Petrobras (PETR4) Conclui Oferta de Títulos de R$ 1 Bilhão
| , ,

Petrobras (PETR4) Conclui Oferta de Títulos de R$ 1 Bilhão

A operação representou a menor taxa de retorno (yield) de uma emissão na história da Petrobras para um bond de 10 anos.

Por
Atualizado em 22/10/2020

A Petrobras (PETR4) informa que concluiu ontem, por meio da sua subsidiária integral Petrobras Global Finance B.V. (PGF), a oferta de títulos no mercado de capitais internacional (Global Notes), no valor de US$ 1,0 bilhão, através da reabertura dos títulos PGF 5,60% Global Notes com vencimento em janeiro de 2031.

A operação foi precificada no dia 13 de outubro de 2020, conforme divulgado ao mercado, e representou a menor taxa de retorno (yield) de uma emissão na história da Petrobras para um bond de 10 anos.

Como Lucrar no Mercado Financeiro Hoje? Baixe o Relatório “As 3 Melhores Ações para Investir Hoje”.

Seguem abaixo as principais informações da emissão:

•    Volume emitido: US$ 1,0 bilhão 
•    Cupom: 5,60% a.a.
•    Preço de emissão na reabertura: 109,579% 
•    Rendimento ao investidor: 4,40% a.a.
•    Vencimento: 3 de janeiro de 2031
•    Data dos pagamentos de juros: 3 de janeiro e 3 de julho de cada ano, iniciando em 3 de janeiro de 2021
•    Rating: BB- (Fitch) / Ba2 (Moody’s) / BB- (S&P)

Os recursos captados através desta emissão serão consolidados com o US$ 1,5 bilhão emitido em 3 de junho de 2020, formando uma série única de US$ 2,5 bilhões. 

Os recursos líquidos captados através desta emissão serão utilizados pela Petrobras para o pagamento dos títulos validamente entregues e aceitos na oferta de recompra anunciada em 13/10/2020 e, em caso de excesso, para propósitos corporativos em geral.

Resultado da Petrobras no Segundo Trimestre de 2020

O resultado da Petrobras (PETR4) no segundo trimestre de 2020 (2t20), divulgado no dia 14 de maio, apresentou um prejuízo líquido de R$ 2,7 bilhões, uma baixa de -114,4 em comparação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Petrobras ficou negativo em R$ 23,9 bilhões no 2t20, apresentando retração de -50,5% na comparação com o 2t19.

A margem ebitda foi de 0,05%, permanecendo estável em comparação ao 2t19.

Já a margem líquida da Petrobras atingiu -5,3% no 2t20, apresentando retração de -31,2 p.p. na comparação com o 2t19.

As ações da Petrobras (PETR4) acumulam alta de 0,95% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 28,20% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE