Sem Trocas, MGLU3 Segue na Carteira Recomendada da XP na Semana
|

Sem Trocas, MGLU3 Segue na Carteira Recomendada da XP na Semana

As ações da Magalu (MGLU3) se mantiveram na carteira recomendada da corretora XP Investimentos para a semana do dia 31 de julho.

Por
Atualizado em 31/07/2020
Avalie esse texto

As ações da Magazine Luiza (MGLU3) entraram na carteira recomendada da XP Investimentos para esta semana, conforme relatório divulgado pela corretora de valores na última sexta-feira (31).

No documento o analista de ações, Gilberto Coelho, comenta que a semana passada foi marcada por realização da carteira recomendada da XP frente ao Ibovespa e o desempenho ficou um pouco abaixo do “Benchmark”.

A carteira recomendada da XP manteve as ações analisadas na semana anterior, permanecendo as ações da Azul (AZUL4), Banco do Brasil (BBAS3), BRF (BRFS3), Gerdau (GGBR4) Magazine Luiza (MGLU3).

Melhores Ações para 2020: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

Segundo analista, a justificativa para as ações entrarem na carteira recomendada são:

  • AZUL3 está em retração de Fibonacci favorecendo retomada dos 22,90 ou 28,00. Tem suportes em 19,22 e 16,77.
  • BBAS3 está em tendência de alta de curto prazo e após pullback na média de 21 dias projeta de 36,20 a 38,80. Tem suportes em 333,50 e 29,75.
  • BRFS3 marcou suporte em 19,85 favorecendo retomada dos 21,62 ou 24,40.
  • GGBR4 está em tendência de alta projetando 18,25 ou 19,50. Suportes em 15,86 e 13,13.
  • MGLU3 segue em tendência de alta, com projeções em 98,50 e 107,90. Tem suportes em 73,25 e 68,35.

Objetivos da Carteira Recomendada da XP

Segundo a XP, a carteira é composta por 5 ativos, tendo cada um o peso igual de 20%.

A Carteira Semanal Top Picks busca retorno a curto prazo, considerando apenas a análise técnica.

O intuito da XP é que a média do retorno dos 5 ativos, ao final da semana, supere o benchmark.

O retorno da carteira recomendada é medido de acordo com os preços de fechamento dos ativos nas sextas.

Não haverá stop gain ou stop loss para os ativos indicados, visto que a ideia da carteira é que a média dos ativos supere o Ibovespa no período.

A XP considera para a seleção dos ativos um corte de liquidez para que os retornos das recomendações reflitam da forma mais fiel a realidade.

São elegíveis preferencialmente ativos do IBX-100.

*Ibovespa calculado no dia da posição da carteira semanal, não em mês fechado.

Análise de Ações

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

Avalie esse texto

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais