O conselho de administração da Sabesp (SBSP3) aprovou a realização da 29ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em até três séries, para distribuição pública no valor de R$ 1,25 bilhão.

Serão 500 mil debêntures na primeira e 750 mil na segunda série. A terceira terá, no mínimo, 150 mil.

O vencimento será a cada cinco anos, sendo 2026, 2031 e 2036 respectivamente.

Os valores relativos à remuneração da primeira série deverão ser pagos semestralmente, com início em 15 de junho de 2022.

Os pagamentos da segunda e terceira são anuais, começando em 15 de dezembro também de 2022.

Os recursos da primeira série serão utilizados para refinanciamento de compromissos financeiros e recomposição de caixa.

Os da segunda e terceira séries serão destinados para investimento, pagamento futuro ou reembolso de gastos, despesas ou dívidas despendidas em até 24 meses antes do encerramento da oferta.

Segundo o fato relevante, será adotado o procedimento de coleta de intenções de investimento para definir a taxa final da remuneração das debêntures, dentre outras características da emissão.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Resultado da Sabesp no Segundo Trimestre de 2021

O resultado da Sabesp (SBSP3) no segundo trimestre de 2021 (2t21), divulgado no dia 12 de agosto, apresentou lucro líquido de R$ 773,0 milhões no 2T21, uma alta de 104,4% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda ajustado da Sabesp atingiu R$ 1,5 bilhão no 2T21, apresentando retração de -8,1% na comparação com o 2T20.

A margem Ebitda ajustada da Sabesp totalizou 31,6% no 2T21, apresentando retração de -4,1 pontos percentuais na comparação com o 2T20.

A margem líquida da Sabesp atingiu 16,8% no 2T21, apresentando crescimento de 8,3 pontos percentuais na comparação com o 2T20.

As ações da Sabesp (SBSP3) acumulam queda de 1,92% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 17,60% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.