O que é Exaustão Acumulada e Como Funciona

Exaustão Acumulada

O que é Exaustão Acumulada. Significado, conceito, qual a importância e como calcular a Exaustão Acumulada.

O que é Exaustão Acumulada?

A exaustão acumulada representa a perda de valor que os ativos de companhias de recursos naturais sofrem. O que acontece em decorrência de sua exploração, comum em setores de:

  • Extrativismo vegetal;
  • Mineração;
  • Pecuária;
  • Celulose;
  • Etc.

Esse termo surge no meio contábil e tem como objetivo apontar a perda de valor, no decorrer do tempo, pelo esgotamento natural. Assim, podendo ocorrer no médio a longo prazo.

Quando falamos sobre exploração dos recursos, referimos-nos à sua extração ou aproveitamento na natureza. Esses que com o decorrer do tempo, são exauridos podendo chegar a sua exaustão.  

O conceito de exaustão acumulada é usado na determinação dos encargos, quota anual e custos referentes a tais ativos. Logo, sua cota anual é igual ao cálculo anual dos encargos da depreciação.

Tal comparação é feita porque a exaustão funciona de maneira semelhante à depreciação de bens. Em ambos os casos, falamos sobre vida útil que em certo ponto atinge seu desgaste.

O desgaste representa a perda de função e valor, devido a um processo de exploração limitado. Por isso, o cálculo relaciona-se à quantia patrimonial da empresa associada aos seus recursos.

A diferença é que a depreciação é utilizada em casos de recursos renováveis, como a energia eólica. Enquanto, a exaustão acumulada é aplicada no cálculo dos recursos não-renováveis.

Um dos fatores que tornam a exaustão acumulada tão importante é que, se ela não fosse considerada, o cálculo de receita líquida de um negócio sofreria com distorções.

Banner will be placed here

Para que Serve a Exaustão Acumulada?

A exaustão acumulada é um conceito que possui grande importância dentro dos relatórios financeiros de uma companhia. Pois, os valores de ativos considerados intangíveis também influenciam em seu valor.

Desse modo, o conceito é utilizado no controle patrimonial das companhias que exploram recursos naturais. Com a regulamentação do registro da exaustão sendo feita pela Lei 6.404 de 1976.

Ela foi criada pela Sociedade por Ações, essa lei trata dos recursos a serem explorados tanto quanto dos bens que são utilizados no processo de exploração.

A exaustão acumulada também faz parte do cálculo do valor contábil de uma empresa. Uma vez que este é representado pela soma dos ativos e passivos totais que o negócio possui.

O resultado da exaustão em determinados momentos, acaba sendo considerado como um passivo no balanço patrimonial da empresa.

Por isso, é calculado considerando custo inicial da exploração subtraído pela porcentagem que resta dos recursos depois do período de exploração.

Outro aspecto relacionado à exaustão, é que o conceito é levado em conta em ambos os tipos de ativos: 

  • Intangíveis: quando a empresa apenas possui a concessão para realizar a exploração de recursos no local;
  • Imobilizados: quando o local da extração pertence à própria empresa. 

Como Calcular a Exaustão Acumulada?

O volume de produção anual de uma empresa é usado para estabelecer a cota anual da exaustão acumulada. Essa cota sofre variações conforme o direito efetivo para exploração de recursos.

Seja esse direito para as explorações minerais ou florestais. De acordo com esses aspectos que interferem na cota anual, dois critérios são então considerados no cálculo, sendo eles:

  1. Quantia prevista de recursos a serem explorados;
  2. Prazo de exploração dos recursos naturais.

Apesar de esses dois pontos serem importantes e utilizados no cálculo da exaustão acumulada. O maior valor de exaustão no ano, é que será considerado pois tem maior relevância.

Com o cálculo da cota anual sendo definido pelos recursos e prazos, utiliza-se a fórmula de exaustão acumulada que considera a relação entre produção x possança: 

Valor em percentual = produção por período x 100 /exaustão acumulada

Exaustão por período = valor contábil x percentual

Já para calcular qual o valor que pode ser explorado até o prazo que a concessão termina, utiliza-se a seguinte fórmula: 

Percentual = 100 / prazo de término da concessão

Valor da exploração = valor contábil do local explorado x percentual do término da concessão

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE

Como Identificar Oportunidades na Bolsa em 60s?

Baixe agora o PDF com os 5 critérios indispensáveis para descobrir as melhores ações para investir.