O que é Instituição financeira

Instituição financeira

O que é Instituição financeira. Entenda melhor o conceito de Instituição financeira e descubra sua importância!

O que é Instituição financeira

Instituição financeira é responsável por fazer o papel de intermediário entre seus clientes e alguns tipos de serviço do mercado financeiro. Entre esses serviços estão empréstimos, investimentos, entre outros. 

Existem diversos tipos de instituição financeira e cada uma cumpre algumas funções específicas. Além disso, é necessário que a instituição seja reconhecida pelo Banco Central ou CVM, dessa forma, a instituição segue diversas regras e regulamentações.

Esses regulamentos criado pelo Banco Central e pela Comissão de Valores Mobiliários traz mais garantia aos clientes, uma vez que impede erros e fraudes, protegendo o cliente de possíveis danos a seu patrimônio.

Banner will be placed here

Tipos de Instituição financeira 

Entre os principais tipos de instituições financeiras estão:

Bancos de Investimento são responsáveis por captar recursos por meio de depósitos a prazo, como é o caso do LCI e CDB

Bancos Comerciais são os bancos mais comuns e conhecidos pela população, uma vez que é a principal forma pela qual a população tem acesso aos serviços bancários. Entre os exemplos desses serviços está a conta corrente ou poupança.

Os bancos comerciais podem ser públicos, ou seja, com participação do Estado ou pode ser totalmente privado.

Corretora de Valores são instituições responsáveis pela maior parte dos clientes que buscam investimento, tanto em um perfil mais conservador, quanto aqueles que tomam mais riscos.

As corretoras de valores vêm se tornando cada vez mais populares. Já que o número de brasileiros que realizam investimentos financeiros vem crescendo a cada ano.

Gestora de recursos ou também conhecidas como Asset Managers, são instituições financeiras que oferecem investimentos para pessoas físicas. Porém essa é uma instituição que é supervisionada pela CVM e não pelo Banco Central.

As gestoras de recursos podem criar um próprio fundo de investimento e distribuir essas cotas entre seus investidores. Isso pode ser feito de forma direta ou por intermédio de outra instituição financeira.

Instituição de Microcrédito são constituídas como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip)..

Essas instituições de microcrédito atendem aos pequenos negócios que se caracterizam em sua maioria como informais, através de financiamentos para investimentos ou capital de giro.

Companhias Hipotecárias tem como objetivo conceder financiamentos destinados à produção, reforma, ou comercialização de imóveis aos quais não se aplicam as normas do Sistema Financeiro de Habitação.

Portanto, existem diversos tipos de instituição financeira, e cada uma tem um público específico de clientes. Além de público específico, cada uma deve seguir as normas impostas pelo agente regulador responsável pela instituição.

Investimentos e Instituição financeira

Existem alguns casos onde instituições voltadas a investimento cometem crimes e fraudes contra seus clientes, principalmente ao prometer grandes retornos financeiros em pouco tempo.

Isso acontece, principalmente quando se trata de instituições de pequeno e médio porte, elas se  utilizam de propagandas e até mesmo promoções para atrair clientes. Porém é necessário entender melhor sobre a reputação e seriedade dessas instituições.

Também deve-se analisar a veracidade desses investimentos, uma vez que ao lidar com Renda Variável não é possível traçar uma projeção futura com 100% de precisão. Dessa forma, cabe ao investidor tomar alguns cuidados.

No momento de investir, a pessoa deve estar atenta se a instituição financeira que vai intermediar seus investimentos realmente é uma instituição séria. Para isso ele deve confirmar se ela é regulamentada e supervisionada pelo Banco Central ou pela CVM

O investidor também pode procurar sobre avaliações dessa instituição, para entender melhor a qualidade do serviço prestado por ela. Normalmente instituições com muitas críticas podem trazer.

Com isso, o investidor evita maiores problemas relacionados à instituição a qual ele escolheu para realizar essas movimentações financeiras. Dessa forma, incentivando cada vez mais o investidor a se aprofundar no mundo do mercado financeiro.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE