O que é Enterprise Software?

O termo Enterprise está ligado à organização empresarial corporativa. Portanto, o software corporativo tem como função satisfazer a necessidade de uma organização, não apenas de um único usuário.

Para tanto, cabe a este tipo de programa a criação de diversas funções de usuários diferentes, tendo o objetivo de resolver os problemas e apoiar soluções de grande escala.

Estão incluídos nessas organizações: empresas, clubes, instituições de caridade, escolas, governos, dentre outros.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Esses sistemas são responsáveis por processar informações em alta velocidade, bem como o controle e o planejamento do negócio.

O termo (Enterprise Software) descreve, frequentemente, todo o tipo de grandes organizações que usufruem de sistemas operacionais ou meios de desenvolvimento para o mundo dos negócios.

Vale ressaltar que a empresa pioneira no desenvolvimento de softwares corporativos e hardware foi a IBM.

O sistema é amplamente responsável por oferecer um melhor controle sobre os planejamentos e operações de um negócio, para seus gestores.

Dessa forma, é possível que haja uma ligação entre os departamentos, facilitando as tomadas de decisões da diretoria, o que estabelece uma maior capacidade da empresa em gerar lucros.

Portanto, a ferramenta tem como grande benefício maximizar resultados em longo prazo, através de uma melhor padronização das informações e melhor eficiência na obtenção de dados importantes.

A maior eficiência nas dinâmicas de apoio e na obtenção de dados acarreta para a empresa uma maior qualidade no gerenciamento de produtos e/ou serviços e, um relacionamento mais próximo com os clientes.

Os principais serviços oferecidos pelo Enterprise Software

As empresas possuem departamentos e sistemas semelhantes, portanto, o software empresarial disponibiliza uma união de programas personalizáveis, para tanto, alguns de seus principais serviços oferecidos são:

  • Pagamentos online;
  • Sistema automatizado de faturamento;
  • Gerenciamento de processo de negócios;
  • Gestão de projetos;
  • Saúde e segurança ocupacional.

Esses são apenas alguns dos importantes serviços oferecidos pelo software empresarial. Contudo, vale ressaltar que a lista de serviços é imensa e não seria cabível descrever todos no presente artigo.

Portanto, o software corporativo permite a centralização de todo o negócio, unificando seus dados, atendendo as necessidades das diversas áreas da empresa.

O software também tem importância na capacidade de eliminar ou diminuir as falhas comunicativas entre os diferentes setores da empresa, por meio da obtenção de dados em tempo real.

Os tipos mais comuns de Enterprise Software

Antes de tudo, vale ressaltar que existem disponíveis no mercado, basicamente, dois tipos de software, são eles: software de sistemas e software de aplicação.

Os de sistema dizem respeito a programas que auxiliam no funcionamento do computador. Ele faz com que não seja necessário inserir manualmente cada tarefa a ser executada.

No caso dos de aplicação, onde se enquadra o software enterprise, são responsáveis por preencher funções específicas, lidando com a criação de documentos, banco de dados, etc.

Por fim, devemos esclarecer que existem alguns tipos de Enterprise software, dentre eles estão:

  • Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente (CRM);
  • Planejamento de recursos empresariais (ERP); e
  • Soluções de Business Inteligence (BI).

Devemos dizer que empresas de diversos ramos utilizam esses três tipos de Enterprise software.

O CRM é responsável por rastrear o relacionamento com os consumidores, por meio da utilização de uma tecnologia dos bancos de dados.

O ERP é responsável por integrar e aproximar os diversos departamentos de uma empresa, distribuindo recursos disponíveis.

O BI provém dados utilizados pela a empresa, trazendo melhores informações para as tomadas de decisões, amenizando e diminuindo os riscos de falhas.

Por fim, é importante dizer que um Enterprise Software permite o acesso às mesmas informações por todas as pessoas que estão, de alguma forma, envolvidas em determinado projeto.

Tal fato é responsável por evitar a ineficiência que pode ser gerada pela falta ou má comunicação, portanto, incorre em um ganho de produtividade nos negócios e na resolução dos problemas.