O que é Drag along

Drag along é uma condição que os acionistas majoritários de uma empresa tem sobre aqueles que são minoritários.

A condição que o Drag Along fornece aos majoritários, está relacionada a uma eventual venda da empresa ou negociação.

Ao contar com o Drag along os majoritários podem carregar junto os acionistas minoritários, assim a operação pode ser concluída sob os mesmos direitos e deveres (tanto para os majoritários quanto para os minoritários).

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Drag along na Prática

É comum que empresas de capital aberto na bolsa de valores negociem aquisições e vendas.

Então uma empresa de capital aberto pode muito bem acertar sua venda para outra empresa, por exemplo.

Sob esse aspecto, aqueles que são os acionistas majoritários, aqueles que possuem fatia relevante das ações podem negociar e acertar a venda da empresa sem a necessidade de consultar os acionistas minoritários.

Com o Drag along, as condições aceitas pelos majoritários serão as mesmas condições propostas e aceitas pelos minoritários.

Desse modo, a venda é executada conforme os acionistas majoritários desejam.

Benefícios do Drag Along

Para aqueles que são majoritários dentro de uma empresa, o fato de contar com o direito de Drag Along é relevante.

Da mesma forma que há possibilidade de executar uma venda sem necessidade de consultar os acionistas minoritários, os majoritários também podem bloquear uma eventual venda.

O direito ao Drag Along é importante no intuito de defender os interesses dos investidores.

Aqueles que não possuem o Drag Along precisam ficar atentos a qualquer movimentação dos acionistas majoritários.

Informações através de fatos relevantes e reuniões extraordinárias não podem ser negligenciadas se a intenção do minoritário é defender o patrimônio.

Vale destacar que em um IPO (oferta inicial de ações) de empresas na bolsa de valores, o Drag along não é considerado ou ele se encerra.

Em empresas que estão iniciando os negócios, como é o caso de Startup. O Drag along é utilizado e preservado por aqueles que são os acionistas majoritários.

Influência do Drag along

Ao investir em empresas listadas ou não na bolsa de valores, o Drag Along pode espantar o investidor minoritário (a grande maioria da bolsa).

Como o investidor minoritário pode ficar à deriva e registrar prejuízos em uma eventual venda, a empresa que negocie ações com tal direito tem a tendência de registrar valores abaixo do normal.

Isso acontece porque o Drag along é um direito que inibe ou restringe a entrada de minoritários.

Um minoritário que investe valor relevante do seu capital em uma empresa que pode ser negociada no futuro por valor inferior ao preço pago pelo minoritário vai produzir perdas ao acionista e ele não poderá fazer nada.

Observando esse tipo de situação, o investimento em empresas que defendem o direito de Drag Along aos majoritários pode promover uma fuga dos minoritários.

Desse modo o valor da ação fica em um valor interessante, mas devido aos riscos relacionados ao Drag Along, talvez o investimento não seja uma boa.

Se o investidor mesmo sabendo do Drag Along ainda possui interesse na empresa em questão, será necessário procurar por ações ordinárias.

Questões relacionadas aos direitos dos acionistas geralmente estão vinculadas entre as ações ordinárias e as preferências.

As preferências costumam ter menos direitos, já àqueles que detêm as ações ordinárias possuem mais direitos.

Esses direitos podem assegurar algumas proteções, caso haja alguma negociação e uma eventual venda da empresa.

Por isso, se a ação que o investidor tem como alvo possui diferentes tipos (ordinárias e preferenciais), se o investimento for de longo prazo, dê preferência às ordinárias ao invés de as preferenciais.