Ripple é uma rede de transferência de dinheiro projetada para atender às necessidades do setor de serviços financeiros. Com isso, se aproxima de empresas e bancos, facilitando a forma como as transações são feitas.

A XRP é a moeda "ponte" que funciona na rede Ripple, e está consistentemente listada entre as principais criptomoedas por capitalização de mercado.

A tecnologia de blockchain do Ripple proporcionou melhorias significativas na área de transferência de valor ao tornar as transações internacionais entre instituições financeiras mais rápidas, baratas e confiáveis. 

Por conta dessa compatibilidade com os sistemas monetários tradicionais, o protocolo da Ripple se afasta do de outras moedas digitais, que buscam acabar com a necessidade de um banco central.

O Ripple foi criado para ajudar as instituições a integrarem o mundo dos criptoativos e opera de maneira que não é totalmente descentralizada. 

Apesar de suas ambições, Ripple já se envolveu em problemas legais com a Securities and Exchange Commission (SEC), mas isso não impediu o XRP de aumentar seu valor com outras criptomoedas.

Entenda como funciona o Ripple, sua tecnologia e ecossistema e a criptomoeda XRP.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

O que é Ripple?

Ripple é um protocolo de pagamento distribuído, com código aberto, que usa a tecnologia Blockchain para transações interbancárias.

Em outras palavras, o Ripple visa fornecer um sistema eficiente para a transferência de dinheiro entre pessoas, empresas e instituições financeiras.

Sua solução para pagamentos globais utiliza do blockchain para aumentar a velocidade, reduzir custos e aumentar a segurança das transações.

Diferente de outras plataformas, a rede Ripple suporta outros tokens, moedas fiduciárias e até commodities.

Para fazer uma transação usando a rede, o sistema usa sua moeda nativa, a XRP. 

A taxa padrão para realizar transações no Ripple é definida em 0,00001 XRP, cerca de US$ 0,0001.

O que é XRP?

XRP é a criptomoeda oficial do blockchain da Ripple e serve como uma intermediária nas negociações globais.

O XRP funciona como uma moeda-ponte para trocar por outras criptomoedas ou moedas fiat ou como uma forma de financiar transações na rede Ripple.

Por exemplo, se o banco não trabalhar com reais (BRL) e francos suíços (CHF), ele pode converter de BRL para XRP e depois de XRP para CHF.

Além de facilitar as transações na rede, é possível comprar o XRP como um investimento, devido às flutuações no seu preço.

O Ripple criou 100 bilhões de moedas XRP. Até o momento, existem 46,7 bilhões de XRP em circulação.

Marca Ripple

Dentro da marca Ripple existem várias ramificações e soluções no mundo dos pagamentos.

Para entender como a Ripple funciona é necessário primeiro compreender a diferença entre, o XRP Ledger, a moeda XRP, RippleNet e o RippleX. 

O XRP Ledger é um blockchain de código aberto, no qual as partes podem construir soluções, semelhante ao blockchain Ethereum.

A moeda XRP é o ativo nativo do Ledger XRP e usada de várias formas no ecossistema de soluções da Ripple.

Já a RippleNet é uma rede global de provedores de pagamentos que as instituições financeiras podem usar para transferir dinheiro mais rapidamente, com maior transparência e a menos custo por meio de um sistema unificado.

O RippleX promove soluções baseadas em blockchain que ajudam na compatibilidade de pagamentos entre vários sistemas. 

Quem está por trás do Ripple?

O Ripple como funciona hoje é resultado de diversos desenvolvimentos e transições ao longo dos anos. 

Quem solidificou o protocolo Ripple, em 2012, foi a Ripple Labs, uma empresa de investimento com capital de risco que atua no desenvolvimento de soluções de pagamentos globais para instituições financeiras.

No entanto, ela se aproveitou do trabalho anterior de Ryan Fugger, que em 2004 havia criado a RipplePay, uma rede de pagamentos ponto-a-ponto (p2p).  

Várias pessoas desempenharam papéis influentes nessa jornada. Um deles foi Jed McCaleb, que em 2011 deu início à tecnologia da XRP.

McCaleb, também foi o fundador de outras plataformas como Donkey2000, Overnet e mt.gox. O programador saiu da Ripple em 2013 e desenvolveu a criptomoeda Stellar (XLM).

Outro grande nome é o co-fundador Chris Larsen, conhecido por financiar diversos projetos de sucesso.

Juntamente com David Schwartz e Arthur Britto, Larsen integrava a equipe da Ripple Labs em 2012. A empresa continua como o principal desenvolvedor do sistema de verificação por trás do XRP.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Como o Ripple (XRP) funciona

O blockchain da Ripple (XRP Ledger) opera de maneira um pouco diferente do que a maioria das outras criptomoedas.

Ele não emprega um algoritmo de prova de trabalho (PoW) ou de prova de recompensa (PoS). Em vez disso, depende do chamado Protocolo Ripple para validar as transações, um livro-razão de consenso que contém as informações.

Para que cada transação seja aprovada, deve haver a concordância (consenso) de um certo número de validadores. 

Embora qualquer pessoa possa baixar seu software de validação, a Ripple Labs mantém o que chama de listas de nós exclusivas, ou seja, um grupo de validadores recomendados

Demora entre três a cinco segundos para que o livro-razão XRP confirme cada bloco.

Isso é comparativamente muito mais rápido do que o tempo de bloco de 10 minutos do Bitcoin. 

Vantagens do Ripple

O Ripple busca solucionar problemas dos pagamentos internacionais. Ao permitir a integração com sistemas financeiros tradicionais, sua principal vantagem são transações mais rápidas, seguras e baratas.

Como tem padrão-aberto (open source), permite conexão simples com as redes de pagamento.

Para aqueles que se preocupam sobre o futuro das criptomoedas devido às tentativas de regulamentação, o protocolo Ripple já possui a BitLicense desde 2016, autorização do Departamento Financeiro do Estado de Nova Iorque.

Veja as principais vantagens do Ripple:

Transação rápida

As confirmações de transações no Ripple são rápidas e levam menos de cinco segundos em comparação com os dias que os bancos podem levar para concluir uma transferência internacional ou mesmo os minutos para que transações de Bitcoin sejam verificadas.

Taxas baixas

O custo para concluir uma transação na rede Ripple é de apenas 0,0001 XRP, o que equivale a uma pequena fração de um centavo de dólar nas taxas atuais.

Rede de troca versatil

A rede Ripple processa transações usando XRP, mas também pode ser usada para outras moedas fiduciárias, criptomoedas e commodities.

Utilizado por grandes instituições financeiras

Grandes empresas também podem usar o Ripple como plataforma de transação.

Santander, Axis Bank e Yes Bank são alguns dos usuários desta rede, demonstrando que ela já possui maior adoção no mercado institucional do que a maioria das criptomoedas.

Desvantagens do Ripple

Como o Ripple está em um espaço superlotado de tecnologia financeira, tem diversos concorrentes do mercado tradicional e também do mundo cripto, como o Stellar.

Como o setor de criptoativos ainda é novo, pode ser difícil e demorado mudar a mentalidade das pessoas, ainda por cima que sua regulamentação não é clara.

Outra desvantagem do Ripple é que ele não requer mineração. Dessa forma, os incentivos para a validação das transações é menor.

Veja mais das possíveis desvantagens deste protocolo:

Mais centralizado

Uma das razões pelas quais as criptomoedas se tornaram populares é que elas foram descentralizadas, tirando o controle de grandes bancos e governos. 

O sistema Ripple pode ser um tanto centralizado por oferecer um sistema de pagamento justamente para as instituições financeiras.

Além disso, sua lista padrão de validadores também vai contra essa filosofia das criptomoedas.

XRP pré-minerado 

O Ripple oferece tokens pré-extraídos, isso significa que não há moeda a ser minerada.

Embora tenha a vantagem de economizar tempo e seja boa para o meio ambiente, pois não há consumo excessivo de energia, existe uma grande parte do suprimento de XRP que podem ser introduzidas em momentos inoportunos, o que poderia impactar no valor do ativo.

Ação recente da SEC 

A possibilidade do Ripple decidir quando liberar o XRP pede uma decisão mais clara sobre o tipo de classificação de ativos que ele se enquadra. 

Em dezembro de 2020, a SEC acusou a Ripple, o cofundador Chris Larsen e o CEO Brad Garlinghous de vendas contínuas de títulos não registrados, declarando que a empresa está violando as leis de proteção ao consumidor. 

De acordo com a SEC o XRP deveria ter sido registrado como um título, portanto ficaria sob a jurisdição da comissão.

Como resultado, o preço da XRP despencou e várias bolsas também pararam de listar o ativo.

Qual é a diferença entre Ripple e Bitcoin?

Embora ambas as criptomoedas BTC e XRP compartilham algumas semelhanças, como o fato de utilizarem a tecnologia blockchain, possuírem unidades limitadas e poderem ser negociadas, as diferenças entre os projetos são grandes.

Enquanto a rede Bitcoin dispõe de uma moeda digital destinada como meio de pagamento de bens e serviços, o Ripple é um sistema de pagamento global.

O projeto é destinado aos bancos e redes de pagamento para facilitar as transações internacionais, convertendo moedas fiduciárias em XRP. 

Por causa do seu objetivo, o tempo para confirmação das transações no Ripple é de cinco segundos, ante os 10 minutos do Bitcoin

No Ripple não acontece a mineração como no bitcoin. Os 100 bilhões de tokens da XRP já foram todos criados em 2012 e são disponibilizados para uso conforme protocolo da empresa.

Como comprar XRP?

Os tokens XRP são negociados nas principais em corretoras de criptomoedas (exchanges).

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".

Histórico de preços XRP

Do seu lançamento em 2012 até meados de 2016, o preço do XRP se manteve próximo a zero dólares. No início de 2016 era negociada a US$ 0,0061.

O cenário mudou radicalmente em 2017, quando o preço do token teve sua primeira grande valorização, subindo 32.943%, fechando o ano perto de US$ 1,97.

O recorde de preço da XRP foi alcançado em janeiro de 2018, quando atingiu US$ 2,51. 

O resto do ano foi de queda, com exceção de abril e setembro. 

Variação de preço XRP nos últimos anos.
Variação de preço XRP nos últimos anos.

A segunda grande onda de valorização foi em 2021.

Variação de preço XRP no último ano.
Variação de preço XRP no último ano.

Em 14 abril de 2021 chegou a US$ 1,83. Depois, em 21 julho caiu para US$ 0,55.

Atualmente, o preço do XRP voltou a subir sendo negociado próximo a US$ 1,00.

Ripple vale a pena?

O Ripple tem seu uso mais disseminado como um sistema de pagamentos. Porém, o XRP, assim como qualquer outra moeda digital, pode ser usado seja para transações ou como um investimento potencial. 

​​Quem coloca parte de seus recursos na XRP prevê uma valorização dessa criptomoeda.

Investir em XRP Ripple depende muito do seu perfil de investidor e seu grau de tolerância ao risco. 

Por fazer parte do mundo dos criptoativos, há uma grande volatilidade no XRP.

Para minimizar o risco de investir em criptomoedas, aloque apenas uma pequena parcela do seu patrimônio e diversifique.

Qual Criptomoeda Comprar Hoje? Baixe Grátis o Relatório da Criptomoeda Promissora para 2022".