CCR (CCRO3): Tráfego de Veículos nas Rodovias Aumenta 23,6%
| ,

CCR (CCRO3): Tráfego de Veículos nas Rodovias Aumenta 23,6%

Nas rodovias administradas pela CCR, o tráfego total aumentou 23,6% de 11 a 17 de junho de 2021, ante o mesmo intervalo de 2020.

Por
Atualizado em 21/06/2021

A CCR (CCRO3) divulgou seu boletim semanal de tráfego nas concessões rodoviárias que administra, além do braço de mobilidade urbana e aeroportos.

Nas rodovias, o tráfego total aumentou 23,6% de 11 a 17 de junho deste ano, ante o mesmo intervalo do ano passado.

Sem considerar as concessionárias ViaSul e ViaCosteira, houve acréscimo de 23,2%. No acumulado do ano até 17 de junho, a movimentação apresentou alta de 13,2% (consolidado) e de 12,0% (sem ViaSul e ViaCosteira).

Banner will be placed here

A ViaSul iniciou a cobrança de pedágio em 15 de fevereiro de 2019 (P2 e P3) e em 9 de fevereiro de 2020 nas demais praças (P1, P4, P5, P6 e P7).

Já as operações da ViaCosteira tiveram início em 02 de maio de 2021. Entre 11 e 17 de junho, o movimento consolidado de carros de passeio cresceu 27,6% e, sem ViaSul e ViaCosteira, houve um aumento de 29,5%.

Já na categoria comercial, houve altas de 21,1% e 19,4%, respectivamente. No acumulado do ano, a concessionária apurou alta de 11,0% no segmento de veículos de passeio, e alta de 10,7% sem ViaSul e ViaCosteira.

Já os comerciais tiveram altas de 14,7% e 12,8%, respectivamente. Nas concessões de mobilidade urbana, a CCR registrou um aumento de 85,4% no movimento entre 11 e 17 de junho no comparativo anual, e declínio de 17,7% no acumulado do ano.

Nos aeroportos, o movimento registrou alta de 669,9% na semana, e queda de 17,5% no ano.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da CCR no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado da CCR (CCRO3) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 13 de maio, apresentou um lucro de R$ 688,9 milhões no 1t21, apresentando crescimento de 137,8% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da CCR atingiu R$ 2,5 bilhões no 1t21, apresentando crescimento de 70,7% na comparação com o 1t20.

A margem Ebitda da CCR totalizou 72,7% no 1t21, apresentando crescimento de 10,6 ponto percentual na comparação com o 1t20.  

A Margem líquida da CCR atingiu 22,8% no 1t21, apresentando crescimento de 12,5 ponto percentual na comparação com o 1t20.

As ações da CCR (CCRO3) acumulam queda de 0,58% na bolsa de valores no último mês e queda de 3,86% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Estadão Conteúdo.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE
[Nova]
[Nova]