Com SULA11, XP Indica 10 Ações para Lucrar Mais em Setembro
|

Com SULA11, XP Indica 10 Ações para Lucrar Mais em Setembro

Com SULA11 na carteira recomendada, a XP Investimentos indicou 10 ações para lucrar mais no mês de setembro de 2021.

Por
Atualizado em 31/08/2021

As ações da Weg (WEGE3) entraram na carteira recomendada da XP Investimentos para o mês de setembro, conforme relatório divulgado pela corretora de valores nesta terça-feira (31).

No documento os analistas da corretora, comentam que o mês passado foi marcada por realização do Ibovespa sobre a carteira recomendada da XP e o desempenho ficou abaixo do “Benchmark”.

A carteira recomendada da XP indicou apenas uma troca, permanecendo apenas as ações da B3 (B3SA3), Arezzo (ARZZ3), Localiza (RENT3), Klabin (KLBN11), Multiplan (MULT3), Rede D’or (RDOR3), Vale (VALE3), Lojas Americanas (LAME4) e Assaí Atacadista (ASAI3).

Saem: Weg (WEGE3);

Entram: SulAmérica (SULA11).

Banner will be placed here

Segundo analista, a justificativa para as ações entrarem na carteira recomendada são:

SulAmérica (SULA11)

Durante o mês de agosto, as ações da SulAmérica performaram ligeiramente acima do índice Ibovespa sendo impactada negativamente pela maior preocupação quanto a disseminação da variante delta do coronavírus compensado pela abertura da curva de juros.

Dito isso, a XP manteve sua recomendação de Compra baseado em:

  • Alavancagem ao ciclo econômico;
  • Vantagens competitivas no segmento de saúde; e
  • Crescimento de lucro e opcionalidades.

Lojas Americanas (LAME4)

A Xp atribui a performance negativa das ações à 3 possíveis fatores:

  • Incertezas relacionadas ao cenário macroeconômico;
  • Notícias relacionadas ao cenário competitivo do setor, como a abertura da plataforma do Alibaba para vendedores brasileiros, aquisição da Kangu pelo Mercado Livre e lançamento da Shopee Oficial, seção no site e aplicativo dedicada à grandes marcas incluindo Nestlé, Nivea, Faber-Castell e Philips; e
  • Divulgação de resultados abaixo do esperado, com taxas de crescimento dos canais online e físico abaixo das principais concorrentes.

Os analistas da corretora mantiveram a recomendação de compra e preço-alvo de R$12,0/ação.

Klabin (KLBN11)

A equipe de analistas da XP atribuiu o forte desempenho da Klabin (alta de 8,4% M/M) à melhora no sentimento ao redor do setor de papel e celulose.

Embora os preços da celulose (BHKP) continuem apresentando quedas (-3% MoM), é esperado alguma estabilidade da commodity nos próximos meses.

A XP vê a queda nos custos, levando a margens mais altas no negócio de papel no segundo semestre, a principal razão para o desempenho superior. Dessa forma, a XP segue otimista com a Klabin.

Vale (VALE3)

A XP atribui o desempenho inferior da Vale (-8,0% M/M) à forte incerteza em torno do mercado de minério de ferro.

No final de agosto, os preços de minério de ferro negociaram a US$156 por tonelada, queda de 14% em relação a julho, de acordo com ao Fastmarkets MB. Em nossa opinião, a queda acentuada da commodity deveu-se:

  • Aumento da tarifa de exportação de aço na China e;
  • Às preocupações com os impactos econômicos da variante delta, principalmente após a paralisação de duas semanas do porto de Ningbo na China.

No entanto, a equipe de research segue otimista com a Vale com o anúncio de dividendos extraordinários e forte geração de caixa, embora seja reconhecido alguma volatilidade de curto prazo devido aos preços da commodity.

B3 (B3SA3)

Durante o mês de agosto, as ações da B3 performaram abaixo do índice Ibovespa sendo impactado negativamente pela mudança de prognóstico de uma contingência legal para possível perda na ordem de R$ 31 bilhões.

Adicionalmente, os dados operacionais referentes a julho apresentaram queda do volume financeiro médio diário (ADVT) de -0,3% no período e -21,7% na comparação mensal.

O número de investidores ativos seguiu crescendo 1,9% mensalmente e 36,6% anualmente, atingindo 3,9 milhões de investidores.

Com isso, os analistas permanecem otimistas com a retomada do mercado de capitais e com as taxas de juros ainda em patamares baixos.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações de Empresas com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Multiplan (MULT3)

Apesar da melhora operacional durante o 2T21 após a reabertura dos shoppings, a alta acelerada na inflação e a consequente revisão na velocidade e magnitude do ciclo de aperto monetário levou o mercado a precificar juros reais de longo prazo maiores nas últimas semanas.

Como consequência desse efeito macroeconômico adverso, as ações das operadoras de shoppings foram negativamente impactadas no último mês.

No entanto, a XP manteve sua visão positiva para Multiplan, pois vê o seu portfólio premium potencialmente se recuperando mais rápido que shoppings orientados para clientes de média e média-baixa renda.

Arezzo (ARZZ3)

A corretora manteve sua visão construtiva para a empresa, uma vez que ela é uma empresa de alta qualidade com perspectivas sólidas de crescimento orgânico (Ana Capri, Vans, Reserva) além de contar com diversas opcionalidades de crescimento (com a entrada em infantil, chinelos e vestuário feminino).

Além disso, está bem posicionada para se beneficiar da retomada/recuperação econômica dado que os analistas acreditam que a categoria de calçados foi duramente despriorizada em 2020, principalmente no que diz respeito a sapatos sociais/casuais (foco da Arezzo).

Localiza (RENT3)

A XP vê a performance recente da ação refletindo maiores riscos em relação à probabilidade de sucesso da aprovação da fusão com a Unidas, após notícias recentes indicarem que o relatório técnico em elaboração pelo órgão antitruste (CADE) sugeriria a impugnação do negócio.

Dito isso, a corretora segue acreditando na forte demanda por aluguel (vide preços de locação subindo), e retomada do crescimento das empresas quando se normalizar o fornecimento pela indústria automobilística, reiterando sua preferência por Localiza e Unidas nesse cenário.

Rede D’or (RDOR3)

Os analistas da XP vêem a performance positiva no mês como consequência dos fortes resultados divulgados para o 2T, com crescimento de receita sustentado por melhores números de leitos operacionais e taxa de ocupação – indicadores que devem manter os níveis saudáveis no segundo semestre de 2021.

Além disso, a empresa mantém a agenda ativa de M&As, com 1.637 leitos adquiridos desde outubro de 2020.

A XP manteve o nome em sua carteira dada a boa perspectiva para a empresa no 2S, inclusive em um cenário de aumento de casos Covid devido à variante Delta, que pode pressionar outros setores.

Assaí (ASAI3)

A XP reforçou seu posicionamento das últimas atualizações da carteira top 10, destacando as ações da companhia como sua preferência no setor de supermercados, por conta de um valuation bastante atrativo, dinâmica de curto prazo e cenário positivos para o formato de atacarejo, enquanto a flexibilização das restrições de circulação devem fomentar a demanda do canal B2B.

Complementando sua tese, a XP realizou uma live com o CEO da companhia na qual as principais mensagens sinalizadas foram:

  • Os resultados permanecem sólidos, com o crescimento de receita esperado superior a 20% A/A no 2º semestre;
  • Plano de expansão continua a todo vapor;
  • Formato do atacarejo é o vencedor do varejo alimentar, dado seu custo/benefício atrativo.

Os analistas reiteraram a visão positiva e manter as ações do Assaí (ASAI3) em sua carteira recomendada.

Objetivos da Carteira Recomendada da XP

Essa carteira de ativos é composta pelas 10 melhores ações para investir que possam performar acima do Ibovespa no horizonte de médio prazo. A carteira recomendada é atualizada mensalmente.

O intuito da XP é que a média do retorno dos 10 ativos, ao final do mês, supere o benchmark.

O retorno da carteira recomendada é medido de acordo com os preços de fechamento dos ativos no fechamento do mês.

Não haverá stop gain ou stop loss para os ativos indicados, visto que a ideia da carteira é que a média dos ativos supere o Ibovespa no período.

A XP considera para a seleção dos ativos um corte de liquidez para que os retornos das recomendações reflitam da forma mais fiel a realidade.

São elegíveis preferencialmente ativos do IBX-100.

*Ibovespa calculado no dia da posição da carteira semanal, não em mês fechado.

Telegram TCA

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE