A Lojas Renner (LREN3) informou em comunicado ao mercado que, após o ataque cibernético sofrido em 19 de agosto, "continua em execução o plano de proteção e recuperação das operações da companhia".

Segundo a companhia, não há qualquer evidência de vazamento de informações ou dados pessoais, em nenhum dos seus negócios.

"As lojas continuam abertas e operando, o e-commerce foi restabelecido, nos sites e aplicativos, nos dias 21 e 22 de agosto, respectivamente, bem como as operações dos centros de distribuição e backoffice, no decorrer da última semana", diz a empresa.

A Lojas Renner afirma ainda que suas equipes e os profissionais externos contratados "permanecem mobilizados a seguir o plano de proteção e recuperação após o incidente, adotando todos os protocolos de controle e segurança e dando sequência ao trabalho de apuração, documentação e investigação sobre o ocorrido".

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Resultado da Lojas Renner no Segundo Trimestre de 2021

O resultado da Lojas Renner (LREN3) no segundo trimestre de 2021 (2t21), divulgado no dia 12 de agosto, apresentou lucro líquido de R$ 193,1 milhões no 2T21, uma baixa de -76,4% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda ajustado da Lojas Renner atingiu R$ 478,2 milhões no 2T21, apresentando retração de -22,6% na comparação com o 2T20.

A margem Ebitda da Lojas Renner totalizou 21,2% no 2T21, apresentando retração de -93,3 pontos percentuais na comparação com o 2T20.

A margem líquida da Lojas Renner atingiu 7,8% no 2T21, apresentando retração de -93,4 pontos percentuais na comparação com o 2T20.

As ações da Lojas Renner (LREN3) acumulam queda de 3,11% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 10,36% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.