Petrobras (PETR4): Importação de Gasolina Sobe 950% no 3º Tri
SIMULE AGORA
| , ,

Petrobras (PETR4): Importação de Gasolina Sobe 950% no 3º Tri

As importações de gasolina dispararam 950% em relação a igual período do ano passado, e a do diesel, subiram 548,1%.

Por
Atualizado em 21/10/2021

A importação da Petrobras (PETR4) de gasolina e óleo diesel estourou no segundo trimestre deste ano. A da gasolina disparou 950% em relação a igual período do ano passado, e a do diesel, 548,1%.

A explicação está no crescimento do mercado doméstico, diz a Petrobras. O crescimento das importações está no centro do embate da Petrobras com distribuidoras.

No início deste mês, a petrolífera estatal avisou às suas clientes que não vai fornecer uma parcela dos pedidos para novembro.

Banner will be placed here

Para fazer frente à toda demanda nos postos, as distribuidoras vão ter que importar por conta própria. Algumas delas não gostaram da notícia e foram reclamar à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Esse aumento de importação aconteceu ao mesmo tempo em que a Petrobras ampliou a produção nas suas refinarias.

O fator de utilização da capacidade, no terceiro trimestre ficou em 85%, mesmo porcentual de igual período de 2020 e 10 pontos porcentuais acima do trimestre anterior. Em outubro, o fator de utilização já chegou em 90%.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Com esse crescimento expressivo da importação de gasolina e diesel, a exportação líquida da empresa caiu 49,7% na comparação com o terceiro trimestre de 2020.

As exportações totais foram de 813 mil barris por dia (queda de 17,3%) e as importações, de 415 mil bpd (alta de 116%).

A maior parcela importada foi de diesel (175 mil bpd) e a exportada foi de petróleo (604 mil bpd).

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Petrobras no Segundo Trimestre de 2021  

resultado da Petrobras (PETR4) no segundo trimestre de 2021 (2t21), divulgado no dia 04 de maio, apresentou lucro líquido de R$ 42,9 bilhão no 2T21, uma alta de 1.679,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.  

Ebitda ajustado da Petrobras atingiu R$ 61,9 bilhões no 2T21, apresentando crescimento de 147,9% na comparação com o 2T20.  

margem Ebitda ajustada da Petrobras totalizou 55,9% no 2T21, apresentando crescimento de 6,9 pontos percentuais na comparação com o 2T20.   

margem líquida da Petrobras atingiu 38,7% no 2T21, apresentando crescimento de 44,0 pontos percentuais na comparação com o 2T20.  

As ações da Petrobras (PETR4) acumulam queda de 5,74% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 51,41% nos últimos 12 meses. 

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Estadão Conteúdo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE