O que é Capital de Risco?

Capital de risco é uma modalidade de investimento onde os recursos são empregados em pequenas e médias empresas com potencial de crescimento e expansão no longo prazo. 

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Trata-se de um investimento em empresas em estágios iniciais de desenvolvimento, e que nem sempre é feito como um aporte em dinheiro. 

É possível considerar conhecimento técnico ou gerencial como investimento em capital de risco, por exemplo. 

Na teoria, essa injeção de dinheiro ou conhecimento facilita a expansão da empresa, possibilita que ela entregue resultados melhores e aumenta seu valor de mercado.

Embora exista um risco para o investidor, essa modalidade oferece uma possibilidade de retornos significativamente superior à média, o que a torna muito atraente. 

Para as empresas novas no mercado, em contrapartida, representa uma possibilidade interessante para a expansão. 

Em muitos casos, os novos empreendedores não têm acesso ao mercado de capitais ou outras formas de financiamento, o que vem tornando o capital de risco uma fonte de financiamento mais popular. 

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

O Capital de Risco no Brasil

A expressão capital de risco é uma tradução adaptada do inglês venture capital, termo que se tornou conhecido - e aplicado - nos Estados Unidos entre as décadas de 1940 e 1450.

No Brasil, o capital de risco começou a ser opção a partir da década de 1980. Então, os investidores que se arriscavam no investimento eram escassos e seus retornos, pequenos.

O mercado se expandiu já nos anos 2000, com a chegada de novas gestoras de captação que passaram a entregar resultados mais expressivos. 

Essa classe de investimento criou as oportunidades necessárias para que uma série de empresas brasileiras se desenvolvessem, especialmente na área de tecnologia. 

As startups de tecnologia representam um mercado promissor para o investidor de capital de risco no Brasil. A tecnologia é um segmento em alta no país e apresenta alta escalabilidade. 

Investimento em Capital de Risco

A empresa que busca capital de risco deve apresentar um plano de negócios para uma gestora de captação ou para um investidor anjo

Esses profissionais financeiros, se interessados, realizarão a due diligence: uma pesquisa exaustiva do modelo apresentado, dos produtos e histórico geral das operações da empresa. 

Se o resultado for positivo, o investidor empregará seu capital na empresa em troca de participação. 

Esses recursos são geralmente fornecidos em ‘rodadas’, de acordo com as necessidades de expansão da empresa.

Dessa forma, o investidor assume presença ativa na empresa que está financiando, inclusive aconselhando e monitorando antes de injetar mais capital. 

A presença do investidor, porém, costuma ter tempo limitado. 

Em um período (normalmente entre 2 e 10 anos), o investidor deixa as operações e se inicia o processo de venda parcial ou total da empresa, ou sua oferta pública inicial (IPO)

Para quem deseja investir, tornando-se um investidor de risco (ou venture capitalist), o ponto principal de avaliação do investimento é o potencial de crescimento da empresa em questão. 

Sem ele, o sentido do investimento de capital de risco é perdido. 

No entanto, a saúde financeira da organização é ponto vital. As contas precisam refletir as condições de rentabilidade nas quais se vai investir. 

Um terceiro pilar é o próprio empreendedor. Não é raro que investidores especializados admitam ‘investir em pessoas’, em alusão a um perfil de CEO que consideram adequado. 

Como já citado, um dos principais critérios para que os investidores possam escolher uma empresa é o grande potencial de crescimento e inovação.

Cabe comentar ainda que o processo de avaliação de uma empresa chega a durar meses, sendo composto com uma série de etapas que buscam garantir maior segurança para os investidores

Se você ainda tem alguma dúvida sobre o que é capital de risco ou como investir em startups, consulte o artigo completo sobre capital de risco