O que é Sinacor?

Sinacor é a sigla para Sistema Integrado de Administração de Corretoras

É um sistema que interliga os intermediários do mercado financeiro, como as corretoras e clientes, ao sistema da B3 (bolsa de valores brasileira).

O Sinacor é o sistema que controla todas as movimentações feitas na bolsa de valores. Essas operações são as compras e vendas de ativos e também a custódia destes mesmos.

Além disso, esse sistema ajuda as corretoras com vários tipos de serviços administrativos, como o armazenamento e disponibilização de informações relativas à movimentação dos usuários da bolsa de valores.

Dentre os vários arquivos de dados que podem ser obtidos pelo Sinacor está aquele que contém informações de Notas de Corretagem.

Por ser um sistema integrado, o acesso a esse tipo de informação pode ser feito através do próprio site da sua corretora de valores.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Para que serve o Sinacor?

Poucas pessoas sabem, mas o Sinacor é um dos sistemas mais importantes para quem investe no mercado de capitais do Brasil.

É praticamente a espinha dorsal das corretoras, e também do mercado de capitais como um todo.

Esse sistema praticamente participa de todas as nossas negociações, de forma direta ou indireta.

Sempre que alguém compra ações, fundos de investimentos, opções ou outros ativos financeiros em uma corretora, é o Sinacor que faz todo esse processo e computa as informações.

Por ser um sistema que integra as corretoras à B3, não precisamos recorrer diretamente ao Sinacor.

Entretanto, é importante saber que é neste sistema que ficam os nossos dados referentes às compras e vendas feitas na bolsa de valores.

É também ao Sinacor que se recorre quando precisamos solicitar as notas de corretagem.

Já reparou que as notas de corretagem apresentam um mesmo formato, seja em qual corretora operemos?

Isso é porque não são as corretoras que emitem as notas de corretagem, mas sim o Sinacor.

Entretanto, quando precisamos dessas notas, fazemos o pedido direto à corretora, que, por sua vez, recorrerá ao Sinacor.

Para ter acesso às suas notas de corretagem não é preciso acessar diretamente o Sinacor, até porque isso não é possível.

Por isso, o que você deve fazer é entrar na área da sua corretora responsável por essas informações e fazer o pedido conforme o período de tempo desejado.

Cada corretora apresenta uma forma específica para isso.

Como funciona o Sinacor?

O Sinacor é um sistema que permite aos usuários, no caso as corretoras, extraírem informações gerenciais.

Esse sistema é composto por 12 módulos:

  1. Cadastros básicos;
  2. Controle de Ordens Bovespa;
  3. Faturamento Bovespa;
  4. Contas correntes;
  5. Tesouraria;
  6. Contas a Pagar e a Receber;
  7. Faturamento BM&F;
  8. Contabilidade;
  9. Custória;
  10. IFT;
  11. DBM - DataBase Marketing;
  12. Controle de Ordens BM&F.

Todos esses módulos interagem entre si. 

Na prática, quando o sistema recebe uma mensagem que uma oferta foi feita na Bolsa de Valores, rapidamente o Sinacor entra em cena e faz os processos necessários.

Basicamente, o sistema faz o acompanhamento da ordem, promove a associação dela e execução, conecta com o financeiro e processa a nota de corretagem que será enviada ao cliente.

Além disso, é o Sinacor quem deduz os valores a serem pagos de impostos e taxas de corretagens que verificamos nas notas.

Além disso, o Sinacor faz a contabilidade, consolida as Informações Financeiras Trimestrais que as corretoras devem enviar ao Banco Central.

Já o módulo de DataBase Marketing permite que as instituições encontrem investidores com o perfil de interesse.

Viu como o Sinacor é fundamental para o bom funcionamento do mercado financeiro?

Basicamente é o sistema que interliga todas as operações e fazem a coisa acontecer.