Arezzo (ARZZ3) Anuncia Compra da Reserva por R$ 715 Mi
| ,

Arezzo (ARZZ3) Anuncia Compra da Reserva por R$715 Mi

O acordo prevê um aumento de capital da Vamoquevamo, que tem participação na Tífere, dona da marca Reserva.

Por
Atualizado em 23/10/2020

A Arezzo (ARZZ3) anunciou nesta sexta-feira, (23), que seu conselho de administração aprovou acordo de combinação de negócios com a rede de moda Reserva, que foi avaliada em 715 milhões de reais na transação.

O acordo prevê um aumento de capital da Vamoquevamo, que tem participação na Tífere, dona da marca Reserva, com a Arezzo subscrevendo a totalidade das ações emitidas.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Os acionistas da Reserva receberão uma parcela em dinheiro e participação societária na Arezzo correspondente a aproximadamente 8,7%.

O atual sócio fundador, Rony Meisler, e os executivos e sócios minoritários da Reserva, Fernando Sigal, Jayme Nigri e José Alberto da Silva, continuarão trabalhando para a companhia.

A efetivação da operação está condicionada à verificação de determinadas condições suspensivas, incluindo a aprovação definitiva do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Resultado da Arezzo no Segundo Trimestre de 2020

O resultado da Arezzo (ARZZ3) no segundo trimestre de 2020 (2t20), divulgado no dia 13 de agosto, apresentou um prejuízo líquido de R$ 82,3 milhões, contra lucro líquido de R$ 40,5 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Arezzo atingiu um prejuízo R$ 72,0 milhões no 2t20, apresentando retração de -204,5% na comparação com o 2t19.

A margem Ebitda da Arezzo totalizou -46,7% no 2t20, apresentando retração de -64,2 pontos percentuais na comparação com o 2t19. 

A Margem líquida da Arezzo atingiu -53,3% no 2t20, apresentando retração de -63,6 pontos percentuais na comparação com o 2t19.

As ações da Arezzo (ARZZ3) acumulam alta de 6,82% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 1,10% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Reuters.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE