A Oi (OIBR3) informou na segunda-feira, 03, através de fato relevante, que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), aprovou a incorporação da Telemar Norte Leste (Telemar).

Pelo qual foram transferidas para a Oi as outorgas detidas pela sua subsidiária integral para a prestação do Serviço Telefônico Fixo Comutado, nos regimes público e privado, em todas as suas modalidades, e do Serviço de Comunicação Multimídia, incluindo as autorizações de direito de uso de radiofrequência associadas.        

Em função da referida transferência de outorgas, a incorporação da Telemar pela Oi foi implementada e tornou-se efetiva nesta data, nos termos aprovados na Assembleia Geral Extraordinária da Companhia, realizada em segunda convocação no dia 30 de abril de 2021, e em linha com o Plano de Recuperação Judicial Consolidado da Oi e suas subsidiárias em recuperação judicial.     

A incorporação constitui uma das etapas do processo de reestruturação societária e patrimonial das Recuperandas previsto expressamente no Plano, tendo como objetivo a otimização das operações e incremento dos resultados das Recuperandas e demais subsidiárias diretas e indiretas da Oi.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Resultado da Oi no Quarto Trimestre de 2020

O resultado da Oi (OIBR3) no quarto trimestre de 2020 (4t20), divulgado no dia 29 de março, apresentou um lucro líquido de R$ 1,79 bilhão, contra prejuízo de R$ 2,28 bilhões em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Oi atingiu R$ 1,7 bilhão no 4t20, apresentando crescimento de 28,4% na comparação com o 4t19.

A Margem Ebitda da Oi totalizou 34,9% no 4t20, apresentando crescimento de 8,5 pontos percentuais na comparação com o 4t19. 

A Margem líquida da Oi atingiu 37,6% no 4t20, apresentando crescimento de 84,0 pontos percentuais na comparação com o 4t19.

As ações da Oi (OIBR3) acumulam queda de 3,87% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 181,98% nos últimos 12 meses.