Cosan (CSAN3) Anuncia Compra de 47% da Radar por R$ 1,479 Bi
SIMULE AGORA
| ,

Cosan (CSAN3) Anuncia Compra de 47% da Radar por R$ 1,479 Bi

A Cosan (CSAN3) fechou a compra de cerca de 47% de participação da gestora de propriedades agrícolas Radar por R$ 1,479 bilhão.

Por
Atualizado em 21/09/2021

A Cosan (CSAN3) anunciou na segunda-feira (20), que fechou a compra de cerca de 47% de participação da gestora de propriedades agrícolas Radar por R$ 1,479 bilhão.

O contrato foi firmado com a Mansilla, veículo do fundo de investimento TIAA. Após a compra, a Cosan passará a deter mais de 50% do total do capital social da Radar.

Banner will be placed here

Segundo o fato relevante, a Radar possui ativos com alto potencial produtivo no Brasil.

“Por meio de um sistema de geomonitoramento via satélite, detém e administra cerca de 390 propriedades rurais com um total de 96 mil hectares, dedicados ao cultivo de cana-de-açúcar, soja, algodão, milho e outros nos Estados de São Paulo, Maranhão, e Mato Grosso”, afirma a empresa em fato relevante.

De acordo com a empresa, o movimento está alinhado à estratégia de alocação de capital da Cosan, reforçando o compromisso da companhia com o desenvolvimento do agronegócio brasileiro e com a criação de valor para seus stakeholders.

O fechamento definitivo da operação está condicionado à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Cosan no Segundo Trimestre de 2021

O resultado da Cosan (CSAN3) no segundo trimestre de 2020 (2t21), divulgado no dia 13 de agosto, apresentou um lucro líquido de R$ 942,4 milhões no 1t21, uma alta de 824,8% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Cosan atingiu R$ 2,3 bilhões no 2t21, apresentando crescimento de 59,9% na comparação com o 2t20.

A margem Ebitda da Cosan totalizou 34,9% no 2t21, apresentando crescimento de 29,3 ponto percentual na comparação com o 2t20.

As ações da Cosan (CSAN3) acumulam alta de 1,77% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 25,39% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Estadão Conteúdo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE