como um desconto, apenas na compra de um imóvel. Esse valor reduz os custos de financiamento e barateia o parcelamento.

Na prática, os subsídios são usados ​​como descontos nas parcelas de financiamento. Em outras palavras, reduz o valor que o comprador paga em última instância.

Como funciona o Subsídio Habitacional?

O subsídio habitacional aplica-se apenas à compra da primeira propriedade da família. Como o valor é pago pelo governo, não há necessidade de reembolso, mas sua aprovação depende da análise de alguns fatores.

A renda familiar total mensal é o foco da análise, pois o valor do subsídio varia com ela, quanto menor a renda, maior o benefício. Normalmente, há um limite máximo para limitar a quantidade de recompensas, mas o limite é diferente em cada região.

Embora o pagamento tenha sido recebido por meio do programa do governo federal, se o comprador estiver envolvido em qualquer violação ou fraude, ele pode ser obrigado a reembolsar o subsídio.

Em primeiro lugar, é importante saber que o valor atribuído não pode ser utilizado como entrada para o imóvel. Isso só pode ajudar a reduzir o número ou o valor das prestações.

Então custos como os de registro do imóvel e o Imposto de Transferência de Bens Móveis, ITBI, são de responsabilidade do solicitante.

Na prática, se um subsídio de 20 mil é fornecido para quem deseja comprar um apartamento popular de 100 mil, os beneficiários do plano só precisam subsidiar 80 mil.

O subsídio de habitação é uma forma de ajudar quem pretende comprar a sua primeira casa. Para considerar, é necessário analisar o valor e a localização da propriedade e a renda familiar.

O valor concedido não pode ser usado como entrada para um apartamento ou casa. O subsídio habitacional é utilizado como redutor do valor do financiamento, ou seja, o parcelamento será reduzido.

Portanto, é importante lembrar que você precisará de 20% do valor total do imóvel para adquirir. O subsídio é válido tanto para apartamentos como para casas, desde que seja para moradia.

Quem tem direito ao Subsídio Habitacional?

Para ser aprovado no programa de auxílio moradia, você deve ser brasileiro ou naturalizado, ter no mínimo 18 anos, não participar de outros programas de auxílio moradia e não possuir nenhum imóvel em seu nome.

Para pessoas com renda mensal relativamente estável e renda familiar não superior a R$ 6.500,00, pode-se entrar em contato com o programa de subsídio habitacional por meio de empreendimentos imobiliários e construtoras respectivamente.

Ressalta-se que esses programas visam atender pessoas de grupos desfavorecidos social e economicamente, priorizando as famílias de baixa renda. Quanto mais baixo o nível de renda, mais benefícios para o governo.

Sem dúvida, a principal vantagem está na redução dos custos de financiamento. Desta forma, o parcelamento fica mais barato e fácil de usar.

Com base no valor do parcelamento, você faz uma previsão com mais facilidade, reduzindo os juros e o prazo de pagamento.